culturalean

Cultura Lean: Evite Desperdícios e Acelere sua Carreira!

publicado em | atualizado em

Já ouviu falar na Cultura Lean? Vivemos tempos de mudanças constantes e muito aceleradas. No entanto, apesar das ferramentas tecnológicas disponíveis e tantas outras conveniências, ainda existem muitos desafios a serem superados pelas empresas quando o assunto é eficiência.

Sabemos que muitas coisas são facilmente resolvidas com um simples apertar de botão, outras, nem tanto, principalmente quando envolvem pessoas. Nesse sentido, as companhias ainda encontram problemas para controlar operações e adotar um direcionamento mais produtivo e eficaz.

Entretanto, muitos gestores acreditam que abordagens como a Cultura Lean fornecem fórmulas interessantes para ajudar as organizações a melhorarem seus processos. Hoje, muitas instituições já usam essa metodologia de negócio com foco no cliente para adequar os procedimentos internos, garantindo que cada etapa está adicionando mais valor e, com isso, colaborando para aperfeiçoar o sistema.

Se o assunto chamou a sua atenção, continue aqui e saiba o que é Cultura Lean, seus fundamentos e benefícios para as empresas.

O que é Cultura Lean?

A Cultura Lean é um método que propõe a melhoria da produtividade nas empresas por intermédio de processos mais simplificados e voltados às novas necessidades de mercado. Ela defende a prática de eliminação de desperdícios e aprimoramento contínuo das operações na organização. 

Foi implementada pela primeira vez na indústria automobilística e sua criação é creditada à Toyota, uma vez que a marca estava em busca de uma linha de montagem mais eficaz, organizada e otimizada.

Fundamentos Lean

O conceito Lean baseia-se na maximização do valor agregado ao cliente, enquanto minimiza os desperdícios durante os processos de produção. Assim, o método já é tratado como o mais efetivo para melhorar processos e negócios.

O ponto de partida para sua definição de valor, portanto, está nas necessidades das pessoas. Dessa forma, as ações são ajustadas para que esse interesse seja atingido satisfatoriamente, mantendo a execução contínua e sempre aperfeiçoada das ações que engendraram bons resultados.

Em linhas gerais, a ideia é fazer mais, em conformidade com os anseios do cliente, usando cada vez menos espaço, tempo e recursos, sem perder de vista a qualidade. É uma maneira de focar o processo de produção nas necessidades reais das pessoas. E isso pode garantir mais agilidade na etapa de execução, que resulta em uma entrega mais célere. A consequência é notada na eliminação do desperdício, ou seja: mais, com menos e melhor.

E como tornar isso possível? Usando os fundamentos da Metodologia Lean, identificando o que o cliente verdadeiramente precisa, adequando a produção a essa necessidade. Vejamos quais são eles:

Identificar o valor para o cliente

Entendemos que o objetivo mais importante para as marcas é conseguir atender os anseios de seus clientes, afinal, é a partir dessa premissa que se chega ao tão almejado lucro. Então, nessa etapa, a compreensão clara das necessidades das pessoas é fundamental para oferecer exatamente o que elas precisam.

Mapear a cadeia de valor

Depois de identificar as necessidades do cliente, é preciso trabalhar nas etapas essenciais para o desenvolvimento do resultado por ele esperado. Isso implica em determinar minuciosamente as atividades indispensáveis ao resultado que se pretende alcançar, bem como quais delas podem ser descartadas. 

É nesse momento que os processos devem ser aprimorados, mantendo o fluxo contínuo das atividades, enquanto se detecta possíveis erros antes que o projeto seja iniciado.

Criar fluxo de valor

Após o alinhamento de valor e a definição dos processos, chega a hora de promover um fluxo das atividades com vistas a reduzir o tempo na produção, no processamento dos pedidos e nos estoques. A intenção nesse ponto é garantir um movimento que produza e distribua o bem de forma rápida e atenda as expectativas do cliente, se possível, instantaneamente.

Determinar o Pull

Nessa fase a ideia é inverter o fluxo produtivo. Mas, de que forma? As empresas deixam de “empurrar” os produtos ao cliente sem sua solicitação de compra. Em vez disso, passam a produzir com base nas demandas reais, quando os clientes é que puxam o fluxo de valor para a marca. Dessa forma, as empresas podem produzir apenas o que é pedido. Com isso, o resultado evita desperdícios, otimiza o tempo de entrega e deixa o cliente satisfeito.

Trabalhar em busca da perfeição

Uma vez estabelecidos os fundamentos acima descritos, a empresa já pode se dedicar ao aprimoramento contínuo até alcançar um estado semelhante à perfeição, conseguindo reduzir totalmente os desperdícios ao longo do processo. É nesse ponto que os envolvidos com a produção precisam saber identificar as chances de melhoria contínua e aplicá-las, sempre em prol da criação de valor ideal.

Benefícios da Cultura Lean para empresas

Seu benefícios já foram diluídos ao longo do texto, mas, é conveniente dissecá-los brevemente aqui, de maneira separada. São eles:

Evitar desperdícios

Toda vez que determinada atividade consome recursos (materiais, intelectuais ou financeiros) sem gerar valor para o cliente, isso é entendido como desperdício Lean. Sendo assim, para que um negócio obtenha sucesso, é fundamental identificar e reduzir ao máximo tais desperdícios e empreender esforços em práticas mais eficientes a fim de mudar os resultados para melhor.

Sabemos que um processo com 0% de desperdícios é algo inatingível, porém, todo o empenho é necessário para que haja melhoria de forma contínua (Kaizen). E, isso é bom para todos os envolvidos, desde a empresa, passando pelo consumidor, que se beneficia de mais qualidade até o meio ambiente por meio da economia de recursos naturais.

Essa prática começou na linha de montagem de automóveis da Toyota e, hoje, pode ser aplicada em empresas de todos os nichos e tamanhos. 

Acelerar processos

Ao eliminar os desperdícios, incluindo atividades repetitivas que não geram valor ao consumidor, é possível tornar o processo muito mais funcional. Por exemplo: é desnecessário pedir para que a equipe preencha formulários se ela pode contar com um sistema de código de barras. 

Assim, a metodologia Lean é ideal para ser empregada por organizações que pretendem reduzir custos e desperdícios, garantir níveis mais altos de qualidade para o público consumidor, além de aumentar a produtividade. 

Treinamento Lean

Expanda a eficiência da sua empresa com a Cultura Lean. Conheça a variedade de cursos na área Lean contidos no plano de assinatura EDTI GO BLACK.

Lá você encontrará:

  • Cursos de Ferramentas de melhoria;
  • Cursos de Lean;
  • Suporte de dúvidas;
  • Certificações Six Sigma;
    (Master Black, Black, Green e Yellow Belt);
  • Certificações Especialista Lean;
  • 40% de desconto nos cursos presenciais ou transmitidos;
  • Programa de pontos.

Conclusão

As mudanças pelas quais passamos nas últimas décadas transformaram por completo o panorama do mundo. Isso é válido, pelo menos quanto às ferramentas disponíveis. Nem todas as organizações já aderiram aos novos modelos de negócio, bem como à transformação digital. Contudo, a tendência é que todos passem a adotar essas ações, se quiserem sobreviver à competitividade a cada dia mais implacável.

Nesse contexto, metodologias com a Lean servem para otimizar todo o funcionamento de uma empresa e ajudar a melhorar os processos, colocando os negócios em condições de competir mais e expandir. 

E o seu negócio, está proporcionando os resultados esperados? Conheça o Gemba e saiba como a sua empresa pode adotar processos mais eficientes!

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]
[index]
[index]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]