o-que-e-o-nivelamento-heijunka

O que é o nivelamento “heijunka”?

O sistema Toyota de produção apresenta diversos fundamentos, os quais abordamos diversas vezes em nosso blog. Hoje iremos focar no sistema heijunka de nivelamento.

O que é o heijunka?

O heijunka (que significa produção nivelada), traz consigo a função atrelada ao significado da palavra.

É um dos fundamentos principais do TPS (Toyota Production System), surgiu de uma necessidade de atender uma demanda para qual a Toyota não estava preparada.

No começo dos anos 50, precisavam aumentar a sua produção de caminhões para os EUA usarem na Guerra da Coréia, no entanto, havia uma falta de matérias primas e até mesmo de peças, para atender a demanda de pedido.

A solução encontrada por eles, foi pegar todos os pedidos durante um certo período, e colocá-los em um “pool”, um banco de pedidos, e desta forma nivelar sua produção.

Embora esta alternativa não torne a produção uma linha reta, os picos passam a ter uma variação menor e são mais previsíveis.

O heijunka faz com que a companhia repense como deve comprar de seu fornecedor, como projetar as máquinas e ferramentas, como desenvolver os processos de trabalho e como planejar as suas equipes.

Relação do sistema heijunka com outras ferramentas de melhoria:

É importante ressaltar que os pilares Just in Time e Jidoka estão assentados sobre uma base formada pelo conjunto: heijunka, operações padronizadas e kaizen.

O primeiro desses elementos, a operação padronizada, pode ser definido como um método efetivo e organizado de produzir, evitando perdas.

O nivelamento heijunka, como já ressaltamos na primeira parte deste artigo, realiza sua função através do sequenciamento de pedidos em um padrão repetitivo e do nivelamento das variações diárias de todos os pedidos para corresponder à demanda no longo prazo.

E o Kaizen está fortemente relacionado à operação padronizada.

A sua prática depende do contínuo monitoramento dos processos através do controle do ciclo PDCA.

Requisitos para Produção Nivelada

Para que um bom nivelamento de produção seja alcançado é importante obedecer os seguintes requisitos:

  • Nivelar os itens mais frequentes e de maior volume;
  • O ritmo de produção (takt time) e o tamanho dos intervalos de produção. (pich) devem ser estabelecidos e mantidos atualizados;
  • A frequência de produção dos itens (PTP do sistema) e o tamanho do estoque final de itens devem ser estabelecidos;
  • Os tempos de setup devem ser mantidos baixos;
  • Deve-se trabalhar com operações padronizadas;
  • Deve-se utilizar dados de controle da produção para sustentabilidade da produção nivelada.

A importância de times de qualidade nesse processo:

Equipes de trabalho com o foco direcionado a encontrar soluções para problemas em seus processos de produção, aperfeiçoando os níveis de qualidade e produtividade são de extrema importância.

Produções realizadas no menor tempo de ciclo possível para que possa atingir a demanda diária exigida em função da previsão de faturamento e em função de atendimento ao cliente.

A filosofia usada pelo heijunka, responde a necessidade imposta pelo lead time de produção.

Cabe a equipes de melhoria, estudarem forma de redução do tempos de ciclo dos recursos gargalo através da realização de melhorias em equipamentos e produtos.

A existência dessas equipes também se fazem necessárias pelo fato de muitas empresas empregarem o sistema Lean Manufacturing.

O que isso quer dizer?

Ao produzir exatamente o que o cliente pede e quando ele pede, e evitar o acúmulo de estoque, gera uma oscilação na produção.

Com o modelo misto de produção nivelada, o tempo de troca na confecção de produtos e empregando outros métodos enxutos, a planta é capaz de construir os tratores em qualquer ordem que desejar.  

Gostou de nosso conteúdo? Acompanhe nosso blog para saber mais!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *