6 motivos para dominar a oratória na sua vida profissional

Comunicar-se bem é indispensável para qualquer carreira profissional. Mesmo para aqueles que trabalham em setores não responsáveis pela comunicação e apresentação da empresa, ter uma boa expressão é uma ótima tática para desempenhar seu papel e obter benefícios para crescer profissionalmente.

Apesar do alto conhecimento técnico, algumas pessoas não conseguem subir de posição na empresa justamente pela dificuldade de dominar a oratória. Se você não acredita na sua capacidade de liderança, quer desenvolver essas qualidades e não sabe como, continue a leitura pois temos uma solução para você.

Mas, antes mesmo de pensarmos na boa expressão como tática para crescimento, podemos pensar no início de uma nova carreira: a entrevista de emprego. Ter essa habilidade é estar um passo à frente dos concorrentes, já que isso transmite confiança, credibilidade e segurança nos seus conhecimentos. Nesse momento, a comunicação está englobando todos os seus aspectos. A fala, a escrita, a atitude e a exposição de valores transmitem quem somos e influenciam os que passam por nós.

O bom orador fala de forma fluida, inteligente e natural. Aplica os conceitos técnicos com linguagem simplificada. Conquista a atenção dos ouvintes com bom humor e simpatia. A elegância da boa comunicação ultrapassa o conteúdo. O próprio orador se torna o conteúdo como um todo, apresentando, argumentando e defendendo as suas posições.

Para conseguir desenvolver a boa comunicação e utilizá-la para impulsionar a sua carreira e a sua vida, a solução é dominar a oratória, que nada mais é do que se expressar bem, com retórica na fala e confiança para encantar o seu público com seus gestos e ações.

Talvez você ainda esteja em dúvida sobre a importância e a diferença que essa arte pode fazer na sua vida. Por isso, separamos 6 motivos que mostram por que você deve investir seu tempo e seus esforços para aprender técnicas de oratória. Confira!

1. Superar medos

Muitas vezes perdemos oportunidades na vida pelo medo do fracasso mesmo tendo condições para assumir uma posição melhor. Dominar as técnicas de oratória contribui para a superação do medo de ser julgado. Quem se expressa bem consegue ver o mundo com mais positividade e deixa a baixa autoestima de lado. Assim fica muito mais fácil se destacar no mercado.

Existem formas de como ter boa oratória e conseguir o interesse das pessoas em meio a um mundo tão hiperativo. Não significa que você precisa se transformar em outra pessoa e mudar completamente seu comportamento. De acordo com a sua personalidade, você pode desenvolver algumas maneiras de ter a atenção das pessoas.

2. Expressar ideias com clareza

Não conseguir expor os pensamentos para ser entendido é muito comum. Podemos ter um ponto de vista relevante e propostas eficientes, mas se não soubermos como apresentar nossas ideias, dificilmente conseguiremos ser valorizados e ouvidos. A boa comunicação facilita o entendimento e faz com que os superiores nos olhem com outros olhos.

3. Demonstrar características de liderança

Líderes precisam ser seguros, fortes, confiantes e confiáveis. Dominar a oratória conduz a essas características. Se você tem capacidade para gerenciar equipes pela sua experiência mas ainda não chegou lá, o caminho está na busca pela qualificação da sua comunicação pessoal e profissional.

Alguns aspectos da liderança nos levam a desenvolver boas práticas de como ter boa oratória. O bom líder tem a capacidade de inspirar as pessoas em todos os lugares que ela frequenta. Quando você sabe gerenciar de maneira correta suas competências, você tem um bom engajamento com as pessoas.

4. Saber persuadir

Portar-se em público e conseguir a atenção das pessoas é sempre uma tarefa árdua que requer muito esforço. Prender a concentração das pessoas em um mundo em que cada uma quer fazer várias coisas ao mesmo tempo, não é um desafio para qualquer um. Mas como fazer com que aquilo que vou transmitir seja mais interessante do que algo que ela esteja vendo em seu celular?

Quem domina a oratória tem um recurso importante para diversas situações da vida: a capacidade de influenciar e persuadir. Usando essas técnicas é possível ir muito além de apresentar o ponto de vista com clareza. Conseguimos vender nossas posições para o nosso público com facilidade, basta saber quais são as características das pessoas que estão ouvindo, quais são seus objetivos, anseios e crenças, informações obtidas por meio do estudo de público, um dos primeiros passos aprendidos na arte da oratória.

5. Transmitir credibilidade

O acesso à produção de conteúdo que temos hoje em dia facilitou a transmissão de informação e ideias entre pessoas. Por um lado, isso traz diversos aspectos vantajosos, entretanto facilitou a difusão de informações com erros graves. Essa facilidade baixou a taxa de credibilidade que temos em tudo que lemos, vemos e ouvimos, o que tornou ainda mais difícil alcançarmos posições de destaque.

Saber como usar a expressão em favor do que acreditamos é uma ótima solução para a falta de credibilidade que vemos por aí. Quando mostramos domínio de conhecimento e segurança, passamos tranquilidade e confiança para quem nos ouve. Assim fica muito mais fácil sermos levados em consideração, não é mesmo?

Outra maneira de transmitir credibilidade é utilizar dados para suportar suas opiniões. Quantas vezes já ouvimos alguém dizer sobre um assunto e depois ser desacreditado pelos dados, não é mesmo? Para não correr esse risco é importante saber como analisar dados, um assunto que tem ficado cada vez mais importante nas organizações modernas.

6. Melhorar o desempenho pessoal

Quem aprende oratória não aprende apenas formas de progredir no mercado. Quem sabe se comunicar sabe como se portar em todos os ambientes, inclusive nas relações interpessoais.

Impressionante, não acha? A boa comunicação consegue melhorar drasticamente o seu desempenho. Como você poderia liderar pessoas e equipes se ainda não sabe interpretar suas expectativas, desejos e transmitir metas e diretrizes?

Para conseguir aproveitar os recursos da fala a seu favor, algumas técnicas podem ser utilizadas. Veja agora algumas dicas para que a sua performance de oratória seja otimizada:

Falar diante do espelho

Parece loucura, mas isso vai ajudá-lo bastante. Quando falamos diante do espelho, começamos a perceber a nossa forma de nos comunicar. Comece falando sobre algum assunto que você domina ou explicando algo que você já sabe todas as etapas. Enquanto você vai falando, comece a perceber toda a sua gesticulação, sua postura e sua linguagem.

Por meio desse exercício vamos analisar se estamos gesticulando demais, se não estamos com uma postura que ameace a nossa credibilidade e também se a linguagem que adotamos é um tanto quanto prolixa. É bom lembrar que quando trabalhamos com comunicação precisamos ter sempre clareza para que não apareça nenhum equívoco naquilo que estamos transmitindo.

Esse exercício também pode fazer com que você perceba se precisa melhorar sua dicção. Se você não se incomodar, pergunte às pessoas mais próximas a você o que elas acham da sua forma de falar. Ou, se preferir, pratique alguns trava-línguas e outras técnicas vocais que venham a melhorar sua pronúncia.

Saber perguntar e conhecer o seu público

Quando você tem o conhecimento dos comportamentos e dos hábitos do público o qual você vai interagir, fica mais fácil de estabelecer uma linguagem que vá de acordo com o seu entendimento. Isso porque você não pode falar com uma criança do mesmo jeito que você fala com um adulto.

Você também deve dar exemplos que fazem parte do cotidiano daquelas pessoas para uma melhor assimilação da sua mensagem. As pessoas começam a se sentir mais compreendidas quando você trabalha com elementos que faz com que você esteja mais próximo da realidade delas.

Para uma boa comunicação, também é preciso saber conduzir a fala. Perguntar para o público é uma ótima técnica para saber qual deve ser o rumo da oratória. E, antes mesmo do momento, pesquise, estude e conheça todas essas peculiaridades do seu público.

Preparar a apresentação e estar pronto para o improviso

Preparar uma apresentação não é necessariamente escrever um discurso. Preparar é separar tópicos e ideias na ordem em que elas devam ser apresentadas. Estudar bem o assunto também é essencial, pois perguntas podem surgir e aí entra o momento de ficar tranquilo e seguro para improvisar.

Não confiar apenas nos slides

Muitas pessoas fazem apresentação em slides e procuram ficar se baseando em tudo o que tem na tela para conseguir transmitir o assunto em questão. Isso não é uma prática agradável de como ter boa oratória. Além de não ser uma boa ideia ficar o tempo todo lendo, também não é possível ficar colocando grandes informações e blocos de texto enormes nas suas páginas.

