metas SMART

Conheça as Metas SMART e saiba como aplicá-las

publicado em | atualizado em

As metas SMART propõem um caminho bastante eficiente para quem quer alcançar seus objetivos dentro e fora do trabalho.

Com diversas aplicações possíveis, a metodologia pode ser utilizada pelo indivíduo em sua vida pessoal e profissional ou, ainda, aplicada por empresas que vão priorizar os interesses corporativos.

Seja qual for o contexto, as metas SMART certamente podem ajudar na organização e melhoria dos resultados.

O que são metas SMART?

O que são metas SMART?

As metas SMART nada mais são do que um conjunto de regras para análise e definição lógica de um objetivo.

O nome é, na verdade, uma sigla, onde cada letra representa um dos atributos necessários para se cumprir a sua meta de maneira inteligente.

Não à toa, o acrônimo forma a palavra “smart” que em inglês significa “inteligente”.

S – Specific

O primeiro atributo do método fala sobre a necessidade de ser específico em sua definição.

Aqui, é importante ser pragmático para descrever o objetivo de forma clara e bastante direta.

Portanto, atribua características específicas para a sua meta: em vez de “vender mais” você pode pensar “aumentar as vendas em 10%”, por exemplo.

M – Measurable

O segundo ponto do método SMART descreve a importância de adotar atributos mensuráveis nos seus objetivos.

De nada adianta traçar um objetivo genérico, pois, no fim você será incapaz de medir a eficácia de suas ações de melhoria.

Estude bem e escolha o indicador que melhor responde às suas necessidades atuais e que poderá te ajudar a medir os resultados no fim do processo de melhoria.

A – Attainable

Um erro que muitos gestores acabam cometendo durante seu planejamento é estabelecer metas que estão totalmente fora do alcance da equipe.

Esse tipo de escolha é capaz de acabar com todo o esforço de mudança organizacional, pois coloca a equipe para trabalhar em cima de uma meta impossível de ser atingida.

R – Relevant

Quem trabalha com gestão sabe que uma boa meta tem que ser, antes de tudo, relevante para os resultados da empresa.

É importante estudar o que de fato está atrapalhando seus resultados para escolher os objetivos mais relevantes

Lembre-se do Princípio de Pareto nesse momento: até 80% dos problemas verificados costumam ter raiz em apenas 20% das causas.

T – Time-based

Por último, mas, definitivamente não menos importante: a última letra das metas SMART reforça a necessidade de adotar datas máximas para concluir seu objetivo.

Para ser eficiente, um processo de melhoria deve sempre contar com uma deadline que vai ajudar a equipe a se organizar para a entrega naquele prazo.

Quase sempre, uma tarefa sem data de entrega é um convite para a procrastinação.

Para quê servem metas SMART

Para quê servem metas SMART

A essa altura, você já entendeu que as metas SMART podem ser bastante úteis para se organizar quanto às metas e atingir bons resultados.

De fato, a metodologia tem foco grande em melhorar as entregas, mas não é só isso.

Além de ajudar a estabelecer metas que fazem sentido dentro do contexto, SMART se mostrou uma ferramenta bastante eficaz para gestores acompanharem o andamento das atividades.

Com a ajuda de uma planilha, software ou aplicativo, é possível acompanhar o status de cada meta e propor intervenções conforme for necessário.

Qual a importância das metas SMART

A metodologia SMART ganhou enorme importância na vida das pessoas desde que foi apresentada em 1991 pela primeira vez por George Doran, então executivo da Washington Water Power.

De lá para cá, o método ganhou o mundo e seus estudos avançaram a partir da contribuição inicial de Doran.

Todo esse sucesso é justificado, pois SMART ajuda a estabelecer objetivos de maneira inteligente para que o indivíduo possa conquistar o que almeja nos campos profissional, pessoal e corporativo.

Na ausência de caminhos para desenhar metas úteis, a tendência é que as pessoas se desorganizem e acabem caindo em uma mesmice onde não existe incentivo para melhorar.

Pode parecer clichê, mas a verdade é que para quem não sabe aonde vai, qualquer linha de chegada está de bom tamanho.

Como definir metas SMART

A definição de suas metas SMART deve ser feita sempre levando em consideração os cinco elementos que compõe a sigla.

Na hora de estabelecer objetivos, o gestor precisa antes se perguntar se está sendo específico em suas demandas e se desenvolveu a ideia por meio de indicadores mensuráveis.

Ainda, a metodologia pede a reflexão sobre o quanto aquela meta é acessível, se ela de fato é relevante para a empresa e qual é o prazo máximo para a entrega.

Exemplos

Confira abaixo dois exemplos para você que ainda está na dúvida sobre como criar metas SMART na prática:

Meta: aumentar as vendas do e-commerce em 20% no próximo Natal.

S – trata de um aumento para o próximo Natal;

M – 20% de aumento em relação ao período anterior;

A – está dentro da variação normalmente apresentada pela empresa;

R – aumentar o faturamento é relevante no momento;

T – proposta em março, a meta dá espaço para a equipe de marketing se organizar.

Meta: praticar yoga diariamente por um mês.

S – especifica a atividade e a duração;

M – podemos mensurar pelo número de dias onde houve prática;

A – reservar 30 minutos por dia para a atividade está dentro das possibilidades do indivíduo;

R – a prática melhora o bem-estar e a disposição geral;

T – o período de um mês é informado.

Conclusão

Viu com as metas SMART podem ser aplicadas de maneira simples nos âmbitos pessoal ou profissional?

Com a metodologia, fica mais fácil se organizar para alcançar seus objetivos de maneira muito mais eficiente.

Para conhecer mais sobre esse e outros métodos da qualidade, continue lendo nosso blog.

[index]
[index]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]