5 competências essenciais para uma boa gestão em enfermagem

A enfermagem é sempre referência para o paciente quando se trata de estabelecer a comunicação da família com o hospital, bem como na administração dos cuidados necessários para o tratamento. O que sempre existiu, mas nem todos reconheciam, era o papel de líder que o enfermeiro sempre exerceu. Essa função é essencial para que se possa colocar em prática a gestão em enfermagem.

Um líder é responsável por administrar a organização de um setor tanto na gestão de pessoas quanto no gerenciamento de procedimentos. É esperado que o gestor tenha um bom relacionamento interpessoal com a equipe, responsabilidade para alcançar as metas e habilidades efetivas de comunicação.

Se antes o enfermeiro não era enxergado como um líder, as exigências das organizações de saúde fazem que ele precise se preparar cada vez mais para desempenhar essa função. Assim, desenvolver as próprias habilidades de gestão em enfermagem é essencial para que o profissional possa executar as atividades inerentes ao cargo de forma satisfatória.

Ninguém nasce pronto e até o melhor dos colaboradores de saúde precisa se aperfeiçoar sempre. Por isso, elencamos cinco competências em que o profissional precisa trabalhar para aprimorar a sua gestão em enfermagem.

1. Saber se comunicar com o paciente e a equipe

Sem comunicação, nenhuma área consegue progredir, especialmente uma que carrega a responsabilidade da saúde das pessoas. Saber se comunicar não é apenas falar, mas procurar esclarecer a situação de uma forma que o paciente entenda e conseguir explicá-la adequadamente para quem vier na troca de turnos.

Nem todas as pessoas partilham o mesmo vocabulário, então é bom ter cuidado em passar uma mensagem clara e concisa. Também é importante ouvir o que os outros (sejam pacientes ou colega) têm a dizer para que o trabalho se torne mais enriquecedor.

A comunicação é tão importante para uma gestão em enfermagem, que é preciso até mesmo saber conversar com profissionais de outros setores se surgir uma demanda. É assim que se consegue implementar mudanças no seu trabalho.

2. Buscar mais conhecimento sempre

Isso também vale para todas as profissões, mas é crucial em um cargo que pode salvar vidas. Mesmo que o enfermeiro tenha a experiência de muitos anos no hospital, é sua obrigação se manter atualizado sobre as novas tecnologias e novas descobertas sobre o assunto.

Pesquise por cursos de extensão, capacitação e especialização que o ajudem a atingir o objetivo que precisa alcançar. Será preciso dedicação e planejamento de tempo para conciliar com o trabalho, mas valerá a pena para se tornar um profissional mais completo.

Portanto, buscar mais conhecimento significa comprometimento com a equipe e os pacientes. Se o enfermeiro não estiver preparado para os riscos que um caso mais grave pode acarretar, ele consegue desestruturar o trabalho coletivo.

3. Desenvolver a responsabilidade com a profissão

Quando se trata de gestão em enfermagem, o enfermeiro é capaz de analisar cada situação do cotidiano com uma visão global. Isso significa que ele, como um bom líder, deve saber não apenas quais são as tarefas que pode assumir, mas também a dos outros.

É importante certificar-se dos cuidados que são feitos por toda a equipe com a higiene ou com a manutenção de aparelhos para o tratamento do paciente. Ainda que alguns procedimentos não tenham sido feitos no seu turno, é essencial manter uma visão de topo sobre todo o processo e entender o que precisa ser feito.

Ficar de braços cruzados para uma situação errada, mesmo que seja de outra pessoa, é arriscar a vida de outro ser humano.

4. Praticar o bom senso e a empatia

Esse tópico é uma continuação do processo iniciado nos outros. Por mais que o dia a dia seja estressante e exaustivo, o profissional da saúde não pode deixar de buscar a empatia pelo próximo. Saber se colocar no lugar da outra pessoa e enxergar o mundo pela sua percepção vai ajudá-lo a ter mais paciência.

Aplicar a empatia é uma habilidade que os melhores líderes possuem. É preciso entender a outra pessoa para ter mais respeito com ela, o que, dentro de um hospital, gera um ambiente verdadeiramente preocupado com o ser humano.

Com isso, praticar o bom senso é uma consequência. Na gestão em enfermagem, isso é essencial para entender as limitações, forças e dificuldades da sua equipe.

5. Conhecer as próprias emoções

Ter autoconhecimento é uma das chaves para a inteligência emocional, uma característica imprescindível em qualquer líder. Antes de fazer a gestão em enfermagem, é preciso saber administrar os próprios sentimentos, ou seja, entendê-los e saber resolvê-los de forma saudável.

Afinal, um enfermeiro-chefe que vive gritando com os seus colaboradores e desconta o estresse diário nos próprios pacientes só está contribuindo para um ambiente cada vez pior. Por isso, é preciso refletir antes de agir, entender o que está sentindo e, com a empatia, perceber como aquilo está afetando as outras pessoas.

Para quem está sobrecarregado com os estresses do cotidiano e sente dificuldades com isso, uma solução é frequentar a terapia. É uma forma bastante saudável de extravasar os sentimentos e aprender a gerenciá-los.

A enfermagem está evoluindo e ganhando um papel cada vez mais fundamental na saúde. Gerenciar os cuidados com o paciente é uma responsabilidade que está alcançando um destaque que permite que o enfermeiro assuma a postura de líder.

Não um gestor que dita regras, mas um que trabalhe junto com a equipe, que saiba equilibrar a dinâmica do dia a dia conforme a demanda. Isso é essencial para evitar que tanto ele quanto a equipe evitem se aquietar com a rotina e a banalizar a preocupação com o paciente.

É preciso pensar sempre no que pode melhorar. A figura do líder moderno caminha para um futuro de colaboração, assim como a gestão em enfermagem. Por isso, desenvolver as habilidades desse novo tipo de gestor só vai abrir caminho para mudanças cada vez mais significativas na área da saúde.

Gostou do nosso artigo e quer ver mais assuntos como esse? Então assine a nossa newsletter e receba todas as nossas novidades direto em seu e-mail!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.