Confira quais os melhores cursos para profissionais de enfermagem

Se você está em busca por cursos ideais para profissionais de enfermagem, saiba que este texto é para você! Se você terminou a graduação em enfermagem, mas parou por aí, pode ser que enfrente um problema.

O mundo moderno está cada vez mais dinâmico e a área da saúde passa por descobertas tecnológicas e científicas a todo o momento, sendo necessário que o enfermeiro esteja sempre em busca de novos conhecimentos, seja no campo dos cuidados médicos ou na gestão hospitalar.

Confira abaixo algumas dicas de qualificações a curto e médio prazo que podem ajudá-lo a se destacar e se aprimorar no mercado de trabalho.

1. Metodologia Lean Six-Sigma

Cada vez mais vivemos imersos em bancos e mais bancos de informação. Mas não faz muito sentido só ter esses dados e não fazer uso deles de maneira efetiva. Se você não sabe como interpretar números, gráficos e estatísticas, pode estar desperdiçando uma oportunidade de apresentar resultados de forma clara e objetiva e, assim, fazer com que suas ideias ganhem mais força.

Percebeu que para ser um bom gestor não dá para fugir da matemática, né? Mas se você é daqueles que não gosta da área de exatas, não se preocupe, porque há soluções para minimizar esse problema. Já ouviu falar da metodologia Lean Six-Sigma? Ela é uma ferramenta que ajuda a analisar os fatores, as variáveis negativas ou positivas que podem interferir nos processos de um hospital, a fim de contribuir para a excelência no trabalho.

Tendo uma boa análise em mãos, você garante maior poder de convencimento, orientação estratégica e autonomia para tomar decisões que podem ajudar tanto na saúde do paciente quanto na gestão de uma forma geral do hospital.

2. Pós em Gestão Hospitalar

Comandar equipes, atender pacientes, fazer reuniões, lidar com emergências… Esses são só alguns dos desafios diários da rotina de um profissional da saúde. E para gerir essa dinâmica agitada de um hospital, um coordenador de enfermagem tem que ter muito mais do que bons conhecimentos na área de formação, precisa também ter competências técnicas e tecnológicas voltadas para a administração e até para a burocracia hospitalar. Esses conhecimentos podem ser adquiridos em uma pós-graduação em Gestão Hospitalar, por exemplo.

3. Treinamento em coaching

Se seu problema é melhorar a comunicação e o relacionamento interpessoal entre os diversos setores do hospital, além de se desenvolver como gestor, uma dica é investir na técnica de coaching.

Com sessões personalizadas, o treinamento é relativamente rápido e tem, entre outras, a função de estimular o autoconhecimento e aprimorar competências que garantam maior produtividade, autonomia e segurança no planejamento das estratégias e decisões necessárias para a resolução de conflitos e outras situações de emergência.

4. Curso de Gestão Tempo

Já ouviu aquele ditado que diz que “tempo é dinheiro”? Pois bem, é dinheiro, mas é também — e principalmente — qualidade de vida. Existem pessoas que se atolam nos afazeres e, em função disso, acabam minando o próprio bem-estar.

Se você está se vendo nessa situação, saiba que há cursos rápidos que podem ajudá-lo a administrar seu tempo de forma inteligente e ainda aumentar a sua produtividade no trabalho sem afetar a vivência pessoal. Muitas vezes, tudo é questão de planejamento e definição de prioridades, que podem, inclusive, ser alcançadas com a utilização de recursos tecnológicos ou com a incorporação de novas atitudes e hábitos no dia a dia.

5. Pós em Enfermagem Forense

No Brasil, essa é uma especialização que foi aprovada recentemente pelo Conselho Federal de Enfermagem. Apesar disso, já é uma área atuante e importante nos Estados Unidos desde a década de 1990.

O enfermeiro forense faz a conexão entre as questões relacionadas ao meio jurídico e as demandas da saúde. Ele deve estar apto a lidar com a assistência às vítimas das mais diversas formas de violência, sejam elas em caso de traumas físicos e psicológicos provenientes de uma agressão, acidente ou um desastre natural, por exemplo. Também é preciso ter conhecimento sobre assuntos jurídicos, recolher provas, prestar depoimentos, entre outras atividades.

Interessou-se? Então, fique de olho, pois, como é um domínio novo no nosso país, pode ser que haja grandes chances de destaque ao profissional que optar por ela.

6. Pós em Saúde Coletiva

Ao contrário de outras áreas, a especialização em saúde coletiva tem como foco não o tratamento da doença em si, mas o planejamento de ações que visem a disseminação e a prevenção dela. Também não pensa nas necessidades de um paciente específico, mas no coletivo, nas interações de um grupo social com o ambiente e no quanto essa relação pode influir positiva ou negativamente no bem-estar de uma comunidade.

O interessante é que é uma área multidisciplinar que capacita o enfermeiro e demais profissionais da saúde a lidar com um conjunto de práticas variadas que atendam e melhorem o trio saúde-doença-atenção.

Não escolha qualquer curso

Já deu para notar que as possibilidades para investir na sua carreira e garantir um diferencial no mercado de trabalho são enormes, né? Mas antes de sair por aí se inscrevendo em qualquer curso, saiba que é necessário também conferir a credibilidade e reputação da instituição responsável pela capacitação e mesmo definir as estratégias que vão garantir a sua permanência nela.

Entre as dicas úteis, está saber se a instituição é credenciada pelo Ministério da Educação (MEC) — isso no caso de você optar pela pós-graduação lato sensu ou stricto sensu. Contudo, tanto para essas especializações como para capacitações mais simples, vale também conversar com alunos que estudam ou já passaram pelo local para saber o que acham do ensino, como são as disciplinas ofertadas ou a colocação posterior para arranjar um emprego.

Você também precisa analisar qual a melhor forma de encarar o aprendizado, principalmente, por ter uma rotina corrida que pode muitas vezes influenciar na relação com os estudos. Por isso, pense bem no que é melhor para você: hoje em dia, há facilidade em encontrar cursos nas mais variadas áreas que podem ser feitos tanto de forma presencial quanto online.

Lembre- se: o importante sempre é ter objetivos claros e planejá-los a fim de que os resultados apareçam da melhor forma possível. Estabeleça, então, suas metas e quais os cursos para profissionais de enfermagem que têm mais relação com elas. Definido isso, mãos à obra!

E aí, gostou das nossas dicas? Se sim, que tal assinar nossa newsletter e ficar por dentro de outras dicas bacanas da área da enfermagem? 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *