Backlog

Backlog, qual a importância de seu bom desenvolvimento

publicado em | atualizado em

Dentro de um projeto Scrum, o Backlog descreve uma categoria importante de tarefas que estão aguardando para serem iniciadas.

O termo faz parte da metodologia utilizada para acompanhar o desenvolvimento das atividades listadas no escopo de um projeto.

Para saber mais sobre a importância do Backlog para seus negócios, continue lendo.

O que é o Backlog no Scrum?

O que é o Backlog no Scrum?

Scrum é o nome da metodologia para planejamento e gestão ágil de projetos dentro de um ambiente de trabalho.

Dentro desse método, as atividades são organizadas em diferentes Sprints.

O Sprint define um ciclo de trabalho do projeto Scrum que busca otimizar um produto ou processo de maneira ágil, garantindo mais valor agregado ao resultado final.

Na prática, esses ciclos servem como “blocos temáticos” para melhorar o gerenciamento do trabalho.

Antes de fazer parte de um Sprint, porém, as tarefas são acumuladas em uma lista que serve como registro de tudo que precisa ser feito: o Backlog.

Os itens aqui listados precisam ser organizados por ordem de prioridade para facilitar a análise e escolha das próximas tarefas que vão ser abordadas.

Produto

Produto

O termo “Backlog” surgiu dentro da área de Tecnologia da Informação (TI) e aos poucos ganhou espaço em outras indústrias.

Hoje, podemos destacar o uso do conceito dentro das empresas que trabalham com desenvolvimento de produtos.

Para começar, é preciso entender os requisitos daquela produção para começar a elencar as atividades necessárias para concluir a entrega.

Esse trabalho acontece com o acompanhamento próximo do Product Owner, que é o indivíduo responsável por garantir que o produto será construído de modo a agregar valor.

Depois de definidas as funcionalidades do item, o registro do Backlog é feito respeitando a ordem de prioridade para cada tarefa.

Manutenção

Para além do desenvolvimento de novos produtos, o Backlog tem espaço também na manutenção, sobretudo em estratégias de Planejamento e Controle da Manutenção (PCM).

Isso porque a técnica propõe um trabalho contínuo que investe sempre em ações de vistoria e conserto para minimizar os eventos de pausa na produção em decorrência de falhas ou defeitos.

E o Backlog tem um papel importantíssimo para garantir um bom gerenciamento da manutenção.

Por isso, o ideal é que o registro de tarefas seja mantido o menor possível.

Sempre que houver um equipamento com defeito, isso significa paralisar as atividades produtivas e, consequentemente, amargar prejuízos.

Exemplos de Backlog

São diversos os exemplos possíveis de uso do Backlog – desde que foi criado na TI, seu uso se popularizou bastante em outros segmentos.

Podemos pensar em uma agência de publicidade de marketing: diariamente, os clientes encomendam campanhas e precisam ver o resultado do serviço contratado.

Aqui, o Backlog serve para gerenciar as demandas e organizá-las por prioridade para que nenhum projeto tenha sua entrega atrasada.

De maneira mais corriqueira, podemos também dar o exemplo com um restaurante: os fluxos de trabalho são alimentados pelos pedidos recebidos no salão e pelo telefone.

O Backlog, então, nada mais é do que a lista de pedidos organizada por prioridade.

Como priorizar as ações no Backlog?

Quando falamos em Backlog, parte importante de todo o trabalho está em fazer uma gestão adequada das tarefas e demandas que estão na fila.

Esse trabalho de gestão exige bom senso e reflexão para trazer para frente aquelas tarefas mais complexas e demoradas, sem que para isso seja preciso atrasar as entregas.

O ideal é criar um sistema capaz de priorizar as ações de modo a entregar os pedidos conforme os pedidos são feitos, independentemente do tempo de preparo.

Para evitar atrasos, pode ser preciso deixar algumas etapas “prontas” e assim agilizar o processo.

No fim, a intenção é cada tarefa ter seu espaço e tempo para garantir uma produção bem-equilibrada.

Ferramentas para organizar o Backlog

Quem quer utilizar o Backlog de maneira estratégica para a gestão de suas demandas tem hoje a ajuda de uma série de ferramentas.

Softwares como o Trello ajudam o profissional a organizar as suas demandas ou de sua equipe em um sistema bastante eficiente.

Aqui, cada tarefa ganha um “cartão” virtual que é movimentado no painel de controle de acordo com o andamento da atividade.

É possível criar uma coluna para atividades que estão sendo feitas, as concluídas e também aquelas que estão em espera (Backlog) para serem executadas.

Quem busca alternativas mais arrojadas, pode ainda recorrer a ferramentas como o Asana ou o Runrun.it.

Ambos serviços oferecem soluções completas para que o gestor da empresa possa inserir demandas, definir prazos de entrega, a duração aproximada e até mesmo precificar de acordo com o tempo gasto em cada atividade.

Conclusão

Viu como o Backlog é importante para organizar sua produção?

Com a método Scrum, gestores ganham um importante aliado na organização de demandas e priorização de atividades para garantir mais agilidade e eficiência na produção.

Para conhecer outros conceitos importantes para uma produção de qualidade, acompanhe sempre nosso blog!

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]
[index]
[index]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]