gestor

Gestor: o que faz, habilidades e como ter sucesso na carreira

publicado em | atualizado em

Um gestor competente é um diferencial para qualquer organização.

Já passou o tempo em que as funções de liderança eram executadas pela figura de um chefe engravatado que distribuía ordens por trás de uma mesa.

Hoje, os melhores gestores não são os que simplesmente mandam e ordenam, mas os que sabem engajar e motivar as pessoas em suas equipes.

É algo que requer muito mais talento e capacitação do que simplesmente obrigar os colaboradores a executarem alguma tarefa.

Você pode ser um excelente profissional nessa área, desde que desenvolva algumas competências.

Vamos falar sobre elas neste artigo, então, se você se interessa pelo assunto, continue atento na leitura!

O que é um gestor de empresa?

Na definição da maioria dos dicionários, gestor é o mesmo que administrador ou gerente.

Ou seja, é o responsável por coordenar processos, pessoas, atividades e rotinas no contexto empresarial.

Trata-se de uma função com grande responsabilidade.

Portanto, espera-se que um gestor seja sempre bem remunerado.

Como veremos mais à frente, para ser um gestor de destaque, é preciso apresentar um conjunto de atributos pessoais e profissionais.

👉 Um deles é a proatividade, cujos segredos desvendamos neste e-book!

Qual é a diferença entre gerente e gestor?

Pelo ponto de vista da linguagem, gerente e gestor são praticamente a mesma coisa.

No âmbito das empresas, porém, essas podem ser funções relativamente distintas, dependendo do tipo de atividade e da própria cultura da organização.

Um gerente, em geral, é o profissional com tarefas de supervisão, mais ligado ao “chão de fábrica”, para usar uma expressão da indústria.

Por sua vez, a figura do gestor é mais global e se relaciona com a parte estratégica, participando da elaboração, mas também da hora de colocar tudo em prática.

O que faz um gestor?

Ainda que as funções de um gestor variem conforme a área em que atua, no geral suas atribuições são mais ou menos parecidas:

  • Definição de metas e objetivos de negócios
  • Coordenar equipes tendo em vista atingir esses objetivos
  • Avaliar se a estratégia está adequada ao contexto interno e externo (em certos casos, o gestor pode se limitar a supervisionar a aplicação da estratégia)
  • Participar da elaboração e supervisionar projetos
  • Dialogar com as instâncias superiores da empresa e diferentes stakeholders.

A lista poderia se estender indefinidamente, porém, praticamente todas as atividades do dia se encaixam em uma das categorias acima.

E o que faz um gestor de qualidade?

A qualidade total é uma verdadeira “obsessão” para a maioria das empresas de ponta.

Para alcançá-la, é necessário cumprir com uma série de exigências, conforme os princípios que constam na “bíblia” do setor, o Guia PMBOK.

Outra referência são as normas ISO, cuja chancela mais importante é o selo ISO 9001.

Além disso, um gestor de qualidade precisa pautar o seu trabalho em diversas obras, recomendações e métodos para ser bem sucedido.

É ele ou ela quem se responsabiliza, por exemplo, por verificar se os processos estão em conformidade e se os padrões de qualidade determinados estão sendo seguidos.

Quanto ganha um gestor

Ser um gestor implica assumir uma série de responsabilidades e, por isso, é esperado que quem assuma esse cargo tenha um salário compatível com o peso da função.

Isso se confirma quando consultamos as principais referências em termos de mercado de trabalho.

No portal Glassdoor, por exemplo, estima-se que o salário médio de um gestor seja de cerca de R$ 6.248,00 mensais.

Já na Catho, o salário de um gerente está estimado em uma faixa de R$ 5.072,01, em média.

Por fim, no Educa Brasil, temos uma distribuição dos salários médios de um gestor conforme os estágios na carreira. 

Ele pode começar ganhando cerca de R$ 1.707,51, se contratado por uma pequena empresa, podendo chegar a R$ 7.045,18, quando assume um cargo de nível master em uma grande corporação.

Como ser um bom gestor: 6 habilidades

Uma coisa é certa quando se trata de gestores: esse é um tipo de profissional que não se improvisa.

Para exercer bem a função, é preciso dominar algumas soft skills essenciais e, é claro, se dedicar muito para aprender os segredos da profissão.

Confira a seguir seis destas habilidades.

👉 E-book: Gestão de Projetos Lean

1. Profissionalismo

Não faz sentido, mas existem muitos gestores pouco profissionais.

Embora tenham até formação e competências para o cargo, eles se destacam negativamente por trabalharem conforme critérios pessoais, alguns obscuros.

Portanto, acabam ignorando um princípio básico do profissionalismo, que é a impessoalidade.

Ainda que esse tipo de gestor até consiga extrair benefícios com isso, essa é uma postura arriscada e que pode comprometer sua carreira de forma irreversível.

