indicadores de desempenho

Indicadores de desempenho: qual o papel deles na tomada de decisões?

Indicadores de desempenho logístico são essenciais para qualquer tipo de negócio. Por exemplo: para um curso de pré-vestibular, um indicador pode ser a quantidade de alunos aprovados em universidades, assim como a quantidade de clientes que retornam para o estabelecimento, no caso de um restaurante. Os indicadores são métricas que quantificam a performance de algo, levando em conta um objetivo final.

Pensando nisso, a importância dos indicadores de desempenho logístico como métricas para negócios é clara, e resolvemos elaborar um artigo para ajudá-lo a entender melhor sua influência positiva nas tomadas de decisão de empresas. Além disso, vamos apresentar os principais tipos de indicadores, citando alguns exemplos para contextualizar. Tenha uma boa leitura!

Entenda o que são os indicadores de desempenho logístico

São ferramentas de gestão eficazes que têm como objetivo medir os resultados de uma empresa. Por meio deles, é possível acompanhar todas as metas traçadas, verificar se o seu fluxo de caixa está correspondendo às expectativas e medir a mudança ocorrida com relação aos indicadores financeiros passados.

De modo simples, pode-se mensurar qualquer tipo de atividade que trabalhe com valores e números reais, indo da quantidade de acessos em um site ou quantidade de produtos parados até as receitas de itens diversos ou o número de colaboradores que se desvincularam da empresa nos últimos tempos.

O objetivo final é conseguir levantar quais indicadores de desempenho são mais importantes e úteis para o seu negócio, a fim de reduzir o tempo desperdiçado acompanhando dados nada ou pouco relevantes.

Conhecidos como indicadores-chave de desempenho (Key Performance Indicator) ou, simplesmente, KPIs, trata-se, por fim, da maneira mais recomendada e eficaz de se mensurar os resultados de uma empresa. Isso ocorre porque a ferramenta considera os indicadores que são mais importantes e “abandona” aqueles que não impactam, consideravelmente, os resultados do negócio.

Conheça a utilidade dos indicadores de desempenho logístico

O sistema responsável por medir e definir como está sendo o desempenho de uma empresa será composto por um conjunto de indicadores de desempenho que serão previamente estabelecidos. Esses devem atender a demanda do negócio como um todo, cuidando da análise de dados e do alcance (ou falha) das metas estipuladas.

Para se manter uma gestão sadia, é importante que medidores sejam usados como parâmetro para servirem como um guia de novas ações. Eles indicarão o que pode, ou não, ser feito, além de apontarem o impacto que cada mudança gerou no passado.

Para resumir, a medição é primordial no processo de gestão e, para alcançar um resultado satisfatório, pode-se abusar de diversos indicadores diferentes.

Veja os tipos diferentes de indicadores de desempenho logístico

Podemos apontar o método de classificação mais comum dentre os indicadores que consideramos serem mais importantes. Confira!

Indicadores de desempenho estratégicos

São uns dos tipos de indicadores mais “influentes” e que mais merecem destaque. Eles permitem ao empreendedor ter uma ampla visão das metas e objetivos da empresa como um todo, ao mesmo tempo em que possibilitam a comparação de dados passados com resultados atuais.

Indicadores de qualidade

É comum que a qualidade esteja ligada diretamente à conformidade (ou falta dela) de um serviço ou produto que foi entregue anteriormente. Desse modo, é possível enxergar falhas nos processos de produção, prestação de serviços ou gerenciamento de um negócio.

Uma agência de turismo, por exemplo, poderia ser medida por uma pesquisa de satisfação de seus clientes. Já no caso da indústria, uma planilha de causa e efeito consegue apontar quais indicadores de qualidade são mais importantes, assim como quais problemas estão aparecendo.

Indicadores de produtividade

Como o nome mesmo diz, eles podem estar relacionados a questões de produtividade de colaboradores por hora de trabalho ou ao desempenho de uma máquina por hora de trabalho. Portanto, estão ligados, diretamente, ao uso de recursos das entregas da empresa.

Indicadores de capacidade

Esses indicadores conseguem medir a capacidade das respostas de um processo. Podemos exemplificar como indicadores de capacidade o número de produtos que são embalados por uma máquina durante um determinado período de tempo.

Indicadores de lucratividade

Não adianta ser um empreendedor preocupado com o faturamento da sua empresa e não ter dinheiro no bolso, certo? No entanto, existe uma razão para esse fenômeno ser tão comum entre os empresários. Nesse caso, indicamos que o cálculo do percentual de lucro sobre faturamento pode ajudá-lo a entender o motivo.

Esse processo deverá apontar qual é o caminho ideal que o seu negócio precisa percorrer, ou seja, quais ações gerarão melhores resultados. A falta de dinheiro ao fim do trabalho pode estar diretamente ligada aos custos da sua empresa. Um faturamento positivo não significa muito se os custos estiverem muito elevados e requer ajustes imediatos.

Indicadores de vendas

Tratando-se de uma área muito importante por envolver resultados financeiros, uma série de indicadores pode ser útil aqui, tais como: taxa de sucesso de vendas, funil de vendas, receitas por vendedor, entre outros exemplos.

Indicadores de finanças

Também dentro da área financeira, vários indicadores podem ser utilizados para apontar dados relevantes, tais como: receitas, despesas, lucro x prejuízo, lucratividade, entre outros exemplos.

Além desses indicadores, existe mais uma série deles que podem ser muito úteis, dependendo do seu nicho e dos objetivos da sua empresa. O importante é descobrir quais geram as informações mais relevantes para você e focar neles.

Compreenda como fazer uma aplicação saudável

Por fim, pode-se afirmar que os indicadores de desempenho logístico têm o objetivo final de extrair significados mais amplos de dados e números, a fim de alimentar o progresso empresarial e melhorar o acompanhamento dos planejamentos estratégicos. Eles trabalham para que os resultados pretendidos possam ser alcançados dentro do prazo estipulado.

Porém, é muito comum encontrar empreendedores no mercado que clamam por controlar suas ações, mas que acabam tornando-se escravos de uma grande quantidade de KPIs que fornecem muitas informações que não são analisadas no final das contas.

Existem aqueles que simplesmente não se importam com o desenvolvimento de análises e podem oferecer diagnósticos precisos sobre a situação da empresa em diversos setores — esses acabam por cometer os mesmos erros e espantam o sucesso.

Os indicadores de desempenho logístico estão diretamente ligados à tomada de decisões e precisam estar alinhados com os objetivos da empresa e com as estratégias dos seus membros. Esses, porém, devem estar dispostos a separar um tempo na rotina para tratar os indicadores como uma prioridade dentro do negócio.

E ai, gostou do nosso artigo? Pois aproveite, então, para conhecer nosso outro post sobre gerenciamento pela qualidade e complemente o assunto!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.