os-caminhos-para-alcancar-uma-lideranca-que-encante-os-colaboradores

Os caminhos para alcançar uma liderança que encante os colaboradores

Seu objetivo é se tornar líder? Saiba que a sua escolha é muito sábia,  pois as organizações necessitam de profissionais corajosos, inovadores, inteligentes e que saibam fazer a gestão de pessoas. No caminho rumo à liderança, você vai se deparar com diversos aspectos que podem desviar a sua atenção. Basta ter calma e segurança para manter o foco no seu objetivo, ao longo deste artigo iremos tratar sobre os vários aspectos que envolvem a liderança.

Quem se desenvolve profissionalmente na busca de uma nova oportunidade para sua carreira, como conquistar uma posição de liderança, precisa primeiramente entender a diferença entre ser chefe e líder.

É muito comum que as pessoas enxerguem essas 2 figuras sob a mesma ótica. Porém, a prática mostra que elas são completamente diferentes. Presente no imaginário popular, o chefe é visto como aquele profissional responsável pela equipe que se faz extremamente presente em nosso cotidiano.

Por esse motivo, surgiu a figura do líder, sua função é muito parecida com a do chefe, o que muda entre eles é o modo como a gestão é feita, bem como o comportamento de ambos.

O líder se tornou uma figura mais adequada às demandas atuais do mercado de trabalho em relação à gestão de pessoas, é visto como necessária dentro das organizações.

As mudanças no mercado exigem uma mudança de comportamento de todos os profissionais. Em uma realidade na qual se valoriza a gestão de pessoas, não sobrou espaço para quem julga que “manda quem pode, obedece quem tem juízo.”

 

Características comuns a um líder

Ser empático é fundamental, principalmente no ambiente de trabalho, dito isto, uma postura a qual não é recomenda, é designar tarefas sem pensar se o profissional é o mais apto para realizá-las ou não. Isso não quer dizer que você deve concordar com todas as ações que os profissionais tomam, mas sim, que deve argumentar antes de julgar alguém.

Cabe ao líder reconhecer as suas limitações e pontos positivos, isso facilita o entendimento acerca das necessidades dos outros, realize um trabalho mais coeso, no qual tudo o que ele diz se reflete em suas atitudes, o que fortalece suas relações com a equipe.

Estar à frente de uma equipe significa tomar decisões, quando são equivocadas ou não estão baseadas em dados confiáveis, podem prejudicar o negócio e comprometer a própria liderança. Os erros mais comuns acontecem por falta de conhecimento ou experiência, maus hábitos e até estresse.

O feedback é essencial para que o profissional saiba quais das suas atitudes estão corretas e aquelas que precisam ser corrigidas ou evitadas. Ele funciona como uma via de mão dupla, ou seja, o líder também precisa receber um retorno de sua equipe. Quando esse retorno, em qualquer sentido, não é dado, ele prejudica o desenvolvimento de todos.

O líder não é aquele profissional que só aparece junto da equipe para comemorar as vitórias, ele se faz presente continuamente. Portanto, dedique um tempo para criar laços com os demais profissionais. Envolva-se com o seu trabalho, mas não se esqueça de dedicar uma parte do seu dia para as suas relações.

Saiba que você tem que tomar decisões importantes e que nem sempre são populares. Imponha limites para que os demais profissionais lhe respeitem e não fiquem tentados a tirar vantagem do relacionamento com você.

Uma das principais características de uma empresa é o potencial que ela tem para crescer. Ele está diretamente ligado ao capital intelectual da equipe. Portanto, é fundamental que o líder estimule os demais profissionais a estarem sempre atualizados, você pode recomendar cursos, preparar treinamentos e conseguir descontos em capacitações.

Um dos objetivos da liderança é fazer a boa gestão de pessoas, por esse motivo, você deve valorizar o emocional da equipe, é impossível extrair produtividade de uma equipe que está com os salários atrasados, trabalha em um ambiente sem infraestrutura, e carece das ferramentas e recursos básicos.

 

Saiba os erros que devem ser evitados

A motivação tem tudo a ver com o assunto que acabamos de abordar. Além de oferecer as condições mínimas para que o trabalho possa ser realizado, é fundamental que o líder trabalhe em ações motivacionais. Ofereça benefícios compatíveis com o mercado, reconheça os esforços da equipe e atue para reter os talentos dentro da organização.

Nos casos em que um membro da equipe sai da empresa, alguns líderes acabam recrutando o substituto às pressas. Saiba que isso pode prejudicar a equipe, pois a rápida seleção abre espaço para que você traga alguém despreparado.  Antes de olhar para fora, busque a solução internamente, muitos profissionais crescem com a cultura da empresa enraizada em suas ações, tornando-se os mais indicados nos casos de substituição.

A gestão de pessoas e projetos é um desafio para os líderes que já estão atuando no mercado e aqueles em processo de formação, exigindo um nível elevado de foco e organização. Ser líder implica em assumir responsabilidades, cumprir prazos, controlar custos, contratar pessoal, negociar com fornecedores e outros mais.

A metodologia Seis Sigma combina a estratégia de gerenciamento de negócios criada pela Motorola com os conceitos da produção enxuta. O seu objetivo é otimizar o dia a dia empresarial, possibilitando a organização dos processos e rotinas de todos os envolvidos com a companhia.  Desenvolvida para eliminar os desperdícios e os obstáculos que atrapalham os processos, a Seis Sigma permite atingir uma melhora no desempenho de todos.

Na era da informação, na qual o capital intelectual das equipes dita os diferenciais competitivos entre as organizações, a Seis Sigma se torna uma ferramenta fundamental porque atua diretamente no seu conhecimento. A partir dele, será possível desenvolver estratégias para o seu crescimento e o da companhia para a qual trabalha.

As empresas buscam líderes que sejam capazes desenvolver os colaboradores, tornando as relações de trabalho mais humanas. São esses os líderes que conseguem inovar por meio do correto mapeamento, análise e melhoramento de processos.

Para atingirem o patamar desejado pelas organizações, os candidatos ao posto de líder devem antes investir em si. Por esse motivo, a metodologia Seis Sigma funciona com base na valorização do capital humano nas organizações, criando o engajamento dos colaboradores para que as relações de trabalho sejam transformadas.

Entre as outras vantagens que o Seis Sigma apresenta, destacamos o aumento do seu potencial de contratação. As empresas buscam por profissionais que estejam aptos a liderar equipes. Se você apresenta as características desejadas, bem como a certificação Seis Sigma, você aumenta suas chances de empregabilidade.

Outro aspecto que passa a ser valorizado é o seu salário, pois lembre-se que o capital intelectual se tornou vantagem competitiva. Esse diferencial curricular implica ainda na maior versatilidade de atuação, já que a aplicação do Seis Sigma pode ser usado em qualquer departamento ou tipo de negócio.

Para obter a certificação Seis Sigma, você deve buscar uma instituição de ensino especializada em cursos para o desenvolvimento de profissionais que desejam melhorar a própria atuação no mercado, como é o caso da Escola EDTI.

Gostaria de saber mais sobre nosso material e cursos disponíveis? Acesse nosso site e fique por dentro das novidades.

No votes yet.
Please wait...
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da conversa?
Deixe sua opinião! :)

Deixe uma resposta