mudança organizacional

Mudança Organizacional: Por que conhecer esse conceito tão importante?

publicado em | atualizado em

Hoje em dia, as mudanças organizacionais fazem parte da rotina das melhores empresas do mercado.

Em um mundo que se transforma em velocidade cada vez maior, as organizações também precisam saber a hora de mudar para não ficar para trás.

Entendida por muitos como uma adequação às demandas do público, a mudança nem sempre é bem aceita por toda a equipe.

Todavia, é extremamente importante ter uma gestão dinâmica que abra espaço para as transformações conforme elas se fazem necessárias.

Se esse é um assunto que te interessa, vai gostar de ler o artigo que preparamos abaixo com as informações mais importantes sobre as mudanças organizacionais.

O que é o conceito de Mudança Organizacional?

O que é o conceito de Mudança Organizacional?

Quando falamos em mudanças organizacionais, estamos nos referindo a um processo que deve ser natural na rotina de qualquer empresa.

Essas transformações podem ser planejadas ou naturalmente ocasionadas durante a passagem do tempo.

O gatilho para iniciar as ações pode ser interno, de um levantamento dos indicadores de desempenho ou, ainda, de uma demanda externa que veio de direto da clientela.

Seja qual for a natureza das modificações realizadas, elas devem ter o potencial de trazer impactos substanciais na rotina produtiva da empresa e, consequentemente, nos resultados observados.

Afinal de contas, as mudanças organizacionais devem ser entendidas como uma adequação às exigências de mercado, uma guinada no sentido de manter a empresa bem posicionada frente a seu público.

Por que a Mudança Organizacional é importante para as empresas?

Por que a Mudança Organizacional é importante para as empresas?

Quem trabalha com administração de empresas sabe bem que nenhum planejamento pode permanecer intacto por tempo indeterminado.

O bom gestor deve ser capaz de confrontar o seu plano de negócios com a realidade de mercado – que muda a todo tempo – e a viabilidade de seu modelo de negócios – que só pode ser testada de fato na prática cotidiana.

No fim, as mudanças organizacionais se justificam pela necessidade das empresas em se manterem vivas e relevantes em seus nichos.

Ao se mostrar disposta a se adequar à realidade do mercado em que está inserida, a organização se posiciona mais perto de seus clientes e mantém um relacionamento duradouro do público com a marca.

Por que um gestor deve estar familiarizado com o conceito de Mudança organizacional?

Conforme dissemos, a capacidade de se adaptar às transformações do mercado deve estar no DNA de uma boa liderança.

Imagine você que empresas grandes, como a Rede Globo, não tivessem se adaptado às mídias da nova era.

Ninguém consegue imaginar o Faustão fazendo sorteio de cartas ao vivo, e existe um motivo pelo qual as novelas e seriados não são mais vendidos em DVDs e fitas VHS.

Com esse exemplo, nós podemos entender a importância de se adaptar ao mercado e o motivo pelo qual o gestor precisa ficar ligado nas novas tecnologias e estratégias de mercado.

Assim, ele garante sua vantagem competitiva que por sua vez traz longevidade aos negócios.

Tipos de Mudança organizacional

Cada vez mais comuns no ambiente corporativo, as mudanças organizacionais podem ser classificadas em diferentes tipos.

A diferenciação acontece a partir do gatilho que iniciam a mudança, do ritmo com o qual as ações são implementadas e também a escala das transformações propostas.

Abaixo você conhece os principais tipos de mudanças organizacionais.

Incremental

Como o próprio nome sugere, a mudança incremental é aquela é incrementa algo à cultura organizacional atual da empresa, sem excluir nada das práticas atuais.

Talvez esse seja o tipo mais simples da lista, já que ocorre com maior frequência em empresas que estão adotando um novo sistema, processo ou melhorando o fluxo de trabalho para um produto.

Revolucionária

Mais radical e ousada em sua aplicação, a mudança revolucionária vem de uma necessidade de alterar profundamente os métodos e estratégias da organização.

Mais comum em empresas que já tem alguns anos de estrada, a sua aplicação propõe a substituição de diversas características da organização como modelo de negócios, quadro de funcionários, objetivo, posicionamento de marca, entre outros.

Transformacional

Assim como no caso anterior, a mudança transformacional aparece quando existe a necessidade de promover transformações profundas na empresa frente a uma crise de resultados.

Mas, a diferença aqui é que a proposta não é de descartar o que já se tem como modus operandi, apenas transformar para melhor o que já funciona, consertando os erros e gargalos do processo.

Evolucionaria

Por fim, a mudança evolucionária é aquela que garante que a empresa se adeque às demandas de mercado, sem perder sua essência ou ter problemas de adaptação.

Em geral, ela surge a partir de um problema específico e o projeto propõe um cronograma de transformações graduais para atingir seu objetivo.

Conclusão

Cada vez mais comuns, as mudanças organizacionais tem ganhado espaço dentro das empresas que almejam crescer enquanto se mantêm relevante em seus mercados.

Com mudanças acontecendo cada vez mais rápido pelo mundo todo, não é de se espantar que as companhias também precisem mudar para atender seu público da melhor maneira possível.

Nesse contexto, o conceito de mudança organizacional chega para propor uma solução.

Com diversos tipos de abordagem, a escolha por um caminho depende das necessidades verificadas pela gestão.

Conheça nosso plano de assinatura, temos um curso completo de mudanças organizacionais. Aposte na mudança você também e garanta os melhores resultados possíveis!

[index]
[index]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]