Procv e proch: entenda o que são e como utilizá-los

O Excel permite que o usuário realize pesquisas baseadas em listas de dados. A função de pesquisa e referência PROCV é uma delas, ela é usada quando é preciso localizar algo em linhas de uma tabela ou de um intervalo.

Outra ferramenta é o PROCH, usada quando seus valores de comparação estiverem localizados em uma linha ao longo da parte superior de uma tabela de dados e você quiser observar um número específico de linhas mais abaixo, quando os valores de comparação estiverem em uma coluna à esquerda dos dados que você deseja localizar.

No artigo de hoje iremos falar um pouco mais sobre essas funções de pesquisa e como você pode utiliza-las.

O que faz a função PROCH?

Esta função realiza uma pesquisa horizontalmente — o “H” de PROCH significa sentido horizontal — um valor na linha superior de uma matriz ou tabela. Ou seja, a PROCH localiza o resultado ou argumento de interesse por meio da leitura da primeira linha de uma lista de dados. O número de linhas é especificado quando o usuário estabelece o valor em valor_procurado.

O PROCH pode ser utilizado quando os valores de comparação estiverem todos localizados ao longo de uma linha superior da tabela e você quiser encontrar um número específico nas linhas mais abaixo. Falaremos mais sobre isso no próximo tópico. Vamos a ele.

O que faz a função PROCV?

Esta função realiza uma pesquisa verticalmente, ou seja, ela faz a busca de um determinado argumento usando como critério colunas.

A função PROCV pesquisa um valor da primeira coluna de uma lista de dados especificado por você em valor_procurado. Ela então procura o número de colunas que você determinou em num_coluna e retorna o valor que encontrar lá.

Vamos aplicar a função PROCV na célula B14, onde ela avaliará a célula B13, e assim procurará este valor na primeira coluna do intervalo B3:E11, e ao encontrá-lo vai retornar o valor da coluna 4 (Valor) correspondente a ele.

Quais são as sintaxes das funções PROCV E PROCH?

As sintaxes das funções PROCV e PROCH são, respectivamente:

  • =PROCV(valor_procurado; matriz_tabela; num_coluna; procurar_intervalo)
  • =PROCH(valor_procurado; matriz_tabela; num_linha; procurar_intervalo)

Onde:

  • valor_procurado é o argumento que deseja fornecer como base para a procura ser feita;
  • matriz_tabela é o intervalo onde se realizará a pesquisa;
  • num_coluna ou num_linha é a coluna ou a linha que se deseja obter o resultado, considerando que as colunas e linhas são contadas a partir do intervalo estipulado em matriz_tabela;
  • procurar_intervalo é a precisão da pesquisa, podendo ser exata ou por aproximação do valor desejado.

Sendo que:

  • Busca exata = 0
  • Busca aproximada = 1

Obs: O valor_procurado deve estar na primeira coluna ou na primeira linha do intervalo, caso contrário a pesquisa conterá erro.

O Excel permite que o usuário realize pesquisas baseadas em listas de dados. A função de pesquisa e referência PROCV é uma delas, ela é usada quando é preciso localizar algo em linhas de uma tabela ou de um intervalo.

Outra ferramenta é o PROCH, usada quando seus valores de comparação estiverem localizados em uma linha ao longo da parte superior de uma tabela de dados e você quiser observar um número específico de linhas mais abaixo, quando os valores de comparação estiverem em uma coluna à esquerda dos dados que você deseja localizar.

No artigo de hoje falaremos um pouco mais sobre essas funções de pesquisa e como você pode utilizá-las.

Quando utilizar a função PROCH?

A função PROCH deve ser usada sempre que a tabela ou a matriz observada estiver com a organização do cabeçalho na vertical e o restante do conteúdo na horizontal.

Digamos que você seja trabalhe em uma loja de imóveis e precise conferir a quantidade de armários disponíveis no estoque. Para utilizar o PROCH, a tabela mais adequada deveria ter o cabeçalho —com móveis, quantidade, valor, entre outros — organizado em uma coluna com as informações de cada elemento alinhadas horizontalmente, por exemplo:

1 Imóveis (A) / Armário (B) / Cama (C)

2 Quantidade (A) / 30 (B) / 20 (C)

3 Valor Médio (A) / R$ 200,00 (B) / R$ 150,00 (C)

Nesse exemplo, cada número e letra representam uma linha e coluna, respectivamente. Depois de identificar que o cenário da tabela ou matriz está de acordo com a organização necessária para a função, será possível aplicá-la.

