planejamento tatico

O que é planejamento tático e como fazer em uma empresa

publicado em | atualizado em

O planejamento tático é parte fundamental dentro de uma estratégia.

Seja para negócios ou para qualquer outra atividade, ninguém atinge objetivos sem primeiro defini-los e, principalmente, providenciar os meios adequados para chegar lá.

Pois é disso que o planejamento tático cuida.

Trata-se de uma forma de abrir caminhos, considerando os recursos disponíveis, os prazos estipulados e as metas em questão.

Nenhuma empresa ou gestor de sucesso abre mão dessa etapa fundamental ao delinear um plano, seja de negócios ou mesmo para a carreira.

Prossiga na leitura e saiba como começar a definir uma tática imbatível para atingir os seus objetivos.

O que é planejamento tático?

No meio empresarial, o planejamento de um negócio se divide em três tipos:

  • Estratégico
  • Tático
  • Operacional.

Na parte estratégica, o planejamento serve para alcançar metas de longo prazo, com foco em objetivos abrangentes e com processos geralmente não muito detalhados.

Nessa etapa, a empresa busca definir sua missão, visão e valores, além de ferramentas como a Matriz SWOT para mapear suas forças e fraquezas e também para analisar o mercado.

Como era de se esperar, o planejamento não pode parar por aqui.

É onde entra o planejamento tático, cuja principal função é antecipar os meios e recursos necessários para atingir as metas definidas na estratégia.

👉 Tudo que você precisa saber sobre Plano de Negócios!

Qual a diferença entre planejamento tático e estratégico?

A principal diferença entre o planejamento tático e estratégico é o nível de detalhamento.

Como vimos, no primeiro, a empresa ou organização traça metas gerais, sem especificar ainda como e o que fará para atingi-las.

Por sua vez, o planejamento tático serve para dar conta dos meios que serão empregados para isso.

No contexto das empresas e da gestão de projetos, isso é feito por meio da planificação dos recursos dentro de cada setor envolvido.

Dessa forma, as metas em um planejamento tático são mais específicas e pontuais, ainda que sempre apontando em direção às metas estratégicas.

Por exemplo, uma meta dentro do plano tático poderia ser a seguinte: assegurar que todos os produtos de certa linha sejam comercializados no prazo máximo de uma semana.

Qual a diferença entre planejamento tático e operacional?

Não se pode deixar de destacar a importância do último nível de um planejamento, o operacional.

Isso porque sua principal função é esmiuçar ainda mais a maneira como os objetivos táticos serão alcançados no nível das operações.

Esse é, portanto, o planejamento para o dia a dia ou, para usar um jargão industrial, para o “chão de fábrica”.

Um exemplo de meta dentro de um planejamento operacional seria contratar um novo fornecedor ou mesmo instalar um novo software de gestão.

Qual a função do planejamento tático?

Embora o desmembramento do planejamento estratégico seja fundamental para garantir os recursos para a realização dos objetivos nele definidos, há mais pontos a considerar.

Um deles é a viabilidade das metas a serem alcançadas, para a qual o planejamento tático se revela indispensável.

Ou seja, se na parte tática a empresa perceber que os objetivos estratégicos são difíceis demais de alcançar, pode ser necessária uma revisão da própria estratégia como um todo.

Portanto, ao planejar a parte tática é que podemos validar ou não um planejamento estratégico.

Exemplos de planejamento tático

O plano tático é, na verdade, um conjunto de planos a serem desenvolvidos por cada setor de uma empresa.

Desta forma, cada um deles deverá ter o seu próprio planejamento para garantir que as metas estratégicas serão alcançadas em tempo.

Por falar em tempo, em geral as metas em um planejamento tático são de médio prazo, sendo indicado de dois a três anos para sua realização.

Alguns exemplos de metas nesse sentido seriam:

  • Recursos Humanos: garantir que 90% dos funcionários tenham pós-graduação
  • Marketing: aumentar o market share em 15%
  • Logística: reduzir os sinistros em 70%.

Como fazer o planejamento tático de uma empresa?

Em razão do nível de detalhamento exigido, o planejamento tático costuma se valer de ferramentas como a 5W2H para esboçar as ações a serem realizadas.

Nesse caso, os 5W se referem a:

  • O que (what)
  • Por que (why)
  • Quando (when)
  • Quem (who)
  • Onde (where)

Por sua vez, o 2H se refere a como fazer (how) e o capital e recursos necessários para que as metas sejam alcançadas, ou seja o custo (how much, ou quanto).

Ao planejar-se taticamente, é indicado que o gestor defina alguns pontos básicos, a partir das medidas destacadas a seguir.

👉 Confira o SUPER Guia de 5S!

Conferir

O primeiro passo é conferir in loco os problemas de cada setor, de modo a fazer os ajustes necessários para que eles estejam em condições de seguir o planejamento tático.

É o momento de “arrumar a casa” para que, a partir disso, o negócio tenha as condições adequadas para alçar voos mais altos.

Desenhar

Uma vez que cada setor se qualifique para atingir as metas estratégicas, é hora de definir as medidas para que elas sejam alcançadas.

Nessa etapa, vale recorrer às reuniões do tipo brainstorming para coletar ideias e expandir as possibilidades.

Toda solução deve ser registrada para que, na etapa seguinte, as decisões sejam enfim tomadas.

Ponderar

Conhecendo as alternativas disponíveis, é hora de ponderar sobre cada uma delas, pesando seus riscos e as respectivas relações custo-benefício.

Vale, então, fazer alguns questionamentos, a fim de identificar qual é a melhor escolha entre os planos táticos esboçados.

  • Quais os riscos envolvidos?
  • Que recursos serão necessários?
  • Quão altas são as chances de sucesso?

Agir

Cumpridas as três etapas de preparação, chega então o momento de colocar o planejamento tático em prática.

Repare que, para isso, será necessário contar também com um planejamento operacional minimamente definido.

Isso porque a parte tática depende da excelência operacional, assim como a estratégia não pode prescindir da tática para ganhar forma.

Por isso, vale investir paralelamente em um planejamento financeiro para que as metas possam ser alcançadas considerando os limites orçamentários e de tempo disponíveis.

Conclusão

Um planejamento tático é o melhor caminho para colocar um negócio e até uma carreira na direção certa.

Com ele, são antecipadas importantes questões como prazos, recursos e capital necessário para atingir objetivos.

Se você quer aprender a fazer um planejamento campeão, não deixe de investir em você.

Acesse agora o guia sobre Gestão do Tempo: dicas infalíveis para manter uma rotina de estudos.

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]
[index]
[index]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]