Storytelling

O que é Storytelling e como aplicá-lo?

publicado em | atualizado em

O Storytelling é tão antigo quanto a humanidade. Antes da escrita — e depois dela também —, o conhecimento era passado de geração em geração por meio de histórias que os mais velhos contavam aos mais jovens. Foi assim também que se criaram os mitos e religiões.

Esse hábito se mantém até os dias de hoje, com os adultos contando histórias para as crianças. Isso vale também para os livros de ficção. Pense em obras de fantasia, como O Senhor dos Anéis ou Harry Potter. Os autores criaram um novo universo, com personagens que têm personalidades marcantes.

O resultado é o que conhecemos: um sucesso estrondoso, cativando leitores por todo o planeta. As histórias viraram filmes e fazem parte do imaginário coletivo. Esse tipo de técnica pode ser aplicado a empresas como forma de engajar os consumidores. Funciona muito bem, desde que a história seja verdadeira e honesta.

Neste artigo, vamos explorar melhor o conceito de Storytelling e mostrar como ele pode ser aplicado aos negócios. Acompanhe!

O que é Storytelling?

O que é Storytelling?

De forma resumida, Storytelling é a arte de comunicar uma ideia, mensagem ou evento contando uma história. Isso pode ser feito tanto por meio de palavras quanto de imagens ou sons.

Dessa forma, é possível provocar sentimentos na audiência, como emoção, tristeza, paz, medo ou êxtase. O Storytelling gera vida ou significado para um cenário, criando a percepção de autenticidade.

Vamos retomar os exemplos acima. Para quem já leu os livros ou viu os filmes do Harry Potter, mesmo sendo uma história fictícia e bastante fantasiosa, o bruxinho adolescente, seus dois amigos, o vilão Voldemort, o diretor Alvo Dumbledore e outros personagens têm personalidades bastante definidas e verossímeis.

Isso ocorre porque a história deles foi muito bem-construída. Vale não somente para o que se conta com palavras, mas também com as roupas que usam e com as suas expressões faciais.

Qual o objetivo de criar um Storytelling?

Qual o objetivo de criar um Storytelling?

Vivemos na era da informação. Qualquer coisa que alguém queira saber ou aprender está à distância de um clique. Para as marcas, isso tem um lado positivo e um negativo, como em tudo na vida.

O aspecto positivo é que a tecnologia barateou e democratizou o marketing. Atualmente, qualquer empresa, por menor que seja, consegue falar, de forma bastante segmentada, com o seu próprio público. Não é mais preciso gastar enormes somas de dinheiro com um anúncio no jornal ou uma propaganda na televisão.

O lado B da história é que todo mundo está fazendo isso, o que significa que sua empresa está disputando a atenção do consumidor com todas as outras organizações. Assim, tornou-se muito mais difícil capturar a atenção do cliente em potencial.

O Storytelling é uma ferramenta poderosa para segurar a atenção do consumidor, criar uma identificação e gerar engajamento. Trata-se, portanto, de uma forma de conseguir se diferenciar no mercado e fidelizar seu público, além de criar uma identidade própria para o seu negócio.

Como o Storytelling pode impactar seu negócio?

Segundo Philip Kotler, o “pai” do marketing, conquistar um novo cliente custa de 5 a 7 vezes mais do que manter um atual. No entanto, ainda vemos no mercado muitas empresas que investem muito na captação, mas deixam a desejar no pós-venda.

Isso deixa os clientes insatisfeitos, e eles simplesmente vão embora, além de se tornarem detratores da marca. O Storytelling é uma forma de criar identificação do cliente com a marca.

É claro que, sozinho, ele não faz milagre e é preciso que a empresa cumpra o combinado com o cliente. No entanto, o Storytelling exerce uma função importante não apenas na captação de clientes, como na fidelização do público, pois cria-se uma conexão que vai além dos aspectos racionais e atinge a emoção.

Dicas para contar uma boa história

Agora, vamos ver alguns dos elementos que ajudam a contar uma história capaz de prender a atenção e criar engajamento.

Conheça o público

O Airbnb é sempre uma referência quando o assunto é Storytelling. Para isso, a empresa faz peças que conversam diretamente com o seu público e com o que eles esperam quando buscam os serviços da organização: explorar, mesmo que por poucos dias, a vida cotidiana em qualquer lugar do mundo.

Por isso, a companhia fez um Storytelling com vários posts e spots da vida de seus anfitriões para que os viajantes possam imaginar quais experiências e sensações poderão experimentar em tais locais.

Com a bandeira “pertença a qualquer lugar”, arrecadou mais de 1 milhão de dólares para ajudar a The UN Refugee Agency em 2016. Além de criar expectativas e garantir seu lugar nos planos dos viajantes, também estabelece uma conexão de valores com seu público, demonstrando seu engajamento com causas sociais. Você pode conferir o vídeo no YouTube.

O exemplo mostra que, qualquer que seja a ação de marca, ela tem que partir do conhecimento profundo de quais são os valores e desejos do público com o qual está dialogando. Esse é o coração do Storytelling.

Seja autêntico

Já houve casos em que as empresas contavam uma narrativa emocionante, que cativava o público, e depois se descobriu que a história não era bem aquela. Não há nada pior do que isso, o público se sente traído e os danos à reputação da empresa são perenes.

Por isso, conte uma história que seja autêntica e verdadeira. Nada substitui a honestidade, especialmente nos dias de hoje, em que qualquer informação pode ser facilmente verificada.

Utilize dados e fatos

“Hoje em dia, todo mundo está conectado à internet”. Será que isso é verdade? Afirmações genéricas empobrecem a sua narrativa e carecem de credibilidade. Dados e fatos ajudam a corroborar o que você está dizendo e despertam o interesse do público.

Veja como fica diferente: “no Brasil, 134 milhões de pessoas têm acesso à internet, mostrou uma pesquisa da TIC Domicílios”. Em primeiro lugar, joga por terra a ideia de “todo mundo” está online e, em segundo, traz a informação de verdade, não um lugar-comum sem comprovação.

Agora você já sabe o que é Storytelling e os benefícios que ele pode trazer para as empresas. É uma técnica muito poderosa para criar uma identidade para a sua marca, fidelizar os clientes e diferenciar sua empresa no mercado.

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]
[index]
[index]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]