Penetração das TIC nas Indústrias no Brasil

Penetração das TIC nas Indústrias no Brasil

No artigo de hoje iremos falar dos indicadores da pesquisa do IBGE de 2010 sobre o setor de Tecnologia da Informação e Comunicação no Brasil. Neste estudo, o IBGE buscou pesquisar como as empresas estavam utilizando tecnologias básicas de TIC, como computador, celular e internet. O resultado da pesquisa é surpreendente. Vamos aos dados.

A figura 1 mostra a porcentagem de indústrias, de vários portes, que utilizam computadores.

 TICFigura 1: % de indústrias no Brasil que utilizam Computadores.

A figura 2 mostra a porcentagem de indústrias no Brasil que utilizam celulares.

 TIC

Figura 2: % de indústrias no Brasil que utilizam telefones celulares.

A figura 3 mostra a porcentagem de indústrias no Brasil que utilizam internet.

 TICFigura 3: % de indústrias que utilizam internet.

Pela análise das figuras 1 a 3 fica evidente a diferença na adoção de ferramentas de TIC de acordo com o porte das indústrias. Podemos destacar que o celular é a tecnologia com maior grau de adoção por parte das indústrias. O telefone ainda é o principal meio de comunicação na micro empresa.

Pela figura 3, também é possível verificar que há um campo enorme para o crescimento do uso da internet nas empresas de 01 a 09 funcionários, em que menos de 72% das empresas utilizam a tecnologia. Ao considerarmos as indústrias como um todo, vemos que há uma defasagem muito grande entre as empresas de 01 a 09 funcionários e as de 10 a 19. Este é um sinal de que mudanças nas micro empresas estão para surgir.

O que é TIC

As Tecnologias da Informação e Comunicação – TIC correspondem a todas as tecnologias que interferem e medeiam os processos informacionais e comunicativos dos seres. Ainda, podem ser entendidas como um conjunto de recursos tecnológicos integrados entre si, que proporcionam, por meio das funções de hardware, software e telecomunicações, a automação e comunicação dos processos de negócios, da pesquisa científica e de ensino e aprendizagem.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *