Descubra como um líder pode aumentar a eficiência da equipe

Você já pensou que para aumentar a eficiência da equipe também é necessário melhorar a qualidade de vida no trabalho? James C. Hunter, autor de “O Monge e o Executivo”, afirma que um “bom líder tem a habilidade de influenciar pessoas a trabalharem entusiasticamente visando atingir aos objetivos propostos como sendo para o bem comum”.

Por isso, a motivação do grupo é um dos pontos positivos para o líder que deseja movimentar os colaboradores a irem além do que acreditam ser o limite.

Com essa estratégia, os benefícios podem ser muitos; oportunidades são criadas e os funcionários se sentem mais realizados. Consequentemente, haverá o aumento da produtividade da equipe. E, como líder, a responsabilidade sobre a eficiência da equipe é um compromisso até para a própria realização pessoal.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, veja abaixo algumas dicas que separamos para você aumentar a eficiência da sua equipe!

1. Estabeleça cargos e metas

O historiador Maquiavel, reconhecido pela fundação do pensamento e da ciência política moderna, aconselhava aos príncipes de seu tempo a terem metas e a estabelecerem objetivos alcançáveis, de forma que nada interviesse até que esses propósitos fossem atingidos.

Ao delimitar cargos e metas para o seu time, o foco será mantido em atividades determinadas. Afinal, o planejamento, organização, direção e controle são uma composição para uma equipe bem composta e preparada.

Uma ótima maneira de criar essa cultura de resultados é por meio do Seis Sigma, um método onde as iniciativas para se atingir metas são direcionadas pela análise de dados, garantindo a eficiência do aprendizado e o sucesso no alcance das metas.

2. Garanta a autonomia

Autonomia é um processo que, mesmo que a pessoa não a tenha inicialmente, para ser um líder é necessário trabalhá-la. Por isso, é importante transmitir confiança para seus colaboradores, apresentar uma liderança participativa, ser carismático e estabelecer técnicas para deixar claros os seus objetivos.

Quando essas habilidades mais específicas são aperfeiçoadas, o potencial de liderança, a autonomia e a confiança tornam-se características comuns.

Para trabalhar lados como esse, existem diversos cursos ou profissionais qualificados que podem ajudar, como o coaching. Porém, note: ter autonomia não é ser autoritário. A agressividade só distancia as pessoas. A conversa aberta e sincera é sempre a melhor opção para resolver certos impasses.

3. Desenvolva senso de pertencimento na sua equipe

É uma questão de motivação. É preciso cuidar do ambiente de trabalho para você e para os outros, deixando-o agradável. Quando o sentimento de pertencimento é conquistado, o colaborador se sentirá à vontade no lugar onde trabalha. É importante que ele veja o ofício não como um lugar fatigante, mas sim como um local a mais para a vida ser mais produtiva.

Há variadas maneiras de desenvolver esse aspecto, como deixar uma sala reservada para a alimentação e reforçar o trabalho em equipe, construindo um senso de grupo nos colaboradores. São práticas de incentivo que fazem as pessoas sentir-se parte daquele ambiente e da organização.

4. Tenha uma postura mais aberta ao lidar com o coletivo

Lidar com pessoas não é uma tarefa fácil. Mas como líder, certas circunstâncias pedem uma postura mais aberta. É importante agir como dirigente, mas é preciso saber escutar e orientar seus colaboradores. É significativo ser coerente em situações apreensivas; por isso, em certos momentos, é melhor parar, planejar a ação e depois tomar suas decisões.

Rompa com as posturas tradicionais de liderança e enfrente os desafios que os tempos atuais exigem. Caso sinta necessidade, faça um curso para aperfeiçoar sua capacidade de liderança.

Portanto, é um processo relevante para uma equipe ter um líder que a motive, que saiba administrar não apenas suas emoções e seu humor, como também os dos outros.

5. Forneça capacitação

A maioria dos resultados de um negócio é baseada na relação que o líder consegue estabelecer entre sua equipe. Para que esse relacionamento seja bem construído, é necessário autonomia, aprimoramento individual e o oferecimento de ideias inovadoras.

Por isso, um bom líder sabe observar também a realização dos seus colaboradores, a adaptação e o desenvolvimento. Então, investir na capacitação dos seus funcionários é imprescindível para que eles se mantenham atualizados e a produção esteja sempre renovada de acordo com as necessidades do mercado.

Portanto, se os recursos para melhorar existem, é melhor investir. Essa é uma forma inteligente de formar oportunidades e levantar uma equipe mais produtiva. Por exemplo, formar sua equipe como Green Belts irá permitir que você tenha mais fundamentação em dados para sua tomada de decisão.

Por vezes, a formação de um colaborador é ampla. E, na sua equipe, você saberá justamente onde investir na complementação profissional, logo que essa formação será voltada para a especificidade de cargo. Dessa forma, haverá uma melhora na comunicação, na avaliação de desempenho e, principalmente, no desenvolvimento da carreira.

6. Motive sua equipe

Funcionários desmotivados resultam justamente nos níveis de produtividade. Esse é um tema importante. É interessante que o profissional acredite nos valores que a empresa transmite. Quando o trabalho desse colaborador é valorizado e ele vê, dessa forma, uma oportunidade de crescimento, seus rendimentos subirão.

Portanto, sempre há maneiras de buscar melhores formas de trabalhar. A motivação da equipe está justamente quando procuramos essas maneiras de deixar o trabalho mais confortável.

Então, perceba que um líder entusiasmado — que contagia o grupo, apresenta otimismo e cooperação — contribui muito mais para o crescimento da sua organização.

7. Incentive a proatividade e proponha desafios

Estabelecer desafios é uma prática que realmente funciona. Quando metas são definidas, objetivos são cumpridos. Por isso, a delegação de tarefas e os desafios propostos são importantes para a organização.

Outro ponto positivo: a proatividade é incentivada, e os próprios colaboradores se sentirão responsáveis pela realização e conclusão de certas tarefas. O tempo se tornará mais produtivo, e a própria equipe vai se coordenar.

E você, como líder, ficará mais organizado, pois analisar os aspectos individuais e as características mais positivas dos funcionários se tornará uma tarefa mais fácil. Então, o conjunto de estratégias para melhorar a proatividade será agilizado e poderá de forma mais adequada atender aos anseios da empresa.

8. Saiba administrar as reuniões

Em certos casos, o melhor que se faz é buscar o equilíbrio. As reuniões têm como objetivo manter a equipe informada, atualizada e integrada. Por esse motivo, esses encontros são importantes. Mas tente não passar dos limites.

Quando estiver no controle de uma reunião, lembre-se: é uma oportunidade de troca de opiniões, compartilhamento de conhecimento, ou seja, é um verdadeiro momento de trabalho em equipe. Então, marque os encontros com antecedência e com horários definidos; assim, você poderá manter o foco e a organização.

Um bom líder é reconhecido pelos resultados que mostra por meio das relações com sua equipe e colaboradores. Portanto, é importante ser dinâmico, inovador, comunicativo, confiável e ético, entre diversas outras características que, por vezes, só é necessário desenvolvê-las e aprimorá-las — não há segredo, há preparação.

Gostou de nossas dicas sobre como aumentar a eficiência da equipe? Gostaria de saber mais sobre o assunto? Então confira nosso outro post e descubra como desenvolver suas habilidades de liderança!

No votes yet.
Please wait...
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da conversa?
Deixe sua opinião! :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *