Black Belt e a importância dele para a sua carreira

Ao longo da ultima semana temos ressaltado a importância de um Black Belt para a gestão de projetos. Hoje iremos falar sobre sua relevância na formação do profissional como um líder.

eBook: Conheça o Seis Sigma e o que ele pode fazer!

O grande resultado do Seis Sigma é redução de custos. Sem comprovação dos resultados financeiros, um projeto Seis Sigma não é aprovado, o que gera um compromisso por parte dos participantes do projeto em entregar resultados e não somente ideias e diagnósticos. A maneira mais rápida é dar o primeiro passo e adquirir o conhecimento necessário para a implementação de melhorias. Participar de um curso para ganhar habilidade necessária na aplicação das ferramentas é essencial!





Capa eBook: Conheça o Seis Sigma e o que ele pode fazer!

Uma das características de um líder excepcional é a boa comunicação. Saber transmitir a cultura da empresa, engajar os colaboradores e indicar de forma clara o caminho para o alcance dos resultados esperados são alguns dos deveres da comunicação da liderança moderna.

A comunicação da liderança em foco

Para manter o engajamento das pessoas, estancar ou minimizar saídas e fortalecer a credibilidade da organização são necessárias 4 instâncias, transparência, conexão, interação e reforço. Em cada uma dessas existem diferentes diretrizes e atitudes que são relativas às demandas de informação e orientação.

Um bom líder é aquele que consegue, de forma clara, inspirar e engajar as pessoas. Liderar é muito mais do que delegar tarefas. O líder coloca a mão na massa e da suporte à toda a equipe, fornecendo feedbacks de forma consistente e positiva. O bom líder coloca-se disponível e aberto para conectar-se, interagir e desenvolver o potencial de todo o time.

Principais aspectos de um bom líder

Transparência

Estar visível, ser acessível: As pessoas precisam ver seus líderes cuidando das questões da organização e ajudando na obtenção das respostas às questões levantadas para evitar inferências sem embasamento.

Dar notícias, boas ou más: A desculpa de “o momento não é adequado” dá espaço para a criação de “teorias conspiratórias”. Será necessário gerenciar mais problemas decorrentes dessa falta de sinceridade do que qualquer reação para as notícias verídicas.

Conexão

Conectar-se às pessoas: Pessoas com atitudes, expectativas, pontos de vista e disposição formam um grupo de consumidores de informação variado como outros. Segmentar esse público-alvo permite mais efetividade nas mensagens.

Ir além dos meios de comunicação: Recado para o líder: em vez de enviar um informativo, envie você mesmo. É melhor investir mais tempo em como executivos, gerentes, supervisores e formadores de opinião conversam do que em criar uma mensagem muito elaborada do CEO.

Equilibrar “high tech” e “high touch”: Computadores são ótimos, rápidos, mas não substituem a conversa em grande parte dos casos. Ferramentas são usadas para transmitir a informação e líderes são posicionados para dar o tom.

Interação

Ouvir as pessoas: Reuniões de equipe, realização de grupos de enfoque ou sessões gerais são necessárias para fazer perguntas e perceber o clima. Essa ação já é uma mensagem positiva e permite identificar como as pessoas estão reagindo ao que está acontecendo.

Oferecer a oportunidade do diálogo: A interpretação de mensagens ocorre mais fortemente pelo diálogo do que pelo o que as pessoas estão lendo. Por isso não se deve evitar a discussão de questões chave.

A comunicação da liderança deve envolver mais: Gerenciar o feedback das mensagens colocadas em diferentes canais é fundamental. Estar ausente, ou reprimir os questionamentos logo quando as pessoas mais precisam ouvir, é totalmente contraindicado.

Reforço

Construir um quadro referencial: Repetir por que a empresa está no negócio, como os negócios funcionam, o que é preciso atingir, como contribuir para a geração de resultados faz com que as pessoas entendam papéis e responsabilidades.

Continuar o trabalho, manter o ritmo: Mesmo nos momentos mais intensos do processo de comunicação, o trabalho deve prosseguir. A organização não pode se desviar do atendimento aos clientes, de ganhar dinheiro, de criar valor para os acionistas.

As diretrizes e atitudes destacadas nas instâncias de comunicação interna se aplicam em tempos turbulentos ou não. Mas em tempos turbulentos, elas se tornam ainda mais prementes.

Ficou claro o quanto é importante o desenvolvimento do diálogo e o incentivo à cultura da comunicação da liderança aberta entre. Mostrar-se acessível, ser compreensivo, se envolver nos demais diálogos da companhia, ser claro e um motivador diário da sua equipe são comportamentos à serem cumpridos de forma prioritária de agora em diante.

Torne-se apto a treinar e orientar pessoas e times em projetos Lean Six-Sigma, sendo um consultor para melhoria. Tem sido um pré-requisito para muitos cargos de liderança nas principais organizações. Não perca tempo, faça agora sua inscrição no curso de Black Belt da Escola EDTI e torne-se um líder excepcional! Basta clicar aqui.



0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *