kanban

Você sabe como implementar o sistema Kanban na sua empresa e o que ele pode fazer pelo seu negócio?

O sistema Kanban é uma metodologia de programação de compras, de produção e de controle de estoques extremamente precisa e econômica.

Ela visa aumentar a eficiência da sua produção e otimizar seus sistemas de movimentação, produção, realização de tarefas e conclusão de demandas. Pois indica aquilo que deve ser produzido, reabastecido ou comprado.

O termo “Kanban”, originado do japonês, significa cartão. Esse cartão age como um disparador da produção de centros produtivos ou materiais em estoque da sua empresa.

Também conhecido como método de gestão visual, o sistema Kanban faz parte do grupo de técnicas desenvolvidas pela Toyota dentro do modo de produção Just In Time (JIT).

Portanto, o Kanban não deve ser confundido com o Just In Time. Essa relação é comumente realizada quando a metodologia é mencionada, apesar de não estar correta.

Pode-se definir resumidamente o sistema Kanban como:

Técnica japonesa para administração de estoque que utiliza um sistema de cartões para controlar o fluxo de material, proporcionando redução de estoque, otimização do fluxo de produção, redução das perdas e aumento da flexibilidade.

Agora que você sabe o que é o sistema Kanban, está na hora de conhecer melhor os benefícios alcançados para o seu negócio e sobre a sua implementação.

Continue lendo este post e veja como o sistema Kanban pode ser perfeito para a sua empresa.

Modelos de Kanban

Antes de mais nada, você deve conhecer quais são os modelos existentes no sistema Kanban. São através deles que a ordem de produção é dada. E existem dois principais:

Kanban de requisição

Notifica os diversos setores de produção de uma linha para quando realizar determinada ação ou quando esperar pela ordem subsequente. Autoriza, assim, a movimentação de lotes entre o cliente e o fornecedor de determinado item.

Podendo, por sua vez, ser caracterizado como cartão Kanban de requisição interna ou externa à sua empresa ou em relação aos seus fornecedores.

Kanban de produção

Autoriza a fabricação ou montagem de determinado lote. Para isso, murais ou softwares de visualização são usados para que todos os funcionários envolvidos naquela linha de produção acompanhem o processo.

Os murais são normalmente divididos originalmente em três seções: To do (por fazer); Doing (em execução); e Done (concluído).

Mais seções ainda são possíveis, de acordo com a especificidade de cada atividade organizada através do Kanban.

Benefícios do sistema Kanban

Muitos são os benefícios que provam como é viável a implementação do sistema Kanban para a sua empresa.

sistema kanban pessoas

Dentre eles, são considerados principais e de maior importância:

  • aumento da capacidade produtiva e dos resultados;
  • redução do tempo ocioso da equipe;
  • sincronização e alinhamento da produção e abastecimento entre os diversos departamentos;
  • flexibilidade de programação;
  • controle em “tempo real” da situação de demanda e estoques de cada setor, material ou produto;
  • redução de custos desnecessários e perdas;
  • detecção imediata de gargalos de produção ou abastecimento;
  • detecção precoce de problemas de qualidade.

Sabendo disso, entenda como realizar a implementação do sistema Kanban na sua empresa e as precauções que deve tomar.

post it kanban

Implementação do sistema Kanban

A implementação do sistema Kanban surgiu com a complexa ideia de orientar a produção de uma empresa pelo cumprimento de tarefas.

Assim como as outras técnicas toyotistas do sistema Just in Time, o Kanban veio para modificar uma produção pautada ainda pelo modelo fordista de produção existente desde o século XX.

Com a crise de 1929, o consumo em geral caiu drasticamente e a produção industrial continuou produzindo em larga escala, em um primeiro momento.

Isso fez com que muitos produtos não fossem vendidos e começassem a encalhar nos estoques de diversas organizações, até ficarem sem um preço competitivo para a sua comercialização.

Pensando nesse cenário, os industriais japoneses se deram conta de que é de extrema importância que os setores da produção nunca entrem em descompasso.

Ou seja, não faz sentido continuar produzindo sendo que não há razão de giro ou escoamento da produção em tempo hábil para que se mantenha um ritmo normal ou acelerado.

Por isso, o foco da sua produção deveria ser deslocado para a movimentação e saída de mercadorias, e não do potencial de produção ou da capacidade de armazenamento das fábricas.

Neste contexto, o sistema Kanban é uma das características do modelo Just In Time que torna a produção da sua empresa muito mais inteligente, otimizada e menos custosa em caso de dificuldades comerciais.

A ideia é que os processos de produção do seu negócio não avancem sem necessidade ou sem o devido destino do processo posterior.

Primeiramente, você deve avaliar as suas necessidades, analisando os processos e projetos que sua empresa tem desenvolvido. E, assim, identificar aqueles que podem ser transportados para o sistema Kanban.

Para isso, você deverá montar um cronograma preciso e adequado com todas as tarefas e prazos envolvidos na produção do seu negócio.

É interessante limitar o número de atividades que podem ser feitas simultaneamente dentro de sua empresa utilizando dessa metodologia, a fim de evitar a sobrecarga de funções na sua equipe.

Caso contrário, seus colaboradores sentirão dificuldades em acompanhar todos os quadros e tarefas que precisam executar, desencadeando em uma perda de produtividade.

Por fim, você deve traçar metas de desempenho que equilibrem a capacidade de produção da sua equipe em relação desafio enfrentado pela sua organização.

Objetivos extremamente desafiadores podem afetar a motivação do grupo e representar inúmeras tarefas a serem feitas ou em execução que resultam novamente na sobrecarga.

Afinal, uma produção extremamente flexível pode se mostrar ineficiente, enquanto uma produção muito rígida pode representar claros prejuízos. Busque associar harmoniosamente essa técnica ao seu negócio.

O Kanban representa, portanto, o sistema de comunicação interna da sua empresa.

A metodologia utiliza de cores equiparadas a um semáforo: a cor verde significada que a produção está fluindo bem; o amarelo sugestiona onde deve haver maior atenção; e o vermelho significa que a situação está crítica.

Sua implementação implica em um cenário onde as várias partes do processo produtivo sejam notificadas que uma ação é necessária, desnecessária, urgente ou que pode/deve esperar por outros acontecimentos.

E isso não significa necessariamente uma produção mais lenta para o seu negócio. A sua produção acompanhará o ritmo de consumo e giro das mercadorias.

Se o consumo dos seus produtos estiver intenso, a produção acompanhará o giro, e o mesmo acontece também para o inverso.

O sistema Kanban representa certamente maior eficiência e, principalmente, um uso mais responsável e sustentável dos recursos mecânicos, humanos e financeiros da sua empresa, potencializando rendimentos.

E agora que você sabe como implementar o sistema Kanban, venha conhecer o nosso curso Green Belt e passe a liderar projetos importantes de Lean Six-Sigma, se destacando no mercado e gerando grandes resultados para a sua empresa.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.