como usar a gestao de projetos lean six sigma no marketing

Gestão de projetos em marketing: benefícios de aplicar a metodologia Lean Six Sigma

A otimização dos processos corporativos tornou-se fundamental no ambiente de negócios. Empresas de sucesso trabalham com ciclos de melhorias contínuas, até mesmo na gestão de projetos de marketing. Com eles, torna-se mais fácil garantir que a companhia sempre se colocará a frente da concorrência.

No cenário atual, existem diferentes metodologias e estratégias que podem ser empregadas para melhorar o ambiente de trabalho. Uma das mais tradicionais é a metodologia Lean Six Sigma. Aplicada aos projetos de marketing, ela consegue orientar os profissionais a melhorar atividades, reduzir custos e garantir que exista um nível uniforme de qualidade em todas as atividades do setor.

Em outras palavras, com o Lean Six Sigma o negócio pode otimizar as campanhas de marketing e garantir que elas tragam muitas oportunidades de venda. Se você ficou interessado e quer saber como empregar essa metodologia nas suas rotinas de gestão de projetos em marketing, veja o post a seguir!

Qual a importância de ter uma gestão eficaz nos projetos de marketing?

O marketing mudou profundamente nos últimos 20 anos. Atualmente, pessoas falam nas campanhas de publicidade de uma empresa, elas raramente falam da divulgação de propagandas em jornais e canais de televisão. Afinal, no século XXI, essa área do negócio trabalha com múltiplos canais para garantir que o cliente sempre será atingido pela marca.

Esse fator exige que empresas tenham processos de gestão de projetos de marketing muito bem estruturados. O gestor da área precisa cuidar de vários fatores para garantir que o orçamento seja bem aproveitado e os investimentos consigam trazer bons resultados.

Nesse sentido, o controle de todos os fluxos de verbas, de investimentos em impulsionamento, das mídias escolhidas e da linguagem adotada são partes diárias do trabalho do gestor. Ele é responsável por definir estes e outros fatores de tal maneira que a empresa possa gerar atenção do seu público-alvo e reconhecimento da marca.

O responsável pela gestão de projetos de marketing também atua com processos de combinação de saberes, treinamentos e demais pontos que fazem parte do dia a dia do setor. Justamente por isso, os fluxos administrativos devem ser vistos com atenção pela empresa. Más práticas nesse setor podem levar a uma grande perda de competitividade, além do aumento de desperdícios.

Se a gestão se torna falha, ela deixa de conseguir encontrar boas oportunidades de investimentos. O gestor também terá problemas para otimizar o trabalho das equipes, avaliar qual a melhor decisão tomar durante o planejamento e como os recursos serão distribuídos. Isso impactará diretamente no direcionamento das atividades e na entrega de resultados.

Uma má gestão também faz com que investimentos percam rentabilidade, assim como as equipes diminuem os seus resultados a médio e longo prazo. Vale destacar, também, que o insucesso das campanhas de marketing gera impactos diretos para o negócio.

Como consequência, as campanhas de marketing perderão efetividade. A sua capacidade de gerar receitas para a empresa e chances de novas vendas serem realizadas cairão drasticamente.

Portanto, todo negócio precisa trabalhar para dar as bases necessárias para o time de marketing ter um trabalho de alta performance. O investimento em novas tecnologias, metodologias de trabalho e estratégias de otimização do fluxo operacional é algo crucial para essa área. Ele garante que os times se mantenham alinhados com as tendências do mercado a partir de uma gestão inteligente, inovadora e com visão abrangente sobre como o seu trabalho impacta nos resultados da companhia.

O que é a metodologia Lean Six Sigma?

A metodologia Lean Six Sigma surgiu como uma forma de otimizar o planejamento de processos de manufatura. Ela trabalha com a criação de uma análise em que o gestor tenta identificar o nível de problemas no ambiente corporativo, as suas origens e os processos que podem ser executados para corrigi-los. Tudo isso com o apoio de análise de dados e processos de estatística que combinam os fundamentos do Lean Manufacturing com a Six Sigma.

A eficiência do Lean Six Sigma se dá por combinar dois fatores. A identificação das atividades estratégicas e a avaliação dos resultados obtidos com elas.

