Quantos 5S eu já fiz em minha empresa?

Quantos 5S eu já fiz em minha empresa?

Quando visito empresas que não estão muito organizadas em seu espaço físico, seja na fábrica, no almoxarifado ou mesmo no escritório, o primeiro tópico que o responsável pela área bagunçada me diz é: estou precisando NOVAMENTE fazer um 5S.

Acho muito interessante as pessoas dizerem NOVAMENTE. Se o 5S já foi feito em algum momento não é necessário fazê-lo de novo, correto? Não é o que vemos na prática. A maioria das pessoas não entende que o 5S é uma cultura de organização, e não apenas uma maneira bonita de dizer que precisamos arrumar a bagunça.

Como todos já sabem, o 5S é baseado em 2 sensos de organização, 1 senso de limpeza, 1 senso de saúde e 1 senso de autodisciplina. Seu grande objetivo é reduzir os desperdícios de tempo gerados pela bagunça. Usualmente, ao implementarmos a ferramenta, utilizamos apenas 4S, deixando o senso de autodisciplina, que rege todos os outros, esquecido.

Observemos a figura de um escritório desorganizado, o qual muitos de vocês devem vivenciar no dia-a-dia em algum lugar da fábrica ou escritório:

 5S

Ao se deparar com uma situação desta, usualmente o dono do local resolve organizar a bagunça e diz que vai fazer um 5S.

O trabalho começa e depois de algumas horas temos o seguinte resultado:

 

Pensamos: realmente o 5S é ótimo, os resultados são claros e observáveis em poucas horas. Agora não preciso perder tempo para procurar ferramentas ou documentos que precisava. O escritório fica organizado durante uma ou duas semanas e o que ocorre após esse período?

 

O escritório volta a ficar uma bagunça. E o que o responsável pelo escritório pensa quando percebe que está perdendo tempo com a bagunça? Preciso NOVAMENTE fazer um 5S.

O 5S deve ser encarado com uma filosofia de melhoria duradoura para que possamos colher seus frutos. Precisamos ter o senso de autodisciplina para nos mantermos organizados e não voltarmos ao estado anterior. Claro que de tempos em tempos precisamos organizar nossas ferramentas, documentos, estoque pois os sensos de utilização ou ordenação podem mudar, porém o senso de limpeza, saúde e autodisciplina não mudam.

Como você considera o seu 5S? Gostaria de ouvir comentários sobre como essa ferramenta é tratada em seu ambiente de trabalho.

Abraços.

[retweet]
[facebook]

1 responder
  1. Helton Barbosa
    Helton Barbosa says:

    Prezados,

    Já tive a oportunidade de implementar por duas vezes em empresas diferentes o 5S, porém na primeira, cometi um erro mortal, eleboramos os programa, os procedimentos e foi top down o processo, sem muito envolvimento da base, mesmo com treinamentos, foi trabalhoso recuperar e esse gap deixado e reverter a situação para que fossem cumpridos os 5Ss. Na segunda vez procurei formar times de base, nomei lidees para os times, e cumpri o roteiro como é determinado e o mais dificil, como na primeira foi a disciplina, mas persistimos com os times e o sucesso veio mais rápido, porém as auditorias eram bem rigorosas e o foco era relembrado a todo momento. Por isso julgo o artigo acima muito pertinente e de suma importancia para esse programa.

    Responder

Trackbacks & Pingbacks

    Deixe uma resposta

    Want to join the discussion?
    Feel free to contribute!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *