Squads

Squads e suas funções nas organizações

publicado em | atualizado em

Que o mundo mudou parece não restar dúvida. A transformação digital chegou com uma avalanche de inovações que influenciou fortemente o comportamento das pessoas, e isso impactou as formas de trabalho, os costumes e os modelos de negócio. Em um cenário high tech despontando rapidamente foi necessário criar novas maneiras de interação, mais articuladas com essa nova realidade e, assim, surgiram os Squads.

Inicialmente, essa metodologia foi aplicada nos setores de tecnologia da informação (startups) e, depois, passou a ser adotada por diversos outros tipos de empresa, já que seu uso resultou em equipes mais produtivas, autônomas e capazes de entregas mais ágeis.

Vale dizer que a pioneira na adoção do método foi a Spotify, uma plataforma de streaming de áudio. E essa é uma forte tendência para empresas inovadoras, então, se esse tema é do seu interesse, este post é para você! Continue com a gente e saiba mais!

O que é uma Squad, afinal?

É o nome de um modelo organizacional constituído por pequenas equipes multidisciplinares responsáveis pelo desenvolvimento de projetos de maneira mais autônoma, sem um líder no comando. Isso contribui com uma comunicação mais direta, livre e eficaz.

Na formação de um Squad, pessoas de áreas diferentes podem trabalhar juntas, por exemplo: marketing, design, setor financeiro e outros. Juntos, seus integrantes cumprem tarefas determinadas com autonomia para colocar o projeto em ação por meio da habilidades e decisões conjuntas.

O modelo ganhou visibilidade no mundo das statups e se tornou um tendência mais marcante após a publicação de um vídeo pela Spotify, no qual a empresa explica o funcionamento do squad que eles mesmos usam, ressaltando os benefícios alcançados em termos de produtividade.

Como funciona a organização dos Squads

Inicialmente, uma equipe de RH pode reunir gestores de áreas distintas a fim de compreender melhor os potenciais e as competências dos colaboradores. A partir desse ponto, fica mais fácil formar os times squads em conformidade com as características mais adequadas de cada um.

Destacamos que o ideal é criar equipes que não ultrapassem 10 pessoas. Isso favorece uma organização dentro do time com mais facilidade e clareza. É sempre bom lembrar de que essas equipes podem apresentar diversas formas de trabalhar, se organizar e se comunicar entre si.

Assim, cada equipe pode decidir sobre os problemas que precisam de solução. Isso sem deixar de lado a definição dos objetivos que precisam estar alinhados às metas da organização, em relação ao projeto. Nesse sentido, as características de um squad comportam:

  • Autogerenciamento;
  • Colaboração e multidisciplinaridade;
  • Equipes pequenas;
  • Rotação de funções.

De acordo com a característica de autogestão dos squads, a figura de liderança deixa de existir e, assim, essa divisão funcional rompe com os modelos tradicionais de hierarquia que até então sempre existiram nas grandes corporações.

Mais uma vez, citamos a precursora Spotify, que apresentou os objetivos desse modelo de trabalho e como organiza suas equipes aplicando os conceitos de chapter, tribes e guilds. 

Estrutura das Squads

Chapters

Esses grupos são compostos por colaboradores da mesma área, que assumem funções semelhantes, como os designers da companhia. Esse tipo de formação permite uma troca de experiências e de ideias que induz seus integrantes à ajuda mútua.

Tribes

Tribes são diversos squads trabalhando em um único projeto. Sua formação tem o objetivo de alinhar os membros para que a comunicação ocorra de maneira fluida e eficaz.

Guilds

Esses grupos são mais independentes que os demais, uma vez que não precisam estar atrelados a habilidades nem a projetos em comum. O escopo é direcionado ao compartilhamento de aprendizados e experiências a fim de facilitar a formação dos squads multidisciplinares.

É útil esclarecer que cada um dos squad tem um coordenador de projeto (Product Owner), que atua como ponto de contato entre o grupo e a diretoria da empresa. E, ainda que esse profissional represente um coordenador, isso não significa que exista algum tipo de hierarquia nas equipes. A autonomia continua sendo uma característica fundamental dos squads.

As vantagens de trabalhar com Squads

Esse modelo de gestão oferece diversas vantagens que produzem resultados efetivos e ágeis para qualquer empresa. Veja a seguir as principais delas:

Mais autonomia para os times

Conquistar independência da alta liderança para tomar decisões é um grande passo para alcançar velocidade no desenvolvimento de projetos, e esse é um dos grandes benefícios do squad. Sem falar que esse tipo de formação de equipes costuma contar com indivíduos de alto conhecimento sobre o negócio. Por isso, são dotados de maior assertividade nas escolhas, o que favorece um desenvolvimento mais rápido em relação aos outros times da organização.

Integração maior entre os setores

Quando isso acontece, a tendência é eliminar as disputas entre os setores da empresa. Dessa forma, os conflitos reduzem muito e o entendimento a respeito das obrigações de cada membro se torna mais claro.

A realidade do squad é fazer com que os colaboradores compartilhem um objetivo em comum, assim, os atritos diminuem. Com as metas alinhadas adequadamente, as equipes conseguem entender a importância da união de seus papéis para atingir os objetivos traçados.

Entregas com conhecimento agregado

Ao contrário do modelo tradicional, ao trabalharem com informações e experiências variadas, mas, relativas ao projeto, as equipes desenvolvem uma proximidade maior com todos os pontos fracos e fortes do produto, do serviço ou do processo. E, isso possibilita uma compreensão mais profunda sobre o trabalho desenvolvido, o que resulta em entregas mais aperfeiçoadas.

Essa experiência é valiosa para o bom resultado, que passa a acontecer por meio dos conhecimentos adquiridos pelos membros das equipes. Além disso, em função de toda a dinâmica construída na formação dos squads, a velocidade das entregas acaba se tornando um elemento natural e permite o levantamento e o teste de hipóteses de forma mais rápida. Isso nem sempre se consegue obter em empresas tradicionais.

Conclusão

Mudanças são inevitáveis e, na maioria dos casos, elas trazem métodos mais eficazes para proporcionar uma vida mais confortável e dinâmica. Embora, nem sempre de forma fácil, até agora, o mundo parece estar se moldando para um modo de viver, mais simplificado, ágil e leve.

Muito ainda precisa ser feito nos ambientes de trabalho, mas, é inegável que essas novas metodologias, impulsionadas pela tecnologia, vieram para trazer melhorias indiscutíveis. Isso já é claramente perceptível até no perfil dos novos profissionais, que sempre se mostram mais livres, criativos e felizes. As novas formas de trabalhar podem ser interessantes para qualquer empresa, então, para entender melhor como essas metodologias começaram a influenciar o mundo corporativo, saiba mais sobre o Lean Product Development.

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]
[index]
[index]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]