Lean six sigma: por que é importante para o engenheiro de produção?

O Lean Six Sigma é uma metodologia de melhoria de processos projetada para resolver problemas, eliminar desperdícios e ineficiências, além de aprimorar as condições de trabalho para fornecer uma resposta melhor às necessidades dos clientes.

Ele combina as ferramentas, métodos e princípios do Lean e do Six Sigma em uma metodologia poderosa para aperfeiçoar as operações das organizações. A abordagem orientada à equipe do Lean Six Sigma é capaz de maximizar a eficiência e melhorar drasticamente a rentabilidade para empresas em todo o mundo.

Para saber como funciona o Lean Six Sigma e por que ele é tão importante para a carreira do engenheiro de produção, continue a leitura!

Como funciona o Lean Six Sigma?

Os projetos Lean Six Sigma seguem uma metodologia estruturada, baseada em cinco fases. Cada fase tem uma premissa ou pergunta organizadora que deve ser abordada. Quando a pergunta é satisfatoriamente respondida, o projeto pode prosseguir para a próxima etapa. 

As cinco fases são representadas pela sigla em inglês DMAIC — Define, Measure, Analyze, Improve, Control (definir, medir, analisar, melhorar e controlar). Entenda a seguir como cada uma delas funciona.

Fase 1: Definir

A fase da definição envolve a criação de uma Carta de Projeto para identificar os membros da equipe, selecionar o processo que será trabalhado e definir claramente os objetivos do projeto. 

A equipe identificará também os CTQs (Critical to Quality trees) para ajudar a medir o impacto do problema no cliente. Essa fase é concluída quando a equipe cria um mapa de processo que inclui as entradas e saídas do processo.

Fase 2: Medir

Aqui, a condição de linha de base é estabelecida medindo-se o desempenho atual do processo, produto ou serviço com relação aos CTQs identificados na fase de definição.

Essa fase inclui a criação e a execução de um plano de coleta de dados que forneça informações confiáveis ​​e significativas. Os dados coletados deverão indicar como o processo está se saindo e identificar a variância.

As principais ferramentas da fase de medição são:

Fase 3: Analisar

Na etapa de análise, os dados do processo e do produto são analisados ​​para determinar a verdadeira causa (ou causas) do problema que o cliente experimentou.

Muitas vezes, os dados coletados durante a fase de medição são suficientes para essa etapa. No entanto, em alguns casos, a análise apontará para uma área que requer estudo adicional e poderá ser necessário coletar outros dados. 

As principais ferramentas da fase de análise são:

  • FMEA (Análise de Modos de Falhas e seus Efeitos);
  • diagrama de dispersão;
  • regressão linear;
  • teste de hipóteses.

Fase 4: Melhorar

Durante essa fase, a solução é desenvolvida e testada. Para cada causa raiz encontrada na análise, deverá ser criada uma solução. Essa, por sua vez, será implementada por meio de um plano de ação.

É nessa etapa também que são identificados o impacto e os resultados obtidos com a implementação das melhorias.

As principais ferramentas de melhoria são:

Fase 5: Controlar

Um plano de controle é normalmente estabelecido para monitorar um processo, produto ou serviço. Ele inclui medições de limite para desempenho aceitável e medidas de ação corretiva a serem seguidas no caso de o desempenho diminuir. 

Esse plano de controle é uma das chaves para garantir que a melhoria seja permanente e que o processo não retorne ao estado anterior. Na maioria dos casos, o plano de controle incluirá controle estatístico do projeto.

Um aspecto importante do trabalho nessa fase é a atualização da documentação em processos associados, como processos de treinamento, sistemas de informações de negócios e revisão de gerenciamento. Essa etapa é concluída quando os operadores e gerentes do processo não precisam mais do suporte da equipe do projeto.

As principais ferramentas de controle são:

Por que o Lean Six Sigma é importante para os engenheiros de produção?

Os engenheiros de produção geralmente trabalham em operações complexas envolvendo muitos processos, pessoas e projetos diferentes. A utilização do Lean Six Sigma é especialmente útil para esses profissionais que supervisionam processos de fabricação em grande escala com foco em torná-los mais eficientes.

A metodologia também fornece as habilidades e o conhecimento que podem beneficiar aqueles em funções de liderança e gerenciamento em todas as profissões de engenharia. Confira algumas áreas-chave em que o Lean Six Sigma pode beneficiar um engenheiro de produção.

Redução de ineficiências

Esse é o objetivo principal do Lean Six Sigma. Embora normalmente associado à fabricação, a metodologia pode ser aplicada a qualquer processo que requeira maior eficiência.

Solução de problemas

Se a sua organização (ou aquela na qual você espera trabalhar) utiliza o Lean Six Sigma como uma ferramenta para superar os desafios além da criação de novas eficiências, a obtenção da certificação pode fornecer ainda mais benefícios. As questões em que o Lean Six Sigma se mostra aplicável incluem:

  • gerenciamento de tempo
  • melhora na fidelidade do cliente;
  • planejamento estratégico a longo prazo;
  • melhor capacidade de motivação dos colaboradores.

Maior empregabilidade

Em uma empresa privada que valoriza a meritocracia, o colaborador com as melhores ideias geralmente ganha maior destaque. Ter conhecimento da metodologia Lean Six Sigma e saber aplicá-la com eficiência fazem do profissional um bom candidato a cargos de liderança.

Combinadas, essas habilidades podem levar à promoção e a alguns dos trabalhos mais desafiadores e recompensadores para os engenheiros de produção. Também pode contribuir para torná-lo um candidato mais atraente e, consequentemente, capaz de conquistar maiores salários.

Em suma, vimos que a metodologia Lean Six Sigma, quando bem implementada, ajuda a melhorar a eficiência do processo, otimizar recursos e aumentar a satisfação do cliente enquanto melhora os lucros e reduz os custos.

Uma certificação em Lean Six Sigma fornece aos engenheiros de produção a capacidade de diminuir a variabilidade de processos, aumentar a produtividade, reduzir desperdícios e alavancar resultados. Vale lembrar que profissionais com essas habilidades estarão sempre um passo à frente dos demais.

Agora que você já sabe o que é Lean Six Sigma e como a certificação na metodologia pode alavancar sua carreira, que tal dar uma olhada no nosso curso de Lean?

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.