Estatística e o Controle da Qualidade

Estatística e o Controle da Qualidade

Estatística e o Controle de Qualidade

Você já parou para pensar na variedade de marcas disponíveis para um mesmo produto? E em como é o processo de escolha do consumidor? Entre vários aspectos, a qualidade tem se tornado um dos mais importantes fatores de decisão para os consumidores. A indústria então passou a adotar diferentes métodos para o controle de qualidade, os quais foram se desenvolvendo e aprimorando cada vez mais ao longo do tempo. A estatística então se fez presente e importante ferramenta para qualquer metodologia de controle.

Economia japonesa após a 2ª Guerra Mundial

Em toda empresa, os famosos gráficos de controle são tão utilizados que não conseguimos imaginar como seria caso não existissem. Porém, tal ferramenta foi aplicada pela primeira vez em 1924, por W. A. Shewhart. Outro importante estatístico foi W. E. Deming, que a partir de 1946, ele passou a aplicar seus conhecimentos em estatística para reerguer a economia japonesa após a 2ª Guerra Mundial.

Inúmeras ferramentas de qualidade baseadas na estatística

Antes deles, o controle de qualidade existente era bastante rudimentar e focava apenas no aumento da produtividade, com pouca preocupação com a qualidade. Apenas muito tempo depois tal pensamento mudou, e se objetivou alta produtividade aliada a alta qualidade e baixos custos. Para tal pensamento, os métodos estatísticos se mostraram fundamentais. Eles são aplicados para classificar dados sobre as características de qualidade do produto e suas variações, desta forma, são utilizados para reduzir a variação dos processos, principal fonte dos defeitos, perda de qualidade e ganho de custos desnecessários. Hoje em dia, temos acesso a inúmeras ferramentas de qualidade baseadas na estatística, como o Six Sigma, por exemplo.

O que não é duro de imaginar é que ainda hoje, existem empresas que não aproveitam dessas ferramentas. O resultado disso são as empresas que vivem no clima Vietnã, com problemas surgindo a toda hora e desempenho não satisfatório no final do mês.

Para evitar tal situação, procure a EDTI que possui conhecimento aprofundado sobre diversas ferramentas e estatística para melhorar sua empresa e se diferenciar no mercado.

No votes yet.
Please wait...
3 respostas
  1. Luiz Roberto Spiller
    Luiz Roberto Spiller says:

    Caros, esta é uma ferramenta da qualidade poderosíssima, valiando especificações, desperdícios, custos, etc. Podem me manter informado deste assunto ?

    abraço / Luiz Roberto Spiller

    Rating: 5.0/5. From 2 votes.
    Please wait...
    Responder
    • admin
      admin says:

      Oi Luiz,

      Este é um assunto que dominamos. Qualquer dúvida, fique a vontade.

      Abraços

      Rating: 5.0/5. From 1 vote.
      Please wait...
      Responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] realizadas na empresa. Afinal, não basta apenas fazer eventos esporádicos para aperfeiçoar a qualidade, se ela não é tida como uma política da organização. Para ter êxito, o “Shitsuke” […]

    No votes yet.
    Please wait...

Deixe uma resposta

Quer participar da conversa?
Deixe sua opinião! :)

Deixe uma resposta