Como é a sintaxe detalhada do PROCH?

Como falamos há pouco, a sintaxe do PROCH é resumida em =PROCH(Valor_procurado;Matriz_tabela;Núm_índice_lin;Procurar_intervalo), na qual:

  • valor_procurado: é o “valor” que vai ser comparado com o conteúdo presente na primeira linha da Matriz_tabela observada. Vale destacar que o “valor” pode ser um número, texto ou até mesmo a referência de uma cédula. Valor_procurado é um item obrigatório para o funcionamento da função;
  • matriz_tabela: representa o intervalo onde estão presentes os dados que precisam ser localizados. Esse intervalo considera desde a primeira informação na primeira coluna até a última informação na última linha. Matriz_tabela é obrigatório para o funcionamento da função;
  • núm_índice_lin: é o número da linha onde o valor procurado estará presente. Vale ressaltar que o número da linha não faz parte das linhas da planilha, mas sim da Matriz_tabela. Núm_índice_lin é obrigatório para o funcionamento da função;
  • procurar_intervalo: é um valor lógico que mostra se você quer que a função localize o resultado exato ou aproximado na Matriz_tabela. Nessa opção, quando indicamos 0, estamos informando ao Excel que queremos o valor exato — se não for encontrado, a função não apresenta nada. Já quando indicamos 1, estamos informado que queremos o valor aproximado, que pode ser tanto o próximo quanto o último dado a tabela, caso não seja localizado o valor exato. Procurar_intervalo é opcional, não interfere no funcionamento da função.

Como utilizar o PROCH no Excel?

Agora que você já entende melhor como funciona a função PROCH, vamos mostrar como ela deve ser utilizada no Excel. Para isso, vamos a tabela fictícia dos móveis que conferimos em tópicos anteriores. Repare que foram incluídos dois campos: um para pesquisar o valor e o nome de cada imóvel (A5, ou seja, coluna A e linha 5) e outro onde construiremos a função (B6):

1 Imóveis (A) / Armário (B) / Cama (C)

2 Quantidade (A) / 30 (B) / 20 (C)

3 Valor (A) / R$ 200,00 (B) / R$ 150,00 (C)

4

5 Localizar Móvel (A) / Valor (B)

6

Nesse caso, a função seria: =PROCH(A6;A1:C3;3;0), ou seja:

  • Valor_procurado: A6;
  • Matriz_tabela: A1:C3;
  • Núm_índice_lin: 3;
  • Procurar_intervalo: 0.

Assim, quando digitarmos “Cama” na cédula A6, por exemplo, a B6 mostrará o valor: R$ 150,00. Caso seja digitado o nome de um móvel que não esteja presente na tabela, o Excel apresentará #N/D como resultado.

Quando utilizar a função PROCV?

A função PROCV deve ser utilizada sempre que for preciso fazer buscas em uma tabela ou matriz organizada em linhas, sendo possível automatizar a visualização das informações de uma planilha.

Digamos que você precise coletar dados específicos do estoque de uma empresa de peças automotivas. A partir da função PROCV, é possível pesquisar o código do produto para encontrar o valor, fabricante, nome da peça, entre outros. Veja um exemplo de tabela onde poderia ser usada a função PROCV:

1 Código Peça (A) / Nome Peça (B) / Valor (C)

2 P001 (A) / Amortecedor (B) / R$ 240,00 (C)

3 P002 (A) / Catalisador (B) / R$ 110,00 (C)

Como é a sintaxe detalhada do PROCV?

A sintaxe resumida do PROCV é PROCV=(valor_procurado;matriz_tabela;núm_indice_coluna;procurar_intervalo), na qual:

  • valor_procurado: na função PROCV, esse item é o valor de interesse que deve ser localizado na primeira coluna da Matriz_tabela. Após digitar o valor será possível encontrar um dado comparativo na tabela. Valor_procurado é obrigatório na função PROCV;
  • matriz_tabela: representa a tabela onde serão encontradas todas as informações analisadas, incluindo o Valor_procurado. A tabela deve ter no mínimo duas colunas e estar presente em outra planilha do documento. Matriz_tabela é um item obrigatório na função PROCV;
  • núm_índice_coluna: representa o número da coluna da Matriz_tabela que será encontrado o valor de interesse. Núm_índice_coluna é obrigatório na função PROCV;
  • procurar_intervalo: tem a função de localizar o valor exato — igual ao informado no Valor_procurado — ou aproximado que você está buscando na Matriz_tabela. Caso você coloque FALSO nesse item, a função vai mostrar apenas o valor exato que você está procurando, caso contrário, não apresentará nenhum resultado. Já se você colocar VERDADEIRO, a função poderá encontrar tanto o mesmo valor do Valor_procurado como um valor aproximado presente na Matriz_tabela. Procurar_intervalo é opcional na função PROCV.