Então, independentemente das circunstâncias, seja sempre profissional e você será lembrado como um bom gestor.

2. Liderança

Engana-se quem pensa que liderar é apenas distribuir ordens como uma entidade superior no conforto de um escritório.

Hoje, as empresas buscam contratar gestores que, além de comandar, saibam também botar a mão na massa.

Essa é uma das características principais de um verdadeiro líder: saber conduzir um grupo de pessoas, mostrando na prática como se faz, sempre que necessário.

👉 Saiba como se tornar um líder melhor com este e-book sobre Liderança Lean!

3. Empatia

Uma soft skill, ou seja, uma habilidade comportamental desejável para todo gestor, é a capacidade de desenvolver empatia.

Com isso, ele é capaz de entender o que se passa na mente de um colaborador sempre que precisa desempenhar uma função delegada.

Assim, é possível detectar quem são as pessoas mais aptas e competentes para exercer certos cargos, e quem são aquelas que não estão na melhor forma.

4. Vontade de aprender

Bons gestores também se caracterizam por uma sede de aprendizado insaciável.

Além de ser uma qualidade louvável por si só, ela se encaixa na metodologia Lean, uma das mais praticadas pelas empresas líderes em seus segmentos em todo o mundo.

O sentido de aprendizado está ligado a outra qualidade pessoal, a humildade.

Portanto, quem é capaz de aprender é quase sempre uma pessoa humilde e aberta a conhecer e assimilar novos saberes e experiências.

5. Senso estratégico

Um gestor de mão cheia sabe que, antes de agir, é preciso pensar.

Por isso, os profissionais de destaque também se caracterizam por apresentar um forte senso estratégico em suas atividades.

Eles são capazes de elaborar todo um planejamento para dar conta de seus objetivos e das equipes que lideram.

Com isso, minimizam riscos, potencializando as chances de sucesso na maioria de suas empreitadas.

6. Agilidade nas decisões

Por outro lado, ser estratégico e ponderado não é o mesmo que ser lento ao tomar decisões.

Logo, além de estratégico, um gestor competente deve ser capaz de decidir com agilidade e firmeza sempre que a situação assim exigir.

Como ser um gestor de sucesso

Tendo em conta as qualidades de um bom gestor que acabamos de destacar, o sucesso nessa carreira fica condicionado a algumas iniciativas e comportamentos.

Veja a seguir 5 delas e comece a aplicá-las hoje mesmo em sua carreira.

Aprenda continuamente

Líderes que aprendem continuamente estão muito mais preparados para lidar com imprevistos e mudanças de percurso.

Eles se tornam também mais resilientes, pois adquirem a confiança tranquila daqueles que sabem que sempre podem se desenvolver em suas habilidades.

Invista em conhecimento

O aprendizado acontece em duas esferas: tácita e explícita.

Na primeira, o conhecimento é passado por meio da experiência que, como tal, é mais difícil de ser decodificada.

Já o conhecimento explícito é aquele que consta nos livros, manuais e registros escritos sendo, por isso, mais acessível, embora também exija aplicação.

Seja qual for o nível, um gestor qualificado precisa investir em ambas as frentes para ter uma carreira sólida.

Conheça novas ferramentas e metodologias

Por falar em conhecimento explícito, uma das formas de se desenvolver nessa esfera é fazer cursos que o habilitem a operar novas ferramentas.

O mesmo se aplica aos métodos de trabalho, que podem ser sempre aprimorados com novas técnicas e conceitos.

A propósito, essa é uma postura alinhada aos princípios Kaizen, uma das bases da melhoria contínua, presente nas empresas de ponta.

Desenvolva suas habilidades sociais

Não basta apenas ser competente e ter boa formação para ser um bom gestor.

Como vimos, esse é um cargo com um forte componente de liderança, portanto, é fundamental saber se relacionar com as pessoas ao seu comando e influência.

Estimule o feedback

Os conceitos modernos de gestão pedem a participação de gestores que saibam atuar em organizações administradas conforme modelos mais horizontais.

Nelas, prevalece a cultura do feedback, em vez da hierarquia rígida em que apenas um gerente “todo-poderoso” dá as ordens.

Sendo assim, é preciso aprender não só a comandar como a ouvir o que cada membro de uma equipe tem a dizer.

Conclusão

Por mais que a liderança seja um dom, em muitos casos ela pode ser trabalhada e aprimorada.

Não faltam exemplos de gestores de sucesso que, a despeito de suas próprias dificuldades, venceram na carreira à base de muito suor e dedicação.

Ao longo da sua trajetória, conte sempre com a EDTI para se aprimorar profissionalmente.

E se você quer saber se é capaz de estar à frente de uma empresa ou de uma equipe, não deixe de acessar nossos materiais educativos.

Baixe gratuitamente o e-book Qualificação de Um Líder!

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]
[index]
[index]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d]