Green Belt: quais são as habilidades necessárias?

O Lean Six Sigma já conquistou um espaço de destaque nas principais empresas do país. Sua popularidade gerou um grande aumento na demanda por profissionais Green Belt, essenciais para o bom funcionamento de qualquer projeto que aplique a metodologia.

Portanto, optar por cursos que oferecem essa certificação é uma ótima dica para quem deseja se sobressair no tão competitivo mercado de trabalho.

Neste post, vamos explicar o que é a certificação Green Belt, de que modo ela contribui para sua carreira e quais são as habilidades necessárias para alcançá-la. Continue lendo!

Por que devo investir em capacitação profissional?

A qualificação profissional é uma poderosa ferramenta para aqueles que buscam se inserir no mercado de trabalho, para os que pretendem se recolocar e até mesmo para funcionários que almejam melhorar seu posicionamento dentro de uma organização.

No entanto, vale lembrar da importância de escolher um curso de qualidade, que forneça certificado e seja reconhecido. Na hora de escolher a instituição de ensino, analise sua reputação e não tenha medo de entrar em contato para esclarecer dúvidas.

É comum escutar que a causa do desemprego não é a falta de vagas, mas a escassez de candidatos realmente capacitados e aptos a ocupá-las. De fato, é o que aponta a pesquisa feita pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). Nela, o Brasil está em terceiro lugar no ranking de países com maior dificuldade em encontrar trabalhadores qualificados.

Por isso, durante o processo de recrutamento e seleção, o destaque é do profissional que possuir um currículo recheado de cursos, especializações e certificados relevantes para seu segmento de atuação. É claro, esse não é o único fator levado em consideração, mas certamente auxilia na tomada de decisão.

A capacitação também é fundamental para quem já tem um emprego e almeja ascensão profissional. Além de torná-lo realmente competente para um cargo superior, investir em estudos demonstra ao seu líder que você é proativo, dedicado e que busca evoluir constantemente.

Um curso Green Belt, por exemplo, prepara você para liderar projetos importantes de Lean Six Sigma, com foco na geração de resultados. Entenda melhor quais são seus benefícios.

O que é a Certificação Green Belt e como ela pode me beneficiar?

Green Belt é a certificação intermediária do Seis Sigma, que capacita o profissional para elaborar e liderar projetos de melhoria dentro de uma organização. Ou seja, além das suas tarefas diárias, ele ajuda a desenvolver projetos que têm a intenção de reestruturar determinados processos internos, contribuindo para a competitividade da empresa.

Para se tornar um especialista Green Belt é preciso realizar um curso, ser aprovado no exame e apresentar um projeto de melhoria que comprove o aprendizado de todos os ensinamentos transmitidos durante as aulas. Após o líder do processo aceitar, ocorre o reconhecimento e a certificação do aluno.

Nos dias de hoje, essa certificação é pré-requisito de entrada em diversas empresas. Afinal, os negócios carecem de colaboradores bem preparados para lidar com os inúmeros desafios do dia a dia. O olhar analítico e o comportamento transformador de um Green Belt é a chave para identificar oportunidades e solucionar problemas.

Um bom curso Green Belt fará com que você se torne um líder produtivo e eficiente, que sabe analisar cenários, lidar com dados, organizar processos e gerenciar projetos que geram resultados e alto impacto positivo.

Resumindo, ser expert em uma das metodologias mais populares no mundo corporativo contemporâneo valoriza seu currículo, abrindo portas para os melhores cargos e empregos do mercado.

Quais são as habilidades de um Green Belt?

Até aqui, você deve ter notado que os Green Belts são profissionais de grande relevância em uma corporação. E, para realizarem com sucesso todas as suas tarefas, devem possuir uma série de habilidades e competências. Veja a seguir quais são as principais.

Analisar e utilizar dados corretamente

Coletar e analisar dados é o primeiro passo para a implementação de mudanças realmente efetivas. Ao conhecer o estado atual da empresa, é possível identificar pontos de melhoria e, a partir daí, definir as diretrizes dos projetos.

Um Green Belt deve saber como utilizar as ferramentas disponíveis de maneira lógica e analítica, a fim de alcançar os melhores resultados.

Criar e desenvolver soluções

Após interpretar as informações obtidas, o Green Belt percebe quais elementos exigem melhorias. Logo, ele se empenha em elaborar soluções que contemplem essas mudanças.

A fim de desenvolver um projeto inovador, bem estruturado e organizado, é necessário encontrar o equilíbrio entre o pensamento criativo e o raciocínio lógico.

Buscar melhoria contínua

Green Belts de sucesso possuem paixão pela melhoria, estão sempre questionando os processos atuais e desejam evoluir constantemente. Eles sabem como conduzir essas mudanças, e, por isso, fazem a diferença na empresa.

Devido a essa busca incessante, esse profissional não hesita na aplicação de testes, com o objetivo de conhecer o potencial impacto do projeto e identificar possibilidades de falha. Assim, consegue garantir o bom investimento do tempo, dinheiro e mão de obra.

Ter a iniciativa de implementar mudanças

O papel do Green Belt não se limita a traçar projetos de melhoria, pois também é responsável por colocá-las em prática. Por se tratar de um profissional cheio de iniciativa, não exige muita supervisão, otimizando o tempo dos seus superiores.

Além da sua proatividade, também se destaca a organização do tempo. Afinal, ele também possui suas atividades “regulares” e sabe coordená-las adequadamente aos projetos Seis Sigma.

Saber lidar com pessoas e equipes

Implementar mudanças em uma estrutura organizacional não é um processo fácil. Muitas vezes, se encontra forte resistência por parte dos colaboradores. Sendo assim, a habilidade interpessoal é indispensável para motivar e engajar a equipe.

Como líder do projeto, não basta atribuir tarefas, gerenciar o tempo e monitorar os resultados. Também é essencial compreender o fator humano, explorando os pontos fortes de cada um, sabendo ouvir, resolvendo conflitos e se comunicando de forma clara.

Caso você não tenha se identificado com todas as habilidades citadas, não se preocupe! Se deseja desenvolver as competências necessárias para liderar projetos bem-sucedidos, basta investir em um curso que ofereça um bom suporte ao aluno, disponibilize instrutores capacitados e possua credibilidade na área.

Quer investir na sua carreira e se tornar um Green Belt? Se inscreva aqui ou entre em contato conosco para saber mais sobre nossas certificações em Lean Six Sigma!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *