TODOS OS CURSOS DA EDTI POR R$ 169,90/MÊS.
INCLUINDO GREEN E BLACK BELT!!
Comece agora e cancele quando quiser.
QC-Story

A importância do QC-Story

por Marcelo Petenate
publicado em | atualizado em

O QC-Story é um desses termos que, se você trabalha com gestão e controle da qualidade, provavelmente já ouviu falar.

O método é bastante interessante e inova ao propor uma “tradução” do processo de melhoria contínua para o formato de uma narrativa linear, uma verdadeira história da qualidade – continue lendo para saber mais.

O que é o QC-Story?

O que é o QC-Story?

O método QC-Story tem sido amplamente utilizado pelos círculos de qualidade para documentar sua trajetória nos projetos de melhoria.

No Brasil, ele ficou conhecido como estória da melhoria da qualidade, justamente por propor a organização do processo de melhoria na forma de uma narrativa que pode ser facilmente contada para outros departamentos.

Ao se apresentar com esse tipo de organização, o QC-Story acaba sendo revolucionário em cumprir seus objetivos porque dispõe de estrutura narrativa e uma linguagem comum.

Esse formato ajuda imensamente os profissionais que trabalham em um projeto na hora de passar as informações para os gestores e outras partes interessadas no projeto.

Quais as etapas do QC-Story?

Quais as etapas do QC-Story?

Para facilitar sua implementação, o QC-Story é comumente dividido em oito etapas representando as fases necessárias para sua elaboração – confira a seguir:

Identificação do problema

O ponto de partida para aplicação do método deve ser a identificação do problema que precisa ser resolvido.

Nesse momento de relato inicial do problema é importante reafirmar seu impacto e o que faz dele uma prioridade na ordem do dia.

A etapa estará completa depois da definição do tema para o projeto de melhoria e a organização da equipe responsável.

Observação

Essa fase é reservada para a observação dos dados do fenômeno que será abordado – aqui é preciso compreender as circunstâncias atuais que levam até o problema.

Para isso, colete os dados relevantes e se possível gere com eles uma representação gráfica do cenário.

É importante estabelecer quais índices de desempenho você seguirá para estabelecer suas metas de maneira mais clara.

Análise

Seguindo adiante, a próxima etapa designa a examinação dos dados coletados anteriormente de modo a extrair dali respostas sobre o seu imbróglio.

A análise tem por objetivo levantar hipóteses de causas para o problema, testando cada uma para ver o que de fato faz sentido no contexto da empresa.

Plano de ação

O próximo passo é chamado de plano de ação porque faz exatamente isso: desenvolve um planejamento do que será executado.

Aqui, é importante pensar nas possíveis causas e ir eliminando-as uma a uma até ficar com aquelas que têm maior impacto sobre os resultados.

Nesse momento, vale lembrar do Princípio de Pareto, pelo qual se entende que apenas 20% das causas são responsáveis por 80% dos problemas.

Ação

Depois de observar tudo com atenção nos detalhes e reunir dados que te ajudem a traçar um planejamento, é chegado o momento de implementar tudo que está no plano de ação.

A execução das melhorias precisa ser estratégica, seguindo pelos caminhos indicados nas etapas anteriores para assim alcançar os melhores resultados.

Verificação

De nada adianta desenvolver um plano de ação impecável para melhorar a qualidade se o seu trabalho não for cíclico.

Dentro do QC-Story, a verificação é parte importante da narrativa.

Esse é o momento em que tudo o que foi arquitetado será colocado à prova e os índices de desempenho devem revelar se o processo de melhoria foi eficaz ou não.

Padronização

Caso a resposta para a pergunta anterior seja “sim, houve uma melhoria”, a equipe estará pronta para avançar para a próxima etapa do QC-Story.

Tudo o que foi desenhado e verificado como eficaz até aqui precisa ser padronizado nos processos, incutindo assim as mudanças na cultura organizacional da empresa.

Essa etapa é fundamental, pois é o que garante a continuidade dos bons resultados por tempo indeterminado – ou até que as circunstâncias mudem.

Conclusão

No fim, a conclusão se dá pela garantia de continuidade do mesmo.

Isso porque o processo de resolução dos problemas com foco na qualidade nunca acaba – ele deve estar voltado para uma cultura de melhoria que é contínua.

Assim, a sétima e última etapa do QC-Story acaba com o planejamento das próximas atividades e resolução dos próximos problemas.

A importância do QC-Story

Hoje em dia, é cada vez mais importante que as empresas monitorem seus processos para garantir o padrão de qualidade em todas as entregas.

A concorrência está cada vez mais acirrada e, para se destacar, é importante que a marca cultive uma boa reputação com a clientela.

Nesse contexto, o QC-Story surge como mais uma ferramenta capaz de ajudar o gestor a resolver problemas e assim conseguir ganhos contínuos de produtividade.

Além de apresentar resultados expressivos para o consumidor, a técnica ajuda também na comunicação interna da empresa ao “traduzir” as etapas do processo na forma de uma narrativa.

Conclusão

O QC-Story é uma ferramenta de resolução de problemas extremamente eficiente para promover a melhoria contínua nos processos.

Além de garantir melhores resultados, a técnica facilita também a comunicação interna da empresa por fornecer instrumentos narrativos para a organização do trabalho.

No fim, a organização ganha com maior produtividade, os clientes recebem mais qualidade e o profissional fica com a satisfação de um trabalho bem-feito.

Para aproveitar dos benefícios dessa e de outras ferramentas, siga acompanhando nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.