Pau na manchete!

Pau na manchete!

O que você faria ao ver a seguinte manchete: “Vendas de imóveis novos sobem 86,2% em agosto em São Paulo”.

Vendas de imóveis novos sobem 86,2% em agosto em São Paulo

EXAME.com – ‎há 1 hora
    

São Paulo – O número de imóveis residenciais novos vendidos na cidade de São Paulo subiu 86,2 por cento em agosto, para 3.464 unidades, no melhor resultado para o mês dos últimos quatro anos, informou o sindicato da habitação paulista, Secovi, nesta …

Quando eu olhei esta notícia, a primeira coisa que veio a minha cabeça foi: “nossa senhora, o mercado está fervendo, pegando fogo, preciso correr comprar”. Mas depois de pensar um pouco e lembrar-se do nosso último post, que falava sobre a péssima percepção que os jornalistas têm sobre variação, ponderei. Melhor fazer um gráfico de controle para verificar se este negócio tá bombando mesmo ou se é apenas mais um indicador que costuma variar bastante e, 86% nada mais é do que variação normal do processo.

Para elaborar os gráficos, dados. Estes não foram difíceis de encontrar, estão disponíveis em: https://www.secovi.com.br/pesquisas-e-indices/indicadores-do-mercado/. Como vocês já devem saber, o primeiro gráfico que sempre faço é o bom e velho gráfico de tendência (fig. 1) e depois, vou fazer alguns gráficos de controle.

Pau na manchete! 

Figura 1: Gráfico de tendência do número Imóveis Residenciais Novos da Cidade S. Paulo vendidos. (fonte: secovi)

 

 Pau na manchete!

Figura 2: Gráfico de individuais do número Imóveis Residenciais Novos da Cidade S. Paulo vendidos. (fonte: secovi)

Ao olhar o a figura 1, vejo não dá para se enxergar muita coisa. A impressão que tenho é de estabilidade no processo. A figura 2 mostra apenas duas causas especiais, ambas no mês de dezembro o que sugere sazonalidade. Melhor fazermos um gráfico X barra – S com um subgrupo de 12 para verificarmos a variação anual.

 

Figura 3: Gráfico de x barra – S do número Imóveis Residenciais Novos da Cidade S. Paulo vendidos. (fonte: secovi)

Como suspeitávamos nada de especial. Vamos analisar o retorno mensal, que foi o fato gerador da manchete alarmante que motivou esta análise (fig. 4).

 

Figura 4: gráfico de individuais da variação mensal do número Imóveis Residenciais Novos da Cidade S. Paulo vendidos. (fonte: secovi)

Como suspeitávamos! Nada de novo no reino da “bobagemlandia”.  Subir 86% em relação ao ano passado ou 106% em relação ao mês anterior pode ser considerada uma variação normal neste indicador. Mais uma vez fica a dica: analisem os dados e entendam variação. Cuidado, muito cuidado com o que leem. 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.