5 livros sobre gerenciamento ágil que você precisa ler

A metodologia Scrum e o gerenciamento ágil tem sido adotados por muitas empresas que desejam obter sucesso em seus projetos. Os métodos ágeis têm uma nomenclatura própria e procuram trabalhar de uma forma mais produtiva a fim de sempre mostrar bons resultados e assegurar que a qualidade seja garantida em todos os seus processos.

De toda forma, é recomendável a leitura de alguns livros sobre gerenciamento ágil. Para aqueles que ainda não adotaram essa metodologia, é um grande passo para absorver conhecimento. Para aqueles que já conhecem e já têm familiaridade com os métodos ágeis, é uma boa forma de se atualizar e enxergar novas tendências.

Veja, abaixo, cinco livros sobre Scrum e metodologia ágil que vão fazer você melhorar as direções das suas execuções em projetos e, por consequência, aperfeiçoar os serviços que pode oferecer aos seus clientes.

1. SCRUM: a arte de fazer o dobro de trabalho na metade do tempo

Para começar nossa lista de livros sobre gerenciamento ágil, vamos apresentar um livro do homem que inventou o Scrum: Jeff Sutherland. Ele fez esse livro, junto a Ken Schwaber, em 2014, e conta como foi sua experiência na guerra do Vietnã, onde serviu pela aeronáutica americana, e como esse foi o cenário para pôr em prática sua maneira de gerenciar.

Esse livro conta também a experiência que Sutherland teve em diversas empresas, seu conhecimento sobre o Lean e como alguns aspectos da cultura japonesa influenciaram seu modo de gerenciamento. Ele é visto como uma obra que traz muita inspiração para pessoas visionárias e como um primeiro passo para aqueles que ainda não conhecem o Scrum.

2. Saia da crise

Como a qualidade é um fator muito relevante na metodologia ágil, não podemos deixar de fora, desta lista de livros sobre metodologia ágil, uma das obras que foram escritas em 1986 pelo americano William Edwards Deming, sendo considerada a mais importante para estudos e pesquisas em relação à gestão da qualidade.

Nesse livro, Deming apresenta 14 princípios que, segundo ele, podem “fazer o possível para que as pessoas trabalhem com alegria” e que serviram como grande ajuda nas mudanças que foram feitas no Japão após a guerra. Eis aqui os princípios contidos no livro:

  • constância de propósito;
  • adoção da nova filosofia;
  • fim da dependência da inspeção em massa;
  • interrupção da prática de aprovação de orçamentos apenas com base no preço;
  • melhoria contínua do sistema produtivo e de serviço;
  • instituição de treinamento no trabalho;
  • adotação e instituição de liderança;
  • afastamento do medo;
  • derrubada de barreiras entre os diversos setores de pessoal;
  • eliminação de “slogans”, exortações e metas;
  • eliminação de quotas;
  • orgulho da mão de obra;
  • estímulo à formação e ao autoaprimoramento de todos;
  • tomada de iniciativa para realizar a transformação.

Muitos o consideram um importante livro de gestão e entendem que esses princípios podem ser aplicados nos dias de hoje, contribuindo, assim, para o sucesso da empresa e para a constante melhoria que precisa ser executada dentro dela. É possível ver nele também um fator de incentivo para a busca de inovação e de criatividade dentro das organizações.

3. Fundamentos em Gestão de Projetos: construindo competências para gerenciar projetos

Na sexta edição do PMBOK, foram colocadas boas práticas para o gerenciamento de projetos com as metodologias ágeis. Essa é uma das atualizações contidas nessa sua última edição lançada, que muito chamou atenção na área de gestão de projetos. Por isso, podemos entender que o Scrum e os demais métodos ágeis já representam uma realidade dentro de grandes empresas.

Levando isso em consideração, é necessário apresentar, nesta lista de livros sobre gerenciamento ágil, esse título da autora Marly Monteiro de Carvalho, que foi lançado no segundo semestre de 2018 e que também dialoga com outros guias de orientação, como a ISO 21500 e o IPMA Competence Baseline.

O livro é considerado uma grande contribuição para estudantes e demais profissionais envolvidos na área de gestão de projetos. A obra contém estudos de casos, exercícios e reforça os conceitos de competência, maturidade e governança, além de outros princípios que podem enriquecer o conhecimento de um perito ou de um almejante da área.

4. Implementando o desenvolvimento Lean de software: do conceito ao dinheiro

Assim como o Scrum, existem outros tipos de metodologias que sempre vão aparecer em pesquisas relacionadas ou até em resultados da sua busca por livros sobre gerenciamento ágil. Kanban e Lean são dois exemplos que você pode encontrar em um desses seus momentos de estudo. Nesse livro, o leitor pode saber um pouco mais sobre os benefícios do Lean.

Criado pelo casal Mary e Tom Poppendieck, o livro traz os princípios do Lean e mostra alguns cases de pessoas que obtiveram sucesso com essa metodologia. A obra também traz técnicas que, comprovadamente, surtiram efeitos, exercícios para estimular a prática e um convite ao leitor para enxergar o quanto o desenvolvimento do seu software pode ser melhorado.

5. Scrum Essencial: um guia prático para o processo ágil mais popular

Para encerrar esta lista de livros sobre gerenciamento ágil, apresentamos, aqui, o livro do Kenneth S. Rubin, que é ideal para aqueles que já querem implementar o Scrum nos seus negócios. Ele é um guia detalhado para pessoas de diferentes cargos e mostra como pode ser aplicado para diversas finalidades.

O livro exibe um método fácil de aprendizado e revela um pouco da experiência que Rubin teve ajudando grandes empresas a obter sucesso com o Scrum. Você também vai conhecer toda a nomenclatura adotada nessa metodologia e como você pode absorver conhecimento por meio dela.

Como você percebeu, ao longo das indicações dos livros sobre gerenciamento ágil, é de extrema importância que o profissional sempre busque, nas obras, uma forma de se qualificar e ficar atento às tendências de mercado. Por meio de um assunto específico, você pode encontrar outro e enriquecer profissionalmente.

Adquirindo mais experiência e ficando familiarizado com a metodologia ágil, cada profissional nota que a qualidade é um fator de muita importância e que sua análise nunca pode ser negligenciada dentro de qualquer empresa. Para isso, ninguém deve esquecer do quão importante é o conhecimento e que devemos tê-lo em demasia.

Gostou do nosso artigo que trata dos livros sobre gerenciamento ágil? Então, não deixe de assinar nossa newsletter e acompanhar mais conteúdos como este.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.