Como utilizar o PROCV no Excel?

Agora que já sabemos a sintaxe detalhada da função PROCV, vamos para a parte prática: como utilizá-la no Excel. Para isso, imagine que você tem uma grande lista de produtos, com seus principais dados, e precisa localizar uma mercadoria específica por meio do PROCV.

Nesse caso, o primeiro passo para construir a função é criar duas planilhas: a primeira para utilizar a fórmula, que nesse exemplo vamos denominar como “busca”, e a segunda para dispor todos os dados da lista. Depois disso, basta montar o cabeçalho na planilha da “busca” igual da lista de dados. Por exemplo:

Lista

1 PRODUTO (A) / PREÇO (B) / FORNECEDOR (C)

2 Farinha (A) / R$ 7,50 (B) / Carvalho Alimentos

3 Arroz (A) / R$ 5,80 (B) / Arrozeira Castro

Planilha “busca”

1 PRODUTO (A) / PREÇO (B) / FORNECEDOR (C)

2

3

Em seguida, digite o produto desejado na primeira cédula e escolha a opção “=Procv” no assistente de funções, presente acima da planilha. Ao aplicar a função, você precisará escolher os argumentos da função, ou seja, o Valor_procurado, Matriz_tabela, Núm_índice_coluna e Procurar_intervalo.

No primeiro argumento, basta escolher o produto que está procurando. Já no segundo, é preciso configurar a planilha com as informações dos produtos para identificá-la como Matriz_tabela.

Em segunda, no terceiro argumento, você deve colocar o número da coluna onde está presente o valor que deseja encontrar. E por fim, no último argumento, que é opcional, basta escolher entre VERDADEIRO, caso queira um resultado aproximado, ou FALSO, caso queira somente o resultado exato.

Quais são as diferenças entre o PROCV e o PROCH?

Essa função serve para auxiliar o usuário que necessite encontrar e trazer para sua planilha valores que estão em outra planilha.

Um bom exemplo seria nos casos onde já existe uma planilha com várias informações, mas é necessário condensar apenas alguns dados específicos, neste momento as funções PROCV e PROCH podem ser usadas.

A variação dessas funções se resume a maneira como o usuário necessita fazer a busca.

Nos casos onde os dados estiverem distribuídos verticalmente (informações por colunas) é usada a ferramenta PROCV, e para os casos onde se deseja encontrar informações distribuídas horizontalmente a ferramenta PROCH é a usada.

Recomendo que aprenda o quanto antes essas funções, pois além de facilitar o seu dia a dia ao manipular planilhas complexas, também vai dar base para futuros testes de Excel que a maioria das empresas fazem.

Pode ter certeza, PROCV sempre cai nos testes de Excel Avançado nos processos seletivos das empresas.

Outra forma de exemplificar seria de forma reduzida:

Sendo que a procura pode ser feita de duas maneiras diferentes: procura vertical (coluna) ou procura horizontal (linha), conheça estas duas funções:

  • procura vertical (PROCV)
  • procura horizontal (PROCH)

Para você decidir qual das duas funções utilizar, observe na sua planilha como estão distribuídos os valores que poderão ser o resultado da busca, se os valores estiverem em uma coluna utilize a função PROCV, e se os valores estiverem em uma linha utilize a função PROCH.

As funções PROCV e PROCH do Excel são excelentes métodos para otimizar o trabalho de busca de informações em planilhas extensas. Sendo assim, vale a pena utilizá-las sempre que precisar localizar valores importantes do seu negócio e não tiver tempo para analisar todos os dados.

Gostou de aprender como aplicas as funções PROCH e PROCV? Então, aproveite para aprender ainda mais com a gente nesse artigo sobre a PROCX, a nova fórmula do Excel que veio para substituir a PROCV e a PROCH.

Compartilhar o post nas suas redes sociais!

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.