gargalo de produção

Entenda o que é gargalo de produção e como eliminá-lo

O que é um gargalo de produção?

Todo empreendimento está sujeito a passar por vários desafios para crescer e se tornar um negócio consolidado no mercado. O gargalo de produção, por exemplo, representa o obstáculo de um sistema produtivo.

Ele pode ocorrer em diferentes etapas do processo de produção, por diversos fatores. Envolve desde um funcionário desmotivado que não produz de forma significativa para o seu setor até um problema técnico de uma máquina ou uma ferramenta essencial para o funcionamento da empresa.

Dependendo do grau de importância do obstáculo, pode diminuir consideravelmente a produtividade da linha de produção, afetando o desempenho de toda equipe, a qualidade dos produtos ou serviços e, principalmente, a rentabilidade do negócio.

A seguir, listamos algumas formas para minimizar o gargalo de produção e não ter prejuízo com o seu negócio. Vamos conferir?

Mapeie as etapas de produção

O primeiro passo para acabar com as perdas em seu negócio é identificar qual é o gargalo de produção e onde está localizado. Nesse caso, é crucial conhecer bem todas as atividades da empresa para fazer o mapeamento das etapas de produção. Isso vai facilitar o acompanhamento dos processos para descobrir em qual setor está a raiz do problema.

Após encontrar o obstáculo, avalie o grau de urgência para contorná-lo. Ou seja, analise se o gargalo identificado é um empecilho que deve ser resolvido imediatamente ou no médio e longo prazo.

Alguns gargalos de produção são mais fáceis de resolver do que outros. Um pequeno defeito de uma máquina, por exemplo, pode ser solucionado apenas com uma ação da mão de obra. Já quando o problema envolve a falta de treino adequado da sua equipe ou troca de maquinário, por exemplo, pode exigir mais tempo de planejamento e execução.

Monitore os resultados das mudanças

Após mapear todos os setores, fazer o diagnóstico e implantar medidas para contornar o problema, chegou a hora de monitorar os resultados das alterações feitas. Afinal, um empreendimento está sempre sujeito a falhas e elas podem voltar a aparecer em novas partes da cadeia produtiva.

O acompanhamento dos resultados também é uma ótima forma para checar se as ações aplicadas estão sendo bem-sucedidas. Normalmente, os medidores de performance são os mais utilizados para esse tipo de análise. Falaremos sobre eles no tópico a seguir!

Acompanhe KPIS

KPIs — indicadores-chave de desempenho — são métricas utilizadas para medir a performance da organização ou de processos. O uso de indicadores permite que o gestor faça comparações entre antigos e novos resultados do negócio e, portanto, é uma excelente maneira de descobrir onde estão os gargalos da sua produção e se as ações aplicadas estão trazendo resultados para a empresa.

Vale destacar que os KPIs também são muito utilizados pelas equipes para definir metas, medir a produtividade e premiar funcionários mais competentes, entre outros.

Conheça alguns indicadores que podem ser utilizados para medir o desempenho dos processos do seu negócio:

  • indicador de produtividade;
  • indicador de eficiência;
  • indicador de qualidade;
  • indicador de lucratividade;
  • indicador de capacidade.

Conte com a ajuda de softwares

Não há como negar a importância da tecnologia para facilitar os processos de uma empresa. E quando o assunto é o gargalo de produção, já existem diversos tipos de softwares de gestão de projetos para auxiliar o gestor e eliminar vários obstáculos espalhados na cadeia produtiva.

Com o sistema adequado, softwares modernos são capazes de fazer um maior controle das atividades empresariais, minimizar problemas relacionados à comunicação interna, além de manter o acompanhamento constante de todos os setores, o que diminui consideravelmente as chances de falhas.

Treine e capacite seus funcionários

É fundamental manter a equipe preparada para identificar certos gargalos, afinal, é ela que está em contato direto com o processo produtivo. Além de encontrar os obstáculos, os colaboradores também devem pensar em estratégias para reverter a situação, principalmente quando o grau de urgência for muito alto.

Para isso, é importante não apenas manter a equipe motivada e engajada, a partir de premiações, feedbacks e reconhecimentos, como também oferecer treinamentos presenciais ou online que a capacite a identificar de possíveis gargalos, desenvolvendo a autonomia, a produtividade e o crescimento profissional.

Monte um plano de ação

Outra maneira de minimizar os gargalos da produção é elaborando um plano de ação completo, mostrando quais ações serão tomadas para eliminar o problema encontrado. Confira a seguir o exemplo de um plano de ação simples para usar como molde:

1. saiba os seus objetivos;

2. tenha metas realistas, tangíveis e mensuráveis;

3. liste as ações que vão ser executadas;

4. crie uma representação do seu plano e exponha para a equipe;

5. acompanhe seus resultados.

Implante um sistema de automação

Uma maneira eficiente de reduzir falhas humanas e ainda contornar um possível gargalo decorrente da falta de velocidade da linha de produção é investindo em um sistema de automação.

Hoje em dia, a automação de processos pode ser utilizada em praticamente todas as etapas da rotina empresarial, podendo ser uma grande aliada na melhora do transporte de mercadorias, do controle de estoque e da comunicação entre setores e funcionários, por exemplo.

Além de eliminar os erros causados por procedimentos manuais, a automação de processos reduz a necessidade de mão de obra para processos repetitivos, economizando recursos para a empresa e permitindo que os colaboradores foquem em atividades menos operacionais e que trazem mais retorno para a organização.

Adote processos alternativos

Seguir os processos de forma linear pode não ser suficiente para evitar empecilhos que causem prejuízo para o seu negócio. Nessa hora, a melhor dica é conferir se a ordem dos procedimentos pode ser trocada para minimizar o tempo de atraso da produção. Em muitos casos, ainda é possível considerar o trabalho com duas linhas de produção ao mesmo tempo.

Visto que o gargalo de produção pode gerar desgastes em toda cadeia produtiva, causando prejuízo para o negócio, fica claro que ele deve ser identificado e corrigido o mais rápido possível. Portanto, fique atento ao nível de qualidade das etapas produtivas da sua empresa. Caso se depare com algum obstáculo, utilize os métodos citados para minimizar o problema e manter sua produção.

Gostou de aprender algumas dicas para identificar, corrigir e contornar gargalos de produção? Então, aproveite para dividir o seu conhecimento compartilhando o post com seus amigos nas redes sociais!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *