gestor em lean

Por que as empresas precisam de gestor em Lean Manufacturing?

Muitas empresas têm como objetivo otimizar seu sistema de trabalho, sempre buscando reduzir custos. Mas ainda poucas pensam em introduzir um profissional específico, capaz de aplicar técnicas que realmente busquem implantar a economia na corporação. Um desses profissionais é o gestor em Lean Manufacturing. Neste artigo, vamos falar um pouco mais do que consiste esse sistema e porque é necessário contratar esse profissional.

O que é Lean Manufacturing?

Lean Manufacturing quer dizer produção enxuta. O termo surgiu em decorrência do livro “A Máquina que Mudou o Mundo” (de Womack, Jones e Roos, publicado nos EUA em 1990). Esse livro nada mais é do que um grande estudo sobre a indústria automobilística mundial, realizado pelo famoso instituto tecnológico americano MIT (Massachusetts Institute of Technology).

Nesse livro, um dos grandes destaques no ramo de produção automobilística fica por conta da Toyota, que após a Segunda Guerra Mundial desenvolveu um sistema de produção enxuta, buscando otimizar a produção e reduzir os custos.

Inicialmente, muitas empresas enxergavam a aplicação dessa filosofia somente para a área de produção. Porém, hoje em dia, é comum a utilização de termos como Lean Enterprise ou Lean Business System, que consistem na aplicação da mentalidade de produção japonesa em todas as áreas de uma corporação. Também surgiram termos como Lean Services (Lean em serviços), Lean Logistics (Lean em processos logísticos) e Lean Heatlcare (Lean em empresas da área de saúde).

 

No que consiste o sistema Lean Manufacturing?

Muito mais do que um sistema de produção, a filosofia de gestão criada pela Toyota e utilizada em várias organizações em todo o mundo foca na diminuição de sete tipos de desperdícios: superprodução, tempo de espera, excesso de processamento, transporte, inventário, movimento e defeitos.

Ao buscar a eliminação desses tipos de desperdício, a empresa começa a apresentar resultados de maior produtividade. Uma das maneiras de se reduzir esses custos desnecessários ficou famosa como os “4 Ps da Toyota”, base para o sistema de produção enxuta da gigante japonesa. São eles:

1. Philosophy (Filosofia)

As decisões de toda a organização devem sempre ser baseadas no desenvolvimento de longo prazo, sem cair na tentação de resultados financeiros de curto prazo.

2. Process (Processo)

O foco de toda empresa deve ser na otimização de processos para a redução dos desperdícios:

  • Criar processos cuja produção flua sem “engasgar”.
  • Interromper a produção quando houver um problema relacionado à qualidade.
  • Padronizar as atividades.
  • Ter controle visual de todo o processo para nenhum problema passar despercebido.
  • Utilizar somente tecnologia testada e de confiança.

3. People and Partners (Pessoas e Parceiros)

Toda companhia deve ter líderes comprometidos com a filosofia Lean, buscando respeitar, desenvolver, desafiar e ajudar os profissionais envolvidos, sejam eles colaboradores da empresa ou mesmo fornecedores.

4. Problems Solving (Solução de Problemas)

A resolução de problemas que porventura venham a aparecer no cotidiano da corporação deve sempre gerar um aprendizado para os profissionais. Com isso, mesmo os momentos negativos serão responsáveis por gerar algo positivo para a empresa.

Ainda é importante que a tomada de decisões em momentos de crise deve ser realizada com cautela, considerando todas as alternativas. Mas também é essencial que tudo aquilo que for decidido seja implementado de maneira rápida e eficaz, para que não haja uma interrupção muito grande nos processos de produção da empresa.

Como se vê, o Lean Manufacturing é muito mais do que um simples sistema de produção. É uma filosofia, uma mentalidade empresarial que deve ser absorvida em todas as áreas da organização, focando na qualidade e na produtividade.

O que faz um gestor em Lean Manufacturing?

Existem vários cursos focados na capacitação e formação de profissionais em Lean. Atualmente, existe uma demanda crescente por profissionais que buscam otimizar a produção das empresas. Por isso, ser esse profissional no momento atual é praticamente uma garantia de inserção no mercado de trabalho.

O gestor em Lean Manufacturing é um profissional que busca, basicamente, duas coisas:

  • Eliminar os desperdícios do sistema de produção, implementando e gerenciando melhorias contínuas na organização.
  • Criar valores que atendam às necessidades finais dos clientes.

Diferentemente de um gestor tradicional, que tem como foco gerenciar áreas mais abrangentes de uma companhia, buscando o seu crescimento e visando ao futuro, o gestor em Lean Manufacturing trabalha com a mudança de hábitos de trabalho e operações de produção.

Esse profissional tem como objetivo a otimização dos processos envolvidos na instituição, buscando sempre uma melhora na produtividade e no bom funcionamento do ambiente de trabalho. Para isso, o foco deve sempre estar na melhoria dos processos da companhia.

Caso você já esteja querendo implementar o Lean, confira esse ótimo Ebook com todos os passos e nossas dicas agora!

 

Gestor em Lean como coaching

Independentemente do ramo de atuação da empresa, o gestor Lean vai trabalhar com a equipe de colaboradores para eliminar os desperdícios envolvidos no processo produtivo. Esse profissional tem, inicialmente, um papel de coaching, no qual vai introduzir e se certificar de que todos na corporação absorveram a mentalidade Lean.

É importante para o sucesso do trabalho de um gestor em Lean Manufacturing que toda a empresa entenda os objetivos finais da mudança de mentalidade. Por isso, esse profissional está sempre próximo dos processos produtivos, gerenciando e se certificando de que tudo saia de acordo com o planejado.

Esse gestor se torna um verdadeiro colaborador da empresa, envolvido de maneira sistêmica nos processos, sempre pensando no longo prazo. Ele sabe que, para conseguir os resultados esperados, a organização deve entregar o máximo de valor ao seu cliente.

Não importa qual cargo prático o gestor em Lean Manufacturing vai assumir dentro da empresa, mas sim o seu grau de responsabilidade e comprometimento. Ele é responsável pela mudança de mentalidade do processo produtivo da companhia. Deve ser capaz de identificar os problemas e desperdícios, visando sempre à melhora da produtividade.

Um gestor em Lean Manufacturing também necessita de ter criatividade para introduzir novas maneiras de produzir dentro da organização. Ao focar na maior produtividade, um gestor Lean tem como característica essencial uma visão sistêmica de toda a companhia e os processos e profissionais envolvidos nela.

Para ser um gestor em Lean Manufacturing é preciso se qualificar, buscando sempre maneiras de se reinventar como profissional para também reinventar as empresas com as quais vai trabalhar.

E você, se interessou em ser um gestor Lean? Entre em contato com a gente e saiba mais!

Rating: 4.0/5. From 1 vote.
Please wait...
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da conversa?
Deixe sua opinião! :)

Deixe uma resposta