Identifique possíveis gargalos em processos

Durante a execução de um projeto, a empresa enfrenta uma série de desafios, mas qual a melhor estratégia para evitar gargalos em projetos?

Afinal, equipamentos podem falhar, conflitos surgem e colaboradores podem se desligar da empresa. Entre estes e outros cenários, estar preparado para evitar que uma falha impeça a execução de um trabalho de qualidade é fundamental. Saiba mais a seguir.

eBook: SIPOC – Ferramenta para Melhoria

O SIPOC é uma ferramenta que ajuda a identificar os elementos relevantes de um processo e com isso é possível ganhar um maior conhecimento sobre determinada atividade e identificar oportunidades de melhoria.





Capa eBook: SIPOC - Ferramenta para Melhoria

Projetos corporativos são iniciativas complexas que envolvem um grande número de profissionais. Projetos podem ter o seu sucesso afetado por vários fatores, como mencionamos no inicio deste artigo. Portanto, é importante estar preparada para identificar e mitigar qualquer fator que interfira nos objetivos de um projeto.

O que fazer para identificar gargalos em projetos

Para que a empresa não sofra com os possíveis gargalos ocasionados ao longo de projetos, é importante que o gestor saiba identificá-los. Quanto mais rápido for o rastreamento de um problema, maiores são as chances do negócio solucioná-lo antes que o impacto seja grande.

Se um fluxo de trabalho começar a apresentar um comportamento não esperado, a empresa pode estar enfrentando um gargalo em alguma parte.

Nesse momento, o desafio será rastrear a sua origem e avaliar quais são as melhores medidas para solucioná-los. Mas como fazer isso? Falaremos a seguir:

Mantenha uma visão abrangente sobre todas as rotinas

A melhor maneira de gerir um projeto é mantendo uma visão abrangente sobre todas as rotinas. Portanto adote estratégias para que seja possível acompanhar, em tempo real, o progresso de todas as atividades. Dessa forma, se algo de errado ocorrer, será mais fácil identificar os gargalos.

Mapeie todas as atividades que executadas

A melhor forma de possuir uma visão inteligente sobre as rotinas é mapeando tudo o que ocorre em cada etapa. Dessa forma, o gestor consegue avaliar o tempo gasto em rotinas, identificar quais são as demandas mais urgentes e priorizar as atividades conforme as demandas externas.

Além disso, se a lista de rotinas a serem executadas ficar muito grande, a empresa conseguirá aplicar medidas corretivas rapidamente. Dessa maneira, o número de gargalos no projeto será sempre o menor possível.

Avalie o tempo necessário para executar atividades

Com o auxílio de indicadores de performance, a empresa pode avaliar o tempo necessário para executar qualquer etapa. E se um atraso ocorrer, será mais fácil identificar o fator que o causou e, assim, evitar rotinas ineficazes nas etapas seguintes.

Como evitar que gargalos em projetos tornem-se frequentes

Planeje cada rotina

O planejamento é um ponto chave de qualquer projeto. É por meio de uma definição eficaz das rotinas que a empresa evitará gargalos, encontrará a melhor metodologia e evitará falhas. Portanto garanta que todas as etapas de um projeto estejam bem definidas assim que começar o projeto.

Nesse momento, é importante saber, também, quais são os principais riscos que podem gerar gargalos no projeto. Problemas como ausência de profissionais, demora na entrega de produtos e falhas de performance podem prejudicar a produtividade interna e gerar atrasos.

Portanto avalie tais fatores e crie medidas para que correções possam ser feitas com rapidez. É importante que o negócio esteja preparado para enfrentar problemas, impedindo que um imprevisto cause um grande impacto na produtividade do negócio.

Mantenha times integrados

Para evitar gargalos em projetos, a empresa também pode investir na colaboração entre times. Trabalhe para que cada equipe atue lado a lado, solucionando demandas e possíveis erros. Quando todos atuam em um ambiente colaborativo, a empresa consegue evitar conflitos e criar mais inovação em seus projetos internos.

Utilize a metodologia correta

A metodologia escolhida para a execução das atividades de um projeto impactará diretamente nos resultados do mesmo. Sempre que for planejar uma nova iniciativa, avalie os objetivos e requisitos básicos. Dessa forma, a metodologia escolhida será a mais adequada possível.

Nesse sentido, podemos destacar as metodologias ágeis como uma forma de tornar a rotina de trabalho mais fluída e flexível. Elas preparam o negócio para solucionar demandas com rapidez, times para atuar com mais integração e profissionais para lidarem com mudanças facilmente. Assim a companhia poderá manter uma rotina eficaz e livre de problemas.

Faça uso de um sistema de gestão de projetos

Os sistemas de gestão de projetos são ferramentas modernas para que gestores consigam acompanhar o trabalho de um time grande sem dificuldades.

Você pode conferir algumas acessando o link a seguir: Conheça as principais ferramentas  da qualidade.

Tenha planos alternativos

Identifique as ameaças do projeto e crie medidas para evitar que falhas impactem diretamente nos resultados da iniciativa. É importante que o gestor tenha um conjunto de políticas e estratégias para eliminar gargalos em projetos rapidamente.

Se um profissional faltar, por exemplo, o ideal é que o negócio possua alguém para substituí-lo rapidamente. Ao mesmo tempo, a companhia deve contar com ferramentas flexíveis, que possam ser modificadas se ocorrem mudanças nos requisitos do projeto.

Qualquer projeto pode mudar durante a sua execução. Portanto, independentemente do planejamento inicial, mantenha-se preparado para lidar com alterações a qualquer momento.

Se uma falha ocorrer, por exemplo, aplique medidas corretivas rapidamente. A demora para solucionar erros que ocasionam gargalos em projetos pode gerar grandes prejuízos em pouco tempo, as etapas futuras ficarão prejudicadas, impedindo que os profissionais possam atuar com qualidade e entregar o que foi combinado durante o planejamento.

Continue aprendendo, faça a inscrição agora em nosso curso de Green Belt!


No votes yet.
Please wait...
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da conversa?
Deixe sua opinião! :)

Deixe uma resposta