Objetivo Profissional

Defina seu objetivo profissional para o currículo e para sua carreira!

publicado em | atualizado em

Objetivo Profissional: Quando estamos à procura de uma recolocação profissional, devemos pensar no recrutador como se fosse nosso cliente para o qual estamos tentando vender um “produto”, que, no caso, é a nossa capacidade profissional.

O currículo é a descrição desse produto, que deve ser, ao mesmo tempo, objetiva e atraente. O recrutador quer encontrar alguém que se encaixe perfeitamente na descrição da vaga e atenda às necessidades da empresa. Ele recebe dezenas ou centenas de currículos e já descarta a maioria deles na primeira triagem.

Por isso, o objetivo profissional no currículo é tão importante. É um dos primeiros itens que os recrutadores observam para saber se o candidato faz sentido para determinada vaga. Neste artigo, vamos entender melhor o que é e como elaborar o objetivo profissional — no currículo e fora dele. Acompanhe!

O que é o objetivo profissional do currículo?

O que é o objetivo profissional do currículo?

De forma sucinta, o objetivo profissional deve descrever que tipo de vaga ou posição o candidato está buscando. Essa é uma informação essencial, já que deixa claro para o recrutador se aquele profissional tem ou não potencial para ocupar a vaga que ele precisa preencher.

Por isso, nunca deve ser algo como “a critério da empresa”. Além de demonstrar que o candidato não tem especialização, também indica que ele não sabe o rumo que quer dar para a sua carreira. Por isso, um bom objetivo profissional deve ser específico e viável.

Assim, se você é analista de marketing em uma organização, seu objetivo pode ser “busco oportunidade como supervisor ou coordenador na área de marketing”. Procurar vagas um nível hierárquico do que aquele que você ocupa atualmente é aceitável.

Agora, escrever “procuro colocação como diretor de marketing em uma organização de grande porte” não faz sentido. Nenhuma empresa vai contratar alguém que era analista para ser diretor e isso ainda demonstra falta de bom senso, o que provavelmente vai fazer com que você não seja selecionado para nada.

O que colocar no objetivo profissional?

O que colocar no objetivo profissional?

Já demos algumas pistas acima das características de um bom objetivo profissional: sucinto, objetivo, específico e viável. Uma dica é não colocar exatamente o cargo pretendido, por dois motivos.

O primeiro deles é que essa estrutura varia de acordo com a empresa. Em algumas, pode ser analista, coordenador, gerente, superintendente e diretor. Em outras, analista, supervisor, coordenador, gerente, gerente-executivo e diretor. Existem casos, inclusive, em que o cargo mais alto da organização é o de coordenador-executivo.

A outra razão para não colocar o cargo é porque a empresa pode não ter uma vaga especificamente naquele cargo, mas pode ter outra logo acima ou abaixo que também faça sentido para você.

Veja alguns exemplos de objetivo profissional:

  • busco uma oportunidade na área de TI, como desenvolvedor front-end;
  • procuro uma vaga como profissional de marketing, na qual possa aplicar meus conhecimentos de marketing digital e social media;
  • tenho ampla experiência como scrum master e busco uma oportunidade para atuar com gerenciamento de projetos.

Para vagas específicas

Suas chances de ser selecionado para uma entrevista aumentam se você adaptar o currículo àquela vaga específica. A razão para isso é bem simples. Como mencionamos no início deste artigo, o recrutador está em busca de um “match” perfeito para a posição que ele precisa preencher.

Assim, quanto mais o seu currículo corresponder às expectativas dele, melhor. Isso não quer dizer mentir, é claro, mas realçar aquelas competências que você tem que melhor atendem as demandas da vaga.

Por isso, uma dica importante é olhar a vaga à qual você pretende se candidatar e usar, inclusive, os mesmos termos que o recrutador colocou na descrição. Nesse caso, você pode colocar até o cargo que almeja, uma vez que o currículo foi elaborado para aquela situação específica.

Aberto a opções

Caso o currículo não seja destinado a uma posição específica, é possível ser um pouco mais abrangente, como colocamos nos exemplos acima, mas ainda é importante direcionar o que você busca.

Vamos pensar com a mente do recrutador. Imagine que você tem um e-commerce e está procurando um especialista em canais digitais. Abre a vaga e recebe 100 currículos. Entre eles está um em que o candidato diz que seu objetivo é “melhorar meus conhecimentos”. Faz sentido convocar essa pessoa para uma entrevista?

O que não colocar?

Lembre-se de que a empresa está contratando um profissional para resolver os problemas dela, e não os do candidato. É por isso que ela paga um salário para aquela pessoa.

É por isso que o objetivo profissional deve mostrar como o candidato vai ajudar a empresa, e não o contrário. Assim, como já dissemos, evite frases genéricas, seja objetivo e mostre como você pode agregar valor àquele negócio.

Objetivo profissional além do currículo

Embora tenhamos tratado até aqui de currículo, é importante destacar que o objetivo profissional vai muito além de uma folha de papel. Ele diz respeito ao planejamento da nossa carreira como um todo, aonde queremos chegar como profissionais.

Isso vale tanto para o indivíduo quanto para as empresas em relação ao desenvolvimento de seus colaboradores. Ter planos de carreira bem-estruturados são uma forma de reter talentos, reduzir a rotatividade e formar líderes que tenham o DNA da organização.

Cursos que podem ajudar a alcançar seu objetivo profissional

Quem quer ser bem-sucedido na vida profissional precisa ter em mente que o aprendizado deve continuar a vida toda. Vivemos em um mundo de crescente complexidade e no qual as mudanças ocorrem muito rapidamente, em plena era da transformação digital. Por isso, quem não se atualiza é jogado para fora do mercado rapidamente.

Existem diversos cursos de ótima qualidade e valores acessíveis que trazem conhecimento útil e podem ajudar a impulsionar sua carreira, como o plano EDTI GO Black, da escola EDTI. Ele dá acesso às certificações Six Sigma (Master Black, Black, Green e Yellow Belt), além de cursos de Lean e Certificações Especialista Lean.

As certificações Lean Six Sigma da EDTI possuem acreditação pela instituição The Council for Six Sigma Certification (CSSC), o que garante um alto padrão de qualidade, com todos os conteúdos padronizados, além de reconhecimento e validade em todo cenário internacional. São um ótimo caminho de especialização e de crescimento na carreira.

Agora você já sabe a importância do objetivo profissional tanto para o currículo quanto para a sua carreira como um todo. Para fazer um bom planejamento, observe as tendências do mercado e busque conhecimento e especialização!

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]
[index]
[index]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]