Os slides servem apenas como lembretes para alguns tópicos que você vai explorar diante do seu público. Em uma apresentação, as pessoas querem divagar sobre aquele assunto de uma maneira mais ampla e mais compreensiva. Se eles quisessem ler, normalmente optariam por comprar um livro ou procurar por um artigo no conforto de suas casas.

Outra coisa que devemos evitar é a reprodução de vídeos, principalmente se eles forem muito longos. Só escolha essa mídia se, de fato, ela for agregar valor ao assunto em questão. Sempre procure colocar apenas um trecho e que ele seja direto e fácil de ser compreendido.

É bom lembrar que se você tem um apto domínio da técnica, você vai ter o poder de incentivar as pessoas a serem mais práticas no seu dia a dia. Aprender a como ter boa oratória é também uma forma de treinar sua liderança.

Conversar com as pessoas em vez de discursar

Tratar a sua fala como uma conversa facilita muito a comunicação. Palavras rebuscadas e linguagem técnica precisam ser simplificadas. É muito mais agradável conversar com as pessoas ao contrário de ficar apenas impondo coisas a serem feitas.

Dar atenção aos movimentos

Seria muito estranho ouvir alguém falando de algo, mesmo que aquilo seja do nosso interesse, se essa pessoa permanecer completamente imóvel diante de nós. A movimentação do corpo e das mãos são boas formas de tirar seu nervosismo e conduzir a situação de uma maneira tranquila, principalmente quando você fala diante de um determinado público pela primeira vez.

Essa é uma forma de como ter boa oratória e passar segurança para as pessoas enquanto você estiver falando. Quanto mais você transmitir naturalidade naquilo que está dizendo mais você vai ter a atenção daquelas pessoas.

Estudar a respiração

Um fator importante não só para como ter boa oratória, mas também para a vida, é estudar sua respiração. As pessoas, quando estão tensas ou passando por um momento de muita atribulação na correria do dia a dia, esquecem de um exercício tão eficaz que é o de inspirar e expirar.

Fazendo isso três vezes seguidas em momentos de tensão, você acaba ficando um pouco mais calmo e se sentindo mais aliviado. Obviamente você não deve fazer isso diante de uma plateia, pois, seria estranho. Porém, tente aplicar essa técnica na sua rotina e também minutos antes de você falar em público.

Usar recursos visuais

Estar bem apresentável colabora para o aumento da credibilidade diante do público. A segurança que temos no que estamos falando é reforçada de acordo com a nossa apresentação visual. Por isso, sempre opte por roupas e acessórios que conseguem transpassar leveza e confiança.

Trabalhar a dicção e a postura da voz

Cerca de 38% da atenção recebida está na voz e 55% na entonação, gestos e postura. As palavras são responsáveis apenas por 7% desse conjunto. É importante, portanto, trabalhar a comunicação não verbal.

Depois que já conhecemos o público é muito mais fácil saber como conduzir essas questões, visto que sabemos qual será o local de fala e o que ele exige. Conseguimos, assim, identificar se é necessário algo mais expansivo ou mais contido, uma voz mais forte ou mais suave.

Praticar

Não há boa comunicação sem prática, estudo, cursos e constante busca por melhorias. Esteja sempre se preparando para dominar completamente as técnicas da boa expressão.

Buscar melhorias continuamente

Por meio do feedback e das críticas pessoais, aos poucos você vai adquirindo confiança até chegar a prender a atenção de uma plateia de mais de mil espectadores. Porém, até esse momento acontecer é preciso muito esforço e trabalho contínuo na busca de como ter boa oratória.

Apesar de serem dicas simples e que podem ser feitas entre algumas horinhas da sua rotina, muitos não acham assim tão fácil. Às vezes, somos muito inseguros e nos reprimimos por não saber trabalhar com a crítica ou pelo medo de falhar.

É bom saber que ninguém nasce sabendo tudo e que é preciso dedicação em qualquer coisa que nos comprometemos a fazer. No caso da fala, a técnica ajuda muito, pois é por meio dela que conseguimos diretrizes de como ter boa oratória. Mas, se você acha que se sente mais confortável com a ajuda de um profissional, não hesite nessa escolha. O importante é sempre você buscar o caminho da evolução no seu dia a dia.

Curtiu nossas dicas para dominar a oratória? Então, se você gostou deste artigo e quer ficar por dentro de mais conteúdos, não deixe de assinar a nossa newsletter!

Rating: 4.8/5. From 4 votes.
Please wait...
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da conversa?
Deixe sua opinião! :)

Deixe uma resposta