Ao identificar todas as atividades estratégicas, a empresa conseguirá filtrar dados com mais qualidade, precisão e menor custo. Além disso, será mais fácil estruturar um histórico contínuo de registros e indicadores estratégicos.

A avaliação dos resultados garante que a empresa terá uma visão ampla sobre o que pode ser feito para otimizar o ambiente de trabalho. Sempre que mudanças forem executadas, o resultado do investimento será mensurado com precisão. Dessa forma, a empresa evitará o desperdício de recursos e a diminuição da efetividade das suas campanhas de marketing.

Como a empresa pode utilizar a metodologia Lean Six Sigma no marketing?

Apesar de ser pensada originalmente para o ambiente corporativo, a metodologia Lean Six Sigma pode ser replicada facilmente no ambiente de marketing. Naturalmente, haverá uma mudança na cultura do negócio.

As decisões serão mais orientadas a dados e todos os processos passarão por processos de melhoria contínua. Isso garante que o negócio conseguirá se manter competitivo e capaz de entregar sempre os resultados esperados.

Os ganhos da metodologia Lean Six Sigma são obtidos a partir de uma matriz de análise conhecida como DMAIC (Define, Measure, Analyze, Improve, Control, ou Definir, Mensurar, Analisar, Melhorar e Controlar, em uma tradução livre). Ela garante que a otimização será inteligente e voltada para as demandas do mercado. Veja a seguir como cada nível se articula para gerar um ambiente de alta performance!

Definir

O primeiro passo para gerar melhorias no ambiente corporativo. Neste caso, a empresa deve identificar quais são os seus objetivos e como o uso do Lean Six Sigma pode auxiliar a empresa a ter melhores resultados. Isso vai da melhoria da gestão de projetos em marketing a rotinas administrativas.

Uma boa forma de avaliar o que pode ser otimizado com precisão é utilizar a técnica S.M.A.R.T (Specific, Measurable, Achievable, Relevant, Time-Based, ou, Específica, Mensurável, Alcançável, Relevante e Temporizável). A partir de tais princípios, você pode identificar um bom objetivo e evitar perder tempo em processos pouco relevantes ou que não possam auxiliar o negócio a ser mais eficaz.

Mensurar

Colete dados e faça análises do que for otimizado. Em uma avaliação da qualidade das rotinas de gestão de projetos em marketing, por exemplo, pode-se trabalhar com dados sobre entregas dentro do prazo e custos. Já em avaliações sobre o impacto das estratégias de marketing, identificar os ganhos comerciais é um bom ponto de partida.

Tome cuidado com a fonte dos dados. Eles precisam estar alinhados com as demandas da análise e serem de confiança. Além disso, busque registros atualizados, que sejam capazes de passar uma boa visão sobre a companhia.

Analisar

A análise é um ponto crucial. Com ela é possível identificar se existem correlações entre indicadores, casualidade de efeitos e gargalos. Os dados, se bem utilizados, abrirão ao gestor uma visão abrangente sobre todos os pontos que impactam no sucesso da companhia.

Não deixe de utilizar softwares de Big Data, BI e aprendizado de máquina nesse processo. Eles dão mais habilidade para o gestor avaliar onde existem problemas e o que pode ser melhorado. Além disso, é mais fácil encontrar tendências e pontos que merecem atenção e que não passariam percebidos em rotinas de análise tradicionais.

Melhorar

Com dados em mãos, o gestor deve melhorar os seus processos. Medidas precisam ser estruturadas para corrigir falhas, melhorar rotinas e garantir a redução de desperdício.

Nesse instante, vale a pena considerar a metodologia PDCA. Sigla em inglês para Planejar, Fazer, Verificar, Agir, esse princípio permite ao líder aplicar medidas corretivas a partir de passos simples e bem estruturados.

Controlar

Nesta última etapa, os resultados são avaliados e controlados. Idealmente, a rotina que foi corrigida já terá um nível de qualidade elevado e que pode gerar impactos positivos em toda a cadeia operacional.

Ainda assim, é importante ter um bom controle sobre a qualidade. Portanto, mantenha regras de ação claras, uma documentação básica acessível a todos e um suporte ativo. Isso garantirá mais qualidade para a companhia e meios para todos atingirem os resultados esperados.

