diagrama de relacoes

Ferramentas da Qualidade: Diagrama de Relações

Ferramentas da Qualidade: Diagrama de Relações

No artigo de hoje trazemos um tutorial sobre como elaborar um Diagrama de Relações, esta bela “nova ferramenta da qualidade”. Para isto, fomos até uma referência no assunto, o livro “The Six Sigma Way Team Fieldbook” e trouxemos um passo a passo completo sobre esta ferramenta. Já usou este diagrama na fase do “analyze” alguma vez? Não? Então mãos a obra. Se precisar de mais dicas sobre ferramentas da qualidade, confira nosso livro.

Propósito do diagrama de relações:

auxiliar na identificação da causa raiz de um problema complexo.

Aplicação do diagrama de relações:

  • Entender as relações complexas que não poderiam ser analisadas por meios de ferramentas de análise sequencial (como o Ishikawa, por exemplo).
  • Alcançar consenso entre os membros da equipe sobre as principais causas ou motivadores para investigação futura.

Instruções para a construção do diagrama de relações:

    1. Realizar um brainstorm para localizar todos os incômodos que podem contribuir para o problema. Anotar os incômodos em um flipchart ou em post-its.
    2. Ordenar e priorizar a lista de incômodos para identificar quais as causas que a equipe acredita estarem contribuindo mais para o problema.
    3. Escrever cada um dos fatores que contribuem para o problema em post-its e arranje-os em círculo em um quadro branco ou em uma cartolina.
    4. Selecione dois fatores quaisquer:

        1. Escolha qualquer um dos post-its e compare-o ao post-it ao lado. Discuta como estes contribuintes estão relacionados, se é que estão.
        2. Se você decidir que o fator descrito na primeira nota contribui ou é causa o segundo fator descrito na outra nota, faça uma flecha ligando o primeiro a segunda.
        3. Se você decidir que o fator descrito na primeira nota é afetado pelo fator descrito na segunda nota, faça uma flecha ligando o segundo fator ao primeiro.
        4. Se não houver relação entre os dois fatores, não faça ligações entre eles.
        5. Mude para a próxima nota e repita o processo. Continue trabalhando desta forma até que se tenha identificado às relações presentes em todas as notas.
        6. Faça a tabulação dos resultados por meio da contagem de quantas setas chegam ou saem de cada fator. O fator que possuir o maior número de setas saindo dele é chamado de causador principal, e possivelmente é a causa raiz dos outros problemas. Este fator merece uma investigação mais detalhada em seus efeitos e impactos.
            Um diagrama de relações é muito mais que uma ferramenta de análise para guiar e resumir discussões. Mesmo que o diagrama não se lhe forneça nenhum

      insight

        • inesperado, isto irá ajudar a sua equipe a chegar num consenso sobre quais são as causas mais prováveis que devem ser investigadas para que a melhoria no sistema ocorra.

Um diagrama de relações completo, frequentemente parece ser muito complicado para as pessoas que não estiveram envolvidas em sua criação, mas lembre-os que vocês o construíram fazendo uma seta de cada vez.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.