Gestão visual

O bom funcionamento de sistemas de produção se da através de um conjunto de atividades e operações, tanto externas, quanto internas, desde o monitoramento de processos, á prestação de bens e serviços terceirizados. Dentro do contexto de monitoramento encontramos a gestão visual.

A gestão visual surge associada a Toyota e a filosofia de melhoria contínua, a qual continua sendo fortemente empregada na cultura das empresas. 

Gestão visual e o Lean

Através da metologia Lean, são fornecidos meios para a resolução de problemas, promovendo controle e ajuste de desempenho de acordo com divergências reais, e particulares a cada empresa. 

Para isso, ferramentas de controle de qualidade e desempenho se fazem extremamente necessárias. 

A gestão visual se faz importante no processo de melhoria continua tendo sua aplicação ampla em diversos tipos de organizações, por ser um sistema de planejamento, controle e melhoria contínua que integra ferramentas visuais simples que permitem com uma rápida visualização compreender a situação atual.

Em resumo, são informações de fácil compreensão dispostas de forma que todos os funcionários da empresa possam vê-las.

Por isso essas informações devem estar claras, de forma a facilitar o trabalho diário, aumentando o engajamento de todos os trabalhadores envolvidos em todos os processos.

Vamos falar de algumas formas de executar a gestão visual a seguir: 

Kanban

 

Como detalhamos anteriormente, a gestão visual utiliza dados, indicadores de desempenho e os fixa em locais visíveis. 

Resultando em benefícios a organização, melhorando a compreensão sobre o funcionamento do processo, além de aumentar a conscientização para eliminação de desperdícios e fornece uma visualização imediata dos procedimentos operacionais padrão utilizados.

Esse processo de exibição de informações serve para observação de qualquer pessoa que entre no local de trabalho, mesmo aqueles que não estejam familiarizados com os detalhes dos processos, pode muito rapidamente ver o que está acontecendo e entendê-la.

O kanban usa exatamente essa base de exposição de dados.

O método consiste na utilização de cartões (normalmente são usados os famosos post-its) para a indicação e acompanhamento visual do andamento do fluxo de produção da empresa.

Esse sistema ainda ficou famoso por utilizar pouquíssimos recursos, se tornando prático e de fácil entendimento.

O sistema Kanban corresponde a um quadro em que estarão dispostas todas as tarefas de um determinado projeto ou setor da empresa.

A natureza altamente visual do Kanban permite um fácil entendimento dos colaboradores acerca dos prazos e etapas que precisam ser cumpridos.

Dessa maneira, é possível organizar esse quadro se pautando, basicamente em dois eixos principais: o das tarefas e o das etapas. No primeiro, estarão todos os cartões das tarefas que precisam ser realizadas.

Já o segundo eixo é composto por diferentes status, como “em andamento”, “finalizado” ou “aguardando execução”. A partir desse layout, basta inserir o post-it da tarefa no eixo correspondente ao seu status.

Em nosso blog você encontra um artigo completo explicando sobre kanban.

Forma de andon

Outra forma de gestão visual utilizada por empresas no monitoramento do andamento de processos é a forma de andon.

Esse sistema é usado para notificar a gestão, manutenção e outros envolvidos em um processo, de que algum erro ocorreu.

Isso é realizado de forma simples: São colocadas luzes nos equipamentos, ou então torres de sinalização são colocadas no alto de um determinado processo, onde permite que se visualize facilmente o estado das máquinas.

A padronização do local dentro da organização pode se dar através de cores na linha de produção, conforme descrita, como também na segurança deste local, utilizando as Normas de Segurança.

 

Para saber sobre mais ferramentas de controle de qualidade baixe o eBook: Gestão por Processos – Eficiência e Qualidade!

E aprenda sobre o SIPOC é uma ferramenta que ajuda a identificar os elementos relevantes de um processo e com isso é possível ganhar um maior conhecimento sobre determinada atividade e identificar oportunidades de melhoria.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.