Existem outros métodos para atingir os resultados esperados. Entre eles, nós podemos apontar:

  • aplique feedbacks positivos quando o time atingir os resultados esperados;
  • trabalhe lado a lado com a equipe para motivá-los;
  • tenha uma comunicação clara para gerar confiabilidade;
  • abra espaço para sugestões e testes de novas ideias;
  • integre equipes;
  • sempre invista em tecnologia;
  • comunique metas com todos.

Esses passos são simples mas fundamentais para criar um ambiente de qualidade, em que todos trabalham lado a lado por objetivos em comum. Portanto, jamais deixe de considerar fatores secundários que podem levar o time de marketing a ter projetos mais eficazes e alinhados com as demandas do mercado.

Quais os benefícios de levar a Lean Six Sigma para as estratégias de marketing?

Implantar o Lean Six Sigma para os seus projetos de marketing traz muitos benefícios. Confira os principais a seguir!

Mais confiabilidade nas decisões tomadas pelo gestor

O gestor fará decisões mais inteligentes a partir de uma cultura de análise de resultados e busca por problemas. Como consequência, as suas escolhas terão um elevado nível de confiabilidade. Todos os profissionais compreenderão por qual motivo algo foi feito e, assim, se engajarão mais facilmente para alcançar os resultados esperados.

Manutenção de uma visão de trabalho e de planejamento estratégico moldados pela busca de resultados

As rotinas de gestão estarão todas voltadas para a busca de resultados claros e objetivos. Isso traz mais agilidade e melhoria no uso dos recursos da companhia. Afinal, todos saberão exatamente o que buscar no seu dia a dia.

Maior capacidade de identificar o real impacto de cada medida de gestão tomada

O Lean Six Sigma cria uma cultura de análise de resultados no negócio. Dessa forma, as chances de a empresa tomar decisões que geram baixo impacto e não aplicar correções rapidamente cairão rapidamente. Afinal, haverá um ambiente acostumado com a busca por meios para otimizar os fluxos de trabalho de modo contínuo para aumentar a produtividade, evitar riscos e problemas.

Adoção de uma rotina de gestão movida a dados

Com a metodologia Lean Six Sigma, o negócio terá os incentivos necessários para manter uma cultura movida a dados. Levando a análise de informações para o centro das operações do empreendimento, a companhia pode inovar mais, otimizar os seus gastos, aproveitar os seus recursos e garantir alta performance.

Isso ocorre pois uma cultura de uso de dados auxilia os profissionais a terem mais insights inovadores. O número de fatores inseridos em cada tomada de decisão crescerá. Assim, tendências e oportunidades serão encontradas facilmente.

Projetos com um direcionamento mais preciso e alinhado com as demandas do mercado

As demandas do mercado mudam rapidamente. Nesse sentido, os projetos de marketing precisam se adaptar continuamente para garantir a sua viabilidade. Utilizando o Lean Six Sigma, o gestor terá mais recursos para avaliar a inadequação das campanhas com o público-alvo e, com isso, realizar mudanças que melhorem a sua efetividade.

O mercado brasileiro nunca esteve tão competitivo. Hoje empresas competem globalmente por clientes dentro e fora da Internet. A globalização trouxe um cenário de negócios internacional e, com o apoio da transformação digital, mais flexível e dinâmico.

Para aumentar o ticket médio das companhias, as estratégias de marketing tem um papel-chave. Com elas a empresa pode chegar com mais facilidade em seu público-alvo. A oferta de produtos, o anúncio de novidades e promoções é melhor direcionado e traz mais oportunidades de vendas.

A aplicação de metodologias como a Lean Six Sigma em processos de gestão de marketing, nesse cenário, pode ser vista como um investimento estratégico. Apoiada nela, a companhia conseguirá reduzir erros, aumentar a qualidade das atividades e gerar um nível elevado de performance em todos os ambientes de trabalho. Por isso o gestor deve sempre estar pronto para integrar essa metodologia em seu dia a dia e garantir que os profissionais tenham os recursos necessários para atingir as suas metas e objetivos de médio e longo prazo.

Gostou da nossa dica sobre o uso da Lean Six Sigma em campanhas de marketing? Então assine já a nossa newsletter para receber outras novidades do blog!