dicas para treinar funcionários em projetos Lean Six-Sigma

Manter-se competitiva no mercado é o objetivo de toda empresa. Mas, para isso, é necessário um contínuo trabalho de criação de programas econômicos, eficientes e que garantam a qualidade do serviço oferecido. A aplicação dos projetos Lean Six-Sigma é uma ótima estratégia para que tudo isso seja possível.

Embora seja um termo que tem crescido cada vez mais no mundo empresarial, muitas pessoas ainda não sabem do que se trata. Para ajudar, vamos dar uma breve explicação do conceito e fornecer sete dicas práticas para você treinar os seus funcionários com essa metodologia, que aumenta a produtividade e qualidade dos projetos.

Está pronto para iniciar? Então, continue a leitura!

O que é o Lean Six-Sigma?

Lean, também conhecido como métodos Lean, é um conjunto de estratégias criadas para diminuir o desperdício que está associado ao fluxo de materiais e informações em todas as etapas de um processo.

Six-Sigma é um sistema maleável e amplo que objetiva a sustentação, manutenção e sucesso dos negócios empresariais.

No alfabeto grego, Sigma é uma de suas letras — além de ser uma medida utilizada na estatística. Já no mundo empresarial, a palavra faz referência à frequência com que algumas operações utilizam mais recursos do que realmente necessitam para a satisfação do cliente. Em outras palavras, a Sigma determina a taxa de desperdício de uma determinada operação.

O Lean Six-Sigma é uma ferramenta de reconhecimento internacional utilizada para aplicar e identificar melhorias nos processos empresariais, garantir menores custos em operações e potencializar lucros.

Dessa forma, uma empresa pode utilizar o Six-Sigma para determinar de forma matemática o nível de desempenho dos seus processos internos e tirar uma conclusão a partir disso.

Os projetos Six-Sigma são como uma escala de qualidade para determinar o desempenho interno do empreendimento. E para que a organização chegue num patamar de qualidade, é preciso que toda equipe esteja bem treinada e qualificada para aplicar tais estratégias. Mas como fazer isso?

Veja abaixo sete dicas para treinar funcionários em projetos Lean Six-Sigma.

1. Prepare com antecedência todo treinamento a ser aplicado

É necessário ter toda a compreensão e entendimento do objetivo do treinamento. Preparar-se com antecedência pode trazer o resultado desejado.

Trabalhe com orientações sucintas e objetivas e sempre dê a possibilidade para que todos os participantes consigam tirar as suas dúvidas e possam debater e interagir com o palestrante, dentro da proposta estabelecida.

Para que essa interação seja eficiente e com a participação de maior parte da equipe, você pode sugerir que os interessados escrevam suas dúvidas — sem precisarem se identificar — e que elas sejam respondidas ao final da palestra. Isso demonstrará um real interesse da parte do gestor para com o colaborador.

2. Saiba identificar as necessidades dos colaboradores

Conhecer os liderados e os seus pontos fortes e fracos é o segredo do sucesso de qualquer gestor. Quando falamos em treinamento, isso é ainda mais importante.

O gestor que identifica não apenas as necessidades dos colaboradores como também dos setores consegue separar e adequar cada grupo no treinamento mais indicado. Dessa forma, é possível reduzir custos desnecessários e ser muito mais eficiente na obtenção dos resultados.

3. Utilize formas variadas de treinamento

Cada pessoa tem um tipo de aprendizado, e quanto mais formas de estimular o estudo e aplicação dos cursos, maiores as chances de efetividade do treinamento.

Existem inúmeras formas alternativas de capacitação que já se mostraram bastante eficientes; por exemplo, utilização de jogos e outras formas de mídias interativas, educação a distância ou visitas ao local de trabalho dos colaboradores.

Uma das melhores formas é a criação de um miniprojeto a ser entregue ao final do curso. Assim, os colaboradores poderão aplicar no cotidiano o que estão aprendendo e descobrir rapidamente os benefícios.

Buscando formas alternativas, você pode conseguir o interesse dos funcionários que não pareciam tão dispostos com as formas mais tradicionais.

4. Tenha em mente que o aprendizado tem de ser contínuo

Os treinamentos são importantes, mas o conhecimento não pode ser aperfeiçoado se não houver continuidade. Os colaboradores precisam se manter sempre atualizados.

Não adianta aplicar um só treinamento — por mais detalhado e completo que seja — e acreditar que todos conseguiram captar a mensagem passada. E até aqueles que obtiveram o resultado esperado para o primeiro momento necessitarão de atualizações para se manterem eficazes.

Aplique treinamentos de forma regular, alternando e diversificando os grupos de colaboradores.

5. Invista em lideranças dentro das equipes

Todo time precisa de um líder. E manter um padrão Sigma dentro da empresa passa pela escolha e investimento certo nos — futuros — líderes.

O conhecimento dos funcionários é importante nessa etapa. É preciso que você identifique os líderes que surgem em cada setor e nas equipes e determine se eles estarão aptos a administrarem cargos mais elevados dentro da empresa.

Quando você identifica futuras lideranças, pode aplicar treinamentos diferenciados e aumentar o nível ao delegar tarefas, para verificar a criatividade, comprometimento e entrega de resultados. Trabalhe os pontos fortes e fracos e conclua se, de fato, serão lideranças benéficas para a equipe.

6. Incentive o repasse do conhecimento e aprendizado

Conhecimento é poder — mas é um poder que pode chegar a todos. Incentive que o entendimento obtido em cursos, treinamentos e workshops seja repassado para toda a organização.

A comunicação e troca de informações são necessárias para o crescimento, manutenção e sucesso de qualquer instituição. Além disso, com o conhecimento “espalhado”, você consegue fortalecer a empresa como um todo — setores que são mais fortes ajudam os que estão em baixa.

Uma boa dica para incentivar e ao mesmo tempo valorizar os funcionários mais dedicados é convidá-los para palestras e workshops, para debaterem e discorrerem sobre assuntos e áreas nas quais são especialistas.

7. Valorize sempre os seus colaboradores

Treinamentos não são apenas estratégias visando o crescimento do negócio; também são formas de valorizar os funcionários. Crie políticas de incentivo à capacitação e tenha regras claras para determinar a escolha.

Lembre-se, um funcionário preparado e bem treinado carregará esse conhecimento para todas as áreas e pessoas com as quais trabalhar, se tornando um multiplicador e ampliando o alcance dos treinamentos.

Agora você tem todas as ferramentas para implantar projetos Lean Six-Sigma em sua empresa e o passo a passo para treinar os seus funcionários nessa metodologia. Siga as nossas dicas e leve a qualidade e entrega dos seus projetos para um patamar superior.

Gostou do artigo? Quer saber mais sobre projetos Lean Six-Sigma e como manter a sua empresa com um padrão de qualidade elevado? Entre em contato conosco!

No votes yet.
Please wait...
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da conversa?
Deixe sua opinião! :)

Deixe